Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30428
metadata.teses.dc.title: Micropropagação e criopreservação de Tabebuia roseoalba (Ridley) Sandwith e Cybistax antisyphilitica (Martius) Martius
metadata.teses.dc.title.alternative: Micropropagation and criopreservation of Tabebuia roseoalba (Ridley) Sandwith and Cybistax antisyphilitica (Martius) Martius
metadata.teses.dc.creator: Moraes, Rodrigo Miranda
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/1152116417943072
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Carlota Nery, Fernanda
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Barbosa, Sandro
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co2: Paiva, Renato
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Santos, Plinio Rodrigues dos
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Souza, Thiago Corrêa de
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Santos, Breno Regis dos
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Prudente, Débora de Oliveira
metadata.teses.dc.subject: Conservação
Propagação vegetativa
Bignoniaceae
Cerrado
Conservation
Vegetative propagation
metadata.teses.dc.date.issued: 12-Sep-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: MORAES, R. M. Micropropagação e criopreservação de Tabebuia roseoalba (Ridley) Sandwith e Cybistax antisyphilitica (Martius) Martius. 2018. 125 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: A cultura de tecidos vegetais compreende técnicas especialmente utilizadas para conservação e propagação em larga escala, principalmente para espécies vegetais de importância econômica, ornamental e medicinal. Objetivou-se estabelecer um protocolo de micropropagação e criopreservação para T. roseoalba e C. antisyphilitica (Bignoniaceae). A primeira parte apresenta uma introdução geral e uma revisão de literatura sobre as espécies estudadas e as principais técnicas de cultura de tecidos empregadas neste trabalho. Na segunda parte, são apresentados 4 artigos de forma que os artigos 1 e 2 tratam da multiplicação in vitro de T. roseoalba e C. antisyphilitica, respectivamente. Antes do estabelecimento in vitro, efetuou-se um teste de germinação com sementes sem alas, desinfestadas e inoculadas em meio MS com GA3. Para indução das brotações em T. roseoalba, os explantes consistiram de segmentos nodais contendo um par de gemas axilares, sem as folhas. Posteriormente, foi efetuado a rizogênese, seguida da aclimatização. Para germinação e estabelecimento in vitro de T. roseoalba recomenda-se a utilização de meio MS suplementado com 0,5 mg.L-1 de GA3 para uma germinação acima de 80%. Para indução de brotações recomenda-se meio MS suplementado com uma combinação de BAP e KIN nas concentrações de 2,0 e 0,5 mg.L-1, respectivamente, à 25 ºC, para obtenção de 3,5 brotações por explante. Para rizogênese recomenda-se o uso de meio MS, suplementado com 2,0 mg.L-1 de AIB e geleificado com ágar. Para aclimatização, recomenda-se o enraizamento prévio das brotações e a utilização de substrato comercial. Já para indução das brotações em C. antisyphilitica, foram testados diferentes explantes. Posteriormente, as brotações foram enraizadas e aclimatizadas. Para germinação e estabelecimento in vitrorecomenda-se meio MS ou MS½, sem necessidade de GA3. Para indução de brotações in vitro o melhor explante foi segmento nodal contendo um par de gemas axilares e sem as folhas, excisados de plantas com 30 dias de cultivo, e inoculados em meio MS com 8,0 mg.L-1 de BAP. Para enraizamento in vitrorecomenda-se meio MS, com 2,0 mg.L-1 de AIB. Para aclimatização, o transplantio das brotações deve ocorrer em substrato comercial. No artigo 3, foi feita a caracterização das massas calogênicas de ambas espécies. Desta forma, para calogênese de C. antisyphilitica recomenda-se hipocótilo ou folha cotiledonar como explantes, inoculados em meio MS suplementado com 2,0 mg.L-1 de ANA. A curva de crescimento dos calos em ambas espécies, apresentou crescimento do tipo sigmoidal. Em T. roseoalba houve maior frequência de calos com coloração marrom, enquanto para calos de C. antisyphilitica as colorações foram mais claras. O escurecimento dos calos em ambas espécies esteve diretamente correlacionado à peroxidação lipídica e a viabilidade dos calos. Calos de ambas espécies apresentaram baixo potencial embriogênico nas condições deste estudo. Por fim, no artigo 4, a criopreservação de sementes mostrou-se viável para conservação de germoplasma de ambas espécies. Apesar da indicação de perda de viabilidade por meio do teste de tetrazólio, não houve alteração do percentual e velocidade de germinação, percentual de plântulas normais e da sobrevivência das plantas à aclimatização.
metadata.teses.dc.description.abstract: Plant tissue culture comprises techniques especially used for large-scale conservation and propagation, especially for plant species of economic, ornamental and medicinal importance. The objective was to establish a micropropagation and cryopreservation protocol for Tabebuia roseoalba and Cybistax antisyphilitica (Bignoniaceae). The first part presents a general introduction and a literature review on the species studied and the main tissue culture techniques employed in this work. In the second part, 4 articles are presented so that articles 1 and 2 deal with the in vitro multiplication of T. roseoalba and C. antisyphilitica, respectively. Prior to in vitro establishment, a germination test was performed with wingless, disinfested and inoculated seeds on MS medium with GA3. For induction of shoots in T. roseoalba, the explants consisted of nodal segments containing a pair of axillary buds, without the leaves. Subsequently, the rhizogenesiswas performed, followed by acclimatization. For germination and in vitro establishment of T. roseoalba the use of MS medium supplemented with 0.5 mg.L-1 of GA3is recommended for a germination above 80%. For broiler induction MS medium supplemented with a combination of BAP and KIN at 25 °C is recommended to obtain 3.5 shoots per explant. For rhizogenesis the use of MS medium supplemented with AIB 2.0 to 4.0 mg.L-1 and agar gel is recommended. For acclimatization, it is recommended the previous rooting of the shoots and the use of comercial substrate. For the induction of shoots in C. antisyphilitica, different explants were tested. Later, the shoots were rooted and acclimatized. For germination and in vitro establishment MS or MS½ medium is recommended, with no need for GA3. For induction of shoots in vitro the best explant was nodal segment containing a pair of axillary buds and without the leaves, excised of plants with 30 days of culture, and inoculated in MS medium with 8.0 mg.L-1 of BAP. For in vitro rooting MS medium is recommended, with 2.0 mg.L-1 of AIB. For acclimatization, transplanting of shoots should occur on comercial substrate. In article 3, the calogenic masses of both species were characterized. Thus, for calogenesis of C. antisyphilitica it is recommended hypocotyl or cotyledonary leaf as explants, inoculated in MS medium supplemented with 2.0 mg.L-1 of ANA. The growth curve of the calli in both species showed sigmoidal growth. In T. roseoalba there was a higher frequency of calli with brown color, whereas for calli of C. antisyphilitica the colorations were clearer. Callus darkening in both species was directly correlated to lipid peroxidation and callus viability. Callus of both species had low embryogenic potential under the conditions of this study. Finally, in article 4, the cryopreservation of seeds proved to be viable for the conservation of germplasm of both species. In spite of the indication of loss of viability through the Tetrazolium test, there was no change in the percentage and germination speed, percentage of normal seedlings and the survival of the plants to acclimatization.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30428
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Doutorado (Teses)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.