Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3009
Título: Caracterização das madeiras conhecidas na amazônia brasileira como matá-matá (lecythidaceae fam. a. rich).
Título(s) alternativo(s): Characterization of wood known in the brazilian amazon as mata-mata (lecythidaceae fam. a. rich.).
Autor : Moutinho, Victor Hugo Pereira
Primeiro orientador: Lima, José Tarcísio
Primeiro membro da banca: Torres, Giovana Augusta
Aguiar, Osmar José Romeiro de
Área de concentração: Ciência e Tecnologia da Madeira
Palavras-chave: Eschweilera
Matá-matá
Manbarklak
Wood, Amazon
Madeira
Amazônia
Data da publicação: 20-Ago-2014
Referência: MOUTINHO, V. H. P. Caracterização das madeiras conhecidas na amazônia brasileira como matá-matá (lecythidaceae fam. a. rich). 2008. 78 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: A despeito da grande diversidade de espécies florestais da Amazônia, apenas um número restrito de espécies é explorado comercialmente para a obtenção de madeira. Desse fato resulta que a exploração de áreas florestais seja apenas parcial, com conseqüências técnicas, econômicas e ambientais desvantajosas. Uma forma de dirimir tal situação é a inserção de novas espécies no mercado. Tendo isso em consideração, o presente estudo foi realizado com o objetivo de caracterizar tecnologicamente as madeiras de matá-matá (Eschweilera Mart. Ex DC. - Lecythidaceae), de grande freqüência na Amazônia brasileira, onde não ocorre sua comercialização. Para tal, coletaram-se onze indivíduos e efetuaram-se sua identificação científica e análises anatômicas, físicas e químicas. Verificou-se a presença de seis espécies (Eschweilera amazonica, Eschweilera coriacea, Eschweilera grandiflora, Eschweilera idatimon, Eschweilera ovata e Eschweilera sp.), as quais apresentaram propriedades químicas e físicas diferentes, apesar da proximidade anatômica. Essas espécies puderam ser identificadas em campo por meio das características de seus ritidomas e coloração de floema. As propriedades organolépticas permitiram agrupar as madeiras em quatro grupos com cores distintas, podendo-se identificar três espécies pelas características de cheiro e gosto. Macroscopicamente, todas se mostraram semelhantes, enquanto que, microscopicamente, as espécies apresentaram poucas diferenças que possibilitaram a separação de E. coriacea das demais. Os indivíduos demonstraram altos valores de lignina, extrativos e cinzas (média de 28%, 7% e 2,5%, respectivamente). A densidade e a retratibilidade condizem com algumas madeiras amazônicas (angelim, cumaru, ipê, maçaranduba e sucupira, entre outras) comumente utilizadas na construção civil, fabricação de pisos, movei e madeira serrada, entre outros, demonstrando potencial para utilização semelhante.
In spite of the great diversity of species of the Amazon forest, only a limited number of species is commercially exploited for wood production. This fact shows that the use of forest areas is only partial, with technical, economical and environmental disadvantageous consequences. A possible way to reduce this situation is the insertion of new species in the market. In this way, this study aimed to characterize technologically the wood of matá-matá (Eschweilera Mart. Ex DC. - Lecythidaceae), which presents large frequency in Brazilian Amazon forest, where do not occur its commercialization. For this reason, eleven individuals were collected and were carried out their scientific identification and anatomical, chemical and physical analyses. It was found the presence of six species (Eschweilera amazonica, Eschweilera coriacea, Eschweilera grandiflora, Eschweilera idatimon, Eschweilera ovata and Eschweilera sp.), which had different physical and chemical properties, despite the anatomical similarity. These species were identified in the forest by their ritidoma and live bark characteristics. The organoleptic property has permitted to group the woods in four groups with distinct color, which permitted the identification of three species by the smell and taste. Macroscopically, all species seemed similar, while microscopically, the species showed few differences which caused the separation of E. coriacea from the others. The species had high levels of lignin, extractives and ash contents (average of 28; 7 and 2.5%, respectively). The wood density and shrinkage values match with some Amazon timbers (angel´s heart, cumaru, ipe, massaranduba, sucupira, among others) commonly used in the structural application, flooring, furniture lumber, among others, demonstrating potential for similar use.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3009
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.