Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2916
Título: Características fisiológicas e bioquímicas de frutos de duas cultivares de café de ciclos de maturação precoce e tardio
Título(s) alternativo(s): Physiological and biochemical characteristics of two coffee cultivars of early and late ripening stages
Autor : Ságio, Solange Aparecida
Primeiro orientador: Chalfun Junior, Antonio
Primeiro membro da banca: Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Carvalho, Carlos Henrique S. de
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Palavras-chave: Coffea arabica
Desenvolvimento
Maturação
Etileno
Respiração
Frutos climatéricos
Development
Ripening
Ethylene
Respiration
Fruits climateric
Data da publicação: 18-Ago-2014
Referência: SÁGIO, S. A. Características fisiológicas e bioquímicas de frutos de duas cultivares de café de ciclos de maturação precoce e tardio. 2009. 46 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: Um dos aspectos que influenciam na produção do café é a desuniformidade na maturação, pois além de dificultar a coleta, aumenta os custos e gera uma bebida de baixa qualidade. Dessa forma, este estudo teve como objetivo avaliar duas cultivares de café com características distintas quanto à maturação dos seus frutos: Catucaí 785-15, que apresenta uma maturação precoce dos seus frutos e Acauã, que é conhecida por apresentar uma maturação tardia dos seus frutos. As cultivares estão implantadas na Fazenda Experimental da Fundação Procafé, na cidade de Varginha-MG, onde os frutos foram coletados, sendo o intervalo entre coletas de aproximadamente 30 dias, no período de janeiro a junho de 2008. O experimento foi montado em DIC, em esquema fatorial. Para acompanhar o desenvolvimento vegetativo, fez-se contagem do número de entrenós, e para o desenvolvimento do fruto utlizou-se massa seca, massa fresca e umidade de 100 frutos. Avaliou-se também a produção de etileno nos frutos após a colheita bem como a taxa respiratória através do calculo de CO2 liberado após uma hora, tempo que 16 frutos permaneceram em frascos de 50 mL hermeticamente fechados. A leitura de etileno foi feita em cromatografia gasosa e o CO2 foi medido através de um analisador eletrônico de CO2. Foram também avaliadas, através de um colorímetro, a coloração de frutos verdes, amarelos, vermelhos, passa e seco em cada coleta. Os resultados obtidos foram submetidos a Analise de Variância (ANOVA) e feito o teste de regressão. A cultivar Catucaí 785-15 apresentou maturação mais uniforme quando comparada a cultivar Acauã, que aos 184 DAF apresentava 24% de frutos na coloração verde, enquanto Catucaí 785-15 apresentava apenas 13% demonstrando a precocidade desta cultivar, que atingiu 89 % de frutos no estádio cereja aos 214 DAF. O estádio cereja também foi caracterizado com a elevação na taxa respiratória e no perfil de produção de etileno apresentados nesta cultivar, o que pode indicar uma maturação dependente de etileno.
The asynchronous ripening of coffee fruits plays an important role on coffee production and it leads to higher costs, harvest difficulties and to a low quality beverage. This study aimed at to assess two coffee cultivars with distinct fruit ripening patterns: Catucaí 785-15, which shows an early fruit ripening process and Acauã, which is known by its late fruit ripening. The coffee trees used to realize this experiment are localized at the Experimental Farm of the Procafe Foundation, in Varginha-MG where the fruits were harvested, within a period of about 30 days between each harvesting, from January to June/2008. The experiment was plotted in a entirely randomly design, on a factorial arrangement. In order to follow the vegetative development, internodes counting was performed and to assess the fruit development, the moisture and flesh and dry matter´ weights of the 100 fruits were taken. The ethylene production post harvest was also analyzed as well as the respiration rate which was obtained from the CO2 released within an hour, period which 16 fruits were kept in 50 mL tubes hermetically closed. The ethylene samples were evaluated by gas chromatography and the CO2 was measured by a CO2 electronic analyzer. It was also analyzed, using a colorimeter, the percentage of green, yellow, red, dark-red and dry fruits in each harvest. The results were submitted to a variance analysis (ANOVA) and the regression test was performed. The Catucaí 785-15 cultivar had a better vegetative and fruit development compared to the Acauã cultivar which at 184 DAF had 24% of fruits on a green coloration, while Catucaí 785-15 showed only 13% of its fruits on this color stage, demonstrating the earliness of this cultivar, whose 89% of fruits in the cherry stage were found at 214 DAF. The cherry stage was also characterized by an increase in the respiration rate and on the ethylene production pattern of the Catucaí 785-15 cultivar, what may indicate an ethylene dependent ripening process.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2916
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.