Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29085
metadata.teses.dc.title: Technology roadmapping e T-Plan: diretrizes para adequação à realidade de grupos de pesquisa
metadata.teses.dc.title.alternative: Technology roadmapping and T-Plan: guidelines for the adequacy to the reality of research groups
metadata.teses.dc.creator: Souza, Thais Assis de
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/7371625978705265
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Zambalde, André Luiz
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Sugano, Joel Yutaka
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Costa Junior, Hélio Lemes
metadata.teses.dc.subject: Technology roadmapping
T-Plan
Grupos de pesquisas
Research groups
metadata.teses.dc.date.issued: 23-Apr-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SOUZA, T. A. de. Technology roadmapping e T-Plan: diretrizes para adequação à realidade de grupos de pesquisa. 2018. 111 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: O technology roadmapping (TRM) é um método de prospecção tecnológica utilizado para auxiliar na estruturação, no desenvolvimento e na comunicação da visão de futuro da organização por meio da integração de suas atividades chave, análise de gaps, de capacidades, de necessidades e de oportunidades. Desta forma, contribui-se para a compreensão da organização, promove-se a sincronização do planejamento estratégico à sua dinâmica e às suas particularidades, além de fornecer bases sólidas para tomadas de decisão estratégicas. A partir do desenvolvimento do processo de roadmapping gera-se uma representação visual que embasa o patamar futuro desejado considerando fatores dispostos em uma dimensão temporal. Esta representação visual, comumente conhecida como roadmap, é estruturada com base em delimitação de escopo, foco, informações disponíveis e recursos, o que resulta em uma arquitetura adequada à realidade trabalhada. Como uma abordagem de customização da execução do TRM tem-se o T-Plan. Caracterizado como um processo robusto e flexível desenvolvido por meio de workshops, a metodologia T-Plan tem como objetivo dar suporte aos decisores quanto aos seus objetivos, bem como embasar o desenvolvimento de um plano tecnológico e geração de inovação. No que tange à literatura sobre TRM, são encontrados estudos em diferentes contextos, assim como existe grande interesse a respeito dos fatores críticos relacionados ao seu desenvolvimento. No entanto, são escassos os estudos que incluam orientações empíricas sobre como estes fatores podem ser associados à prática. Desta forma surgem desafios quanto à prática do desenvolvimento do roadmap que podem ser solucionados a partir da customização da metodologia T-Plan. Considerando esta lacuna da literatura, o objetivo deste estudo é propor um conjunto de diretrizes para customização e aplicação do método TRM e da metodologia T-Plan a grupos de pesquisa de universidades públicas de forma a direcionar esforços para a geração de pesquisas e inovações entregues à sociedade. A partir de estudo de caso e observação participante, busca-se desenvolver e descrever uma proposta de customização de formato, conteúdo, processo e tempo do TRM para grupos de pesquisa. A principal contribuição do trabalho foi a descrição de diretrizes úteis para que grupos de pesquisas desenvolvam sua visão de futuro e sua cultura no sentido prospectivo, orientando suas atividades. Além disso, a partir deste estudo, grupos de pesquisa poderão alinhar seus objetivos próprios aos objetivos de projetos e institucionais, definindo novos modos de geração de inovação e promovendo melhorias para a ciência. Pelo ponto de vista teórico, este estudo contribui ao expor detalhes práticos do TRM desenvolvido a partir do T-Plan, ampliando, assim, o escopo da temática, suprindo o gap da literatura. Como diretrizes propostas para a aplicação do TRM/T-Plan a grupos de pesquisa, tem-se: compreender especificidades do contexto e da temática; adaptar o processo de roadmapping; adaptar a metodologia; definir o conjunto de participantes multidisciplinares de maneira coerente às necessidades do grupo de pesquisa; manter a mesma equipe de participantes em todas as etapas; realizar um momento de imersão para promover alinhamento dos membros à proposta do TRM; tratativa de conceitos centrais; facilitador de apoio; intervalo entre workshops; e renovação do roadmap.
metadata.teses.dc.description.abstract: O technology roadmapping (TRM) é um método de prospecção tecnológica utilizado para auxiliar na estruturação, no desenvolvimento e na comunicação da visão de futuro da organização por meio da integração de suas atividades chave, análise de gaps, de capacidades, de necessidades e de oportunidades. Desta forma, contribui-se para a compreensão da organização, promove-se a sincronização do planejamento estratégico à sua dinâmica e às suas particularidades, além de fornecer bases sólidas para tomadas de decisão estratégicas. A partir do desenvolvimento do processo de roadmapping gera-se uma representação visual que embasa o patamar futuro desejado considerando fatores dispostos em uma dimensão temporal. Esta representação visual, comumente conhecida como roadmap, é estruturada com base em delimitação de escopo, foco, informações disponíveis e recursos, o que resulta em uma arquitetura adequada à realidade trabalhada. Como uma abordagem de customização da execução do TRM tem-se o T-Plan. Caracterizado como um processo robusto e flexível desenvolvido por meio de workshops, a metodologia T-Plan tem como objetivo dar suporte aos decisores quanto aos seus objetivos, bem como embasar o desenvolvimento de um plano tecnológico e geração de inovação. No que tange à literatura sobre TRM, são encontrados estudos em diferentes contextos, assim como existe grande interesse a respeito dos fatores críticos relacionados ao seu desenvolvimento. No entanto, são escassos os estudos que incluam orientações empíricas sobre como estes fatores podem ser associados à prática. Desta forma surgem desafios quanto à prática do desenvolvimento do roadmap que podem ser solucionados a partir da customização da metodologia T-Plan. Considerando esta lacuna da literatura, o objetivo deste estudo é propor um conjunto de diretrizes para customização e aplicação do método TRM e da metodologia T-Plan a grupos de pesquisa de universidades públicas de forma a direcionar esforços para a geração de pesquisas e inovações entregues à sociedade. A partir de estudo de caso e observação participante, busca-se desenvolver e descrever uma proposta de customização de formato, conteúdo, processo e tempo do TRM para grupos de pesquisa. A principal contribuição do trabalho foi a descrição de diretrizes úteis para que grupos de pesquisas desenvolvam sua visão de futuro e sua cultura no sentido prospectivo, orientando suas atividades. Além disso, a partir deste estudo, grupos de pesquisa poderão alinhar seus objetivos próprios aos objetivos de projetos e institucionais, definindo novos modos de geração de inovação e promovendo melhorias para a ciência. Pelo ponto de vista teórico, este estudo contribui ao expor detalhes práticos do TRM desenvolvido a partir do T-Plan, ampliando, assim, o escopo da temática, suprindo o gap da literatura. Como diretrizes propostas para a aplicação do TRM/T-Plan a grupos de pesquisa, tem-se: compreender especificidades do contexto e da temática; adaptar o processo de roadmapping; adaptar a metodologia; definir o conjunto de participantes multidisciplinares de maneira coerente às necessidades do grupo de pesquisa; manter a mesma equipe de participantes em todas as etapas; realizar um momento de imersão para promover alinhamento dos membros à proposta do TRM; tratativa de conceitos centrais; facilitador de apoio; intervalo entre workshops; e renovação do roadmap.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29085
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.