Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29000
Título: Atividades biológicas de extratos de fungos endofíticos
Título(s) alternativo(s): Biological activities of endofitic fungus extracts
Autor : Cardoso, Mauro Guilherme Barros
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6013970084840075
Primeiro orientador: Cardoso, Patrícia Gomes
Primeiro coorientador: Marcussi, Silvana
Primeiro membro da banca: Marcussi, Silvana
Segundo membro da banca: Duarte, Whasley Ferreira
Terceiro membro da banca: Oliveira, Clayton Zambele
Palavras-chave: Fungo endofítico
Metabolitos secundários
Proteases
Endophytic fungi
Secondary metabolites
Proteases
Data da publicação: 5-Abr-2018
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: CARDOSO, M. G. B. Atividades biológicas de extratos de fungos endofíticos. 2018. 54 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: Os fungos endofíticos são conhecidos por produzirem uma grande variedade de metabolitos secundários, os quais desempenham um papel importante na diversificação e adaptação desses microrganismos para vários nichos ecológicos. Estes metabolitos têm atraído interesse de grupos de pesquisadores e indústrias devido ao seu potencial para aplicações biotecnológicas, tais como desenvolvimento de medicamentos, cosméticos e alimentos. Neste contexto, o objetivo no presente trabalho foi avaliar a presença de atividades enzimáticas em produtos do metabolismo de fungos endofíticos de café, utilizando como ferramenta enzimática as peçonhas de serpentes das espécies Bothrops moojeni e Bothrops atrox para a indução das atividades fosfolipásica, trombolítica, coagulante/anticoagulante e citotóxica sobre eritrócitos humanos. A atividade fosfolipásica foi realizada em gel de agarose incorporado com lecitinas de gema de ovo. A atividade de proteases foi avaliada sobre coágulos sanguíneos humanos que representam uma rica fonte de substratos proteicos. A atividade de coagulação foi avaliada pela contagem do tempo de coagulação de plasma citrato. A citotoxicidade sobre eritrócitos humanos foi avaliada com incorporação de hematócrito 1% em gel de agarose. Foram observadas inibições de 20,54%, 93,49% e 26,67% sobre as atividades fosfolipásica, trombolítica e hemolítica respectivamente. O tempo de coagulação, foi alterado na presença de apenas um fungo (Muscodor vitigenus HZM41), que se mostrou potencializador da ação coagulante. Em adição, os extratos de fungos cultivados não apresentaram citotoxicidade sobre eritrócitos humanos nas condições avaliadas. Estudos futuros poderão resultar na identificação dos inibidores enzimáticos presentes nos fungos, com vistas ao uso destes em aplicações fármaco-cosméticas de interesse humano.
Abstract: Endophytic fungi are known to produce a wide variety of secondary metabolites, which play an important role in the diversification and adaptation of these microorganisms to various ecological niches. These metabolites have attracted interest from research groups and industries because of their potential for biotechnological applications such as drug development, cosmetics and food. In this context, the objective of the present work was to evaluate the presence of enzymatic activities in products of the metabolism of coffee endophytic fungi, using the snake venoms of the Bothrops moojeni and Bothrops atrox species as an enzymatic tool for the induction of phospholipase, thrombolytic and coagulant activities / anticoagulant and cytotoxic activity on human erythrocytes. Phospholipase activity was performed on agarose gel incorporated with egg yolk lecithins. Protease activity was assessed on human blood clots representing a rich source of protein substrates. Coagulation activity was assessed by counting the coagulation time of plasma citrate. Cytotoxicity on human erythrocytes was assessed with incorporation of 1% hematocrit on agarose gel. Inhibitions of 20.54%, 93.49% and 26.67% were observed on phospholipase, thrombolytic and hemolytic activities, respectively . The coagulation time was altered in the presence of only one fungus (Muscodor vitigenus HZM41), which proved to be potentiating the coagulant action. In addition, cultured fungal extracts did not show cytotoxicity on human erythrocytes under the conditions evaluated. Future studies may result in the identification of enzyme inhibitors present in fungi, with a view to their use in drug-cosmetic applications of human interest.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor, até abril de 2019.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29000
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.