Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30839
metadata.teses.dc.title: Associação entre indicadores socioeconômicos e ambientais e a destinação final dos resíduos sólidos urbanos dos municípios de Minas Gerais
metadata.teses.dc.title.alternative: Association between socioeconomic and environmental indicators and the final destination of solid urban waste from municipalities of Minas Gerais
metadata.teses.dc.creator: Moreira, Kátia Soares
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Ribeiro, André Geraldo Cornélio
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Franco, Camila Silva
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Silva, Karina Heck da
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Bueno Filho, Júlio Sílvio de Sousa
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Silva Filho, Marcelo Vieira da
metadata.teses.dc.subject: Resíduos sólidos – Aspectos sociais
Resíduos sólidos – Políticas públicas
Solid wastes – Social aspects
Solid wastes – Social aspects
metadata.teses.dc.date.issued: 24-Nov-2017
metadata.teses.dc.identifier.citation: MOREIRA, K. S. Associação entre indicadores socioeconômicos e ambientais e a destinação final dos resíduos sólidos urbanos dos municípios de Minas Gerais. 2017. 148 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologias e Inovações Ambientais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
metadata.teses.dc.description.resumo: A sociedade produz e acumula vários tipos de resíduos sólidos após o ciclo de vida de cada produto. Conscientizar-se e comprar somente o necessário de empresas ambientalmente corretas, produtos de qualidade, com alta durabilidade, sem observar as tendências e as novas tecnologias podem ser o desafio do mundo moderno. A destinação final desses resíduos pode resultar em um acúmulo de focos de procriação de vetores que transmitem doenças e comprometem a qualidade de vida da comunidade, quando não tratados e destinados de forma correta. Assim, esse estudo foi realizado com o objetivo de fazer uma análise da associação entre a destinação final dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) com os indicadores socioeconômicos (PIB e IDH), o tamanho da população e a existência dos Planos Municipais de Gerenciamento Integrado de Resíduo Sólido (PMGIRS) no estado de Minas Gerais. A metodologia utilizada foi uma pesquisa quantitativa que envolveu coletas de dados nos sites do IBGE e FEAM e visita ao órgão ambiental, além de segregação e cruzamento dos dados por categorias e o uso da regressão logística. A linguagem utilizada foi a programação em R, com o objetivo de checar a associação da variável resposta (destinação final do RSU) com as variáveis explicativas (PIB, IDHM, PMGIRS e a População). Dentre os resultados, constatou-se uma associação entre IDHM e destinação final do RSU, nos anos de 2015 e 2016, o que pode ser explicado pelo tripé do cálculo desse indicador que leva em consideração a educação, a longevidade e a renda, que melhorou nos últimos anos no estado de MG. O PMGIRS e o PIB não têm associação com a destinação final dos RSU nos anos pesquisados (2012, 2015 e 2016), o que pode ser explicado pela aplicação da ferramenta de gerenciamento de resíduo sem o conhecimento técnico e pessoas qualificadas em sua elaboração e implementação e, ainda, pela questão temporal, uma vez que as ações demandam prazos para conseguir perceber alguma melhoria. Sobre o aspecto econômico, representado pelo PIB, tanto os municípios ricos ou como os desprovidos de recursos, não têm consciência da importância em determinar ações que regularizem o local de destinação final. Constata-se que o tamanho do município, em 2016, associou-se com a destinação final do RSU, pois os municípios mais populosos geram mais resíduos e devem contar com locais de destinação adequados. Ademais, diante desses resultados, conclui-se que a destinação final dos RSU não está associada somente a questões políticas e econômicas, mas depende, principalmente, da escolaridade, do interesse, da participação e da conscientização da população.
metadata.teses.dc.description.abstract: The society produces and accumulates various types of solid waste after the life cycle of each product. Raising awareness and buying only the necessities from environmentally correct companies, quality products, with high durability, without observing trends and new technologies can be the challenge of the modern world. The final destination of these residues can result in an accumulation of vector breeding focus that transmit diseases and compromise the quality of the community life, when not treated and destined correctly. Therefore, this study’s objective was to analyze the association between the final destination of Municipal Solid Waste (MSW) and socioeconomic indicators: Gross domestic product (GDP) and Human Development Index (HDI), the size of the population and the existence of Municipal solid waste management (MSWM) in the Minas Gerais state. The methodology used was a quantitative research that involved data collection on the IBGE and FEAM websites and a visit to the environmental agency, besides segregation and data cross-referencing by categories and the use of logistic regression. The language used was the R programming, with the objective of checking the association of the response variable (final destination of the MSW) with the explanatory variables (GDP, HDI, MSWM and Population). Among the results, it was found an association between HDI and final destination of MSW in the years 2015 and 2016, which can be explained by the tripod of the calculation of this indicator that takes into account education, longevity and income, which improved in recent years in the Minas Gerais state. MSWM and GDP have no association with the final destination of MSW in the years surveyed (2012, 2015 and 2016), which can be explained by the application of the waste management tool without the technical knowledge and qualified people in its elaboration and implementation and also by the temporal issue, since the actions demand deadlines to be able to perceive some improvement. Regarding the economic aspect, represented by GDP, both rich and resource-poor municipalities are not aware of the importance of determining actions that regulate the final destination. It is noted that the county size in 2016 was associated with the final destination of the MSW, because the more populous counties generate more waste and must have suitable disposal sites. In addition, in light of these results, it is concluded that the final destination of MSW is not only related to political and economic issues, but mainly depends on education, interest, participation and public awareness.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30839
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PPTIA - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.