Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3077
Título: Extrato de levedura (Saccharomyces cerevisiae) em dietas para gatos adultos
Título(s) alternativo(s): Yeast extract (Saccharomyces cerevisae) in diets for adult cat food
Autor : Lima, Lídia Marinho Silva
Primeiro orientador: Saad, Flávia Maria de Oliveira Borges
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Murgas, Luis David Solis
Primeiro membro da banca: Zangerônimo, Márcio Gilberto
Cantarelli, Vinícius de Souza
Área de concentração: Nutrição de monogástricos
Palavras-chave: Nutrição e alimentação animal
Data da publicação: 21-Ago-2014
Referência: LIMA, L. M. S. Extrato de levedura (Saccharomyces cerevisiae) em dietas para gatos adultos. 2008. 87 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: No intuito de avaliar o valor nutricional, o efeito na disponibilidade de nutrientes e o potencial palatabilizante do extrato de levedura de cepa específica (NuPro®) para gatos adultos, foram conduzidos três experimentos no Centro de Estudos em Nutrição de Animais de Companhia, no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras. No experimento I foram utilizados 14 gatos adultos, sem raça definida, com peso médio de 3,68±0,73kg, divididos em dois grupos. O grupo 1 recebeu um alimento completo úmido para gatos adultos como dieta referência e o grupo 2, a dieta referência com uma substituição de 30% desta pelo extrato de levedura. As análises bromatológicas do alimento completo úmido, do extrato de levedura, das fezes e da urina permitiram o cálculo por meio da metodologia de substituição de Matterson et al. (1965) dos coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, 71,64%; matéria orgânica, 72,55%; matéria mineral, 50,78%; proteína bruta, 78,59%, energia bruta, 84,33%, coeficiente de metabolização aparente da energia, 82,06%; energia digestível, 4.246,73 kcal/kg e energia metabolizável, 4.162,60 kcal/kg do extrato de levedura. No experimento II, utilizaram-se 12 gatos adultos, com peso médio de 3,10±0,5kg, distribuídos em delineamento em quadrados latino 6x6, com seis tratamentos e seis períodos experimentais, em um total de 72 observações. Os tratamentos utilizados neste estudo foram o alimento completo úmido e níveis de substituição de 0%, 2%, 4%, 6%, 8% e 10% deste pelo extrato de levedura. Cada período experimental teve duração de 15 dias, sendo 8 dias de adaptação à dieta, 6 dias de coleta de fezes e urina e 1 dia para a coleta de sangue. As variáveis analisadas foram coeficiente de digestibilidade aparente da matéria seca, matéria orgânica, matéria mineral, proteína bruta, energia bruta e coeficiente de metabolização da energia, além do balanço de nitrogênio, energia digestível e metabolizável das dietas e níveis plasmáticos de uréia e creatinina. Os dados foram submetidos à análise de regressão, não tendo sido observado ajuste de equação para nenhum dos parâmetros avaliados. No experimento III, foi avaliado o potencial palatabilizante do extrato de levedura por meio do teste de "Duas Vasilhas". Foram utilizados 20 gatos adultos, com peso médio de 3,70±0,6 kg, que receberam duas dietas de forma simultânea e pareada como opção de consumo. A dieta A foi constituída pelo alimento completo úmido para gatos e a dieta B, este mesmo alimento com uma substituição de 2% pelo extrato de levedura. O teste teve duração total de quatro dias, sendo os dados do consumo de alimento em gramas/gato/dia em base de matéria seca avaliados por meio de um delineamento em blocos casualizados (dias de teste), utilizando-se o peso vivo inicial como covariável pelo teste F. Os resultados demonstraram diferença altamente significativa (P=0,0074) para o consumo da dieta sem o extrato de levedura. Pôde-se concluir que o extrato de levedura apresenta bom valor nutricional, podendo ser utilizado como alimento protéico em dietas para gatos adultos. No entanto, não influencia a digestibilidade de uma dieta completa úmida, quando utilizados níveis de 2% a 10%. Quanto à palatabilidade, não foi verificado efeito satisfatório no consumo de alimento, em uma inclusão de 2% do extrato de levedura de cepa específica.
With the intention of evaluating the nutritional value, the effect on the availability of nutrients, and the flavor additive potential (palatability) of yeast extract of a specific strain (NuPro®) for adult cats, three experiments were performed at the Center of Studies In Pet Nutrition in the Department of Zootechny at the Federal University of Lavras. In experiment l , 14 adult cats were used, being of no defined breed, and having average weight of 3,68±0,73kg, divided into two groups. Group #1 received a complete high moisture food (ration) for adult cats as reference diet; and group #2 received the reference diet with a substitution of 30% of it with yeast extract. The bromatologic analyses of the complete high moisture food (ration), yeast extract, and feces and urine permitted calculation by the substitution methodology of Matterson et al. (1965) of the coefficients of apparent digestibilility of dry matter , 71,64%; organic matter, 72,55%; mineral matter, 50,78%; crude protein, 78,59%; crude energy, 84,33%; coefficient of apparent metabolization of energy, 82,06%; digestible energy, 4246,73 kcal/kg, and metabolizable energy, 4162,60 kcal/kg of yeast extract. In experiment II , 12 adult cats with medium weight of 3,10±0,5kg were used ,distributed in Latin squares 6x6 design, with six treatments and six experimental periods, in a total of 72 observations. The treatments used in this study were complete high moisture food (ration) and levels of substitution of 0, 2, 4, 6, 8 and 10% of this with yeast extract. Each experimental period had a duration of 15 days, being eight days of adaptation to the diet, six days of collection of feces and urine, and one day for collection of blood. The analyzed variables were the coefficient of apparent digestibility of dry matter , organic matter, mineral matter, crude protein, crude energy, and coefficient of metabolization of the energy, besides nitrogen balance, digestible and metabolizable energy of the diets, and plasmatic levels of urea and creatinine. The data were submitted to regression analysis without being observed equation adjustment for any of the appraised parameters. In experiment III, the palatability potential of yeast extract was evaluated using the " Two Recipients " test. Twenty adult cats with a medium weight of 3,70±0,6 kg were used. They received two diets in a simultaneous and comparable way as consumption options. Diet A consisted of complete high moisture food (ration) for cats, and diet B was the same food (ration) with a substitution of 2% yeast extract. The test had a total duration of four days, the data of food consumption being in grams/cat/day, basically of dry matter evaluated by random block design (days of test) using initial live weight as co-variable for the F test. The results demonstrated a highly significant difference (P=0,0074) for the consumption of the diet without yeast extract. It can be concluded that yeast extract presents good nutritional value which can be used as protein in diets for adult cats. However, it does not influence the digestibility of a complete high moisture diet when used at levels from 2 to 10%. With relationship to satisfactory palatability effect, it was not verified in the food consumption in an inclusion of 2% of yeast extract of a specific strain.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3077
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Extrato de levedura (Saccharomyces cerevisiae) em dietas para gatos adultos.pdf515,02 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.