Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31353
metadata.artigo.dc.title: Narrativas digitais: conceitos e contextos de letramento
metadata.artigo.dc.title.alternative: Digital narratives: concepts and contexts of literacy
metadata.artigo.dc.creator: Prado, Ana Lúcia
Laudares, Ellen Maira de Alcântara
Viegas, Patrícia Peixoto Carneiro
Goulart, Ilsa do Carmo Vieira
metadata.artigo.dc.subject: Narrativas digitais
Letramento digital
Ciberespaço
Cibercultura
Digital storytelling
Digital literacy
Cyberspace
Cyberculture
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Estadual Paulista
metadata.artigo.dc.date.issued: Aug-2017
metadata.artigo.dc.identifier.citation: PRADO, A. L. et al. Narrativas digitais: conceitos e contextos de letramento. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 2, p. 1156-1176, ago. 2017.
metadata.artigo.dc.description.resumo: As atividades de leitura e escrita como práticas sociais ampliam sua esfera de apreensão e atuação em espaços virtuais; vistas além da presença do impresso, determinam modos distintos de agir e interagir nas relações interpessoais. Frente a isso emerge um contexto de múltiplas linguagens circulante nas mídias eletrônicas, o que se impacta diretamente nas relações de ensino-aprendizagem. Diante isso, este artigo assume como objetivo descrever diferentes perspectivas teóricas a respeito do conceito das narrativas digitais, com o propósito de delinear as principais reflexões teóricas da terminologia e da inserção no contexto das práticas de letramentos. Para isso, propõe-se uma reflexão teórica a partir das diferentes concepções sobre narrativas digitais, com base nas discussões de Pierre Lévy (1996, 1999), Walter Benjamin (1983), Almeida e Valente (2012) e Papert (1994), em diálogo com outros autores que discutem a temática. A discussão permite certa consonância entre a conceituação e a dinâmica da globalização, uma tendência que demarca significativamente o processo de construção de conhecimento do indivíduo e sua possibilidade de expressão social e cultural, uma vez que representa as características de um momento histórico, social e cultural.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Reading and writing activities as social practices expand your sphere of seizure and performance in virtual spaces, in addition to the presence of printed views, produce different ways to act and interact in interpersonal relationships. That emerges from a context of multiple languages current in the electronic media, what if directly impacts on the teaching-learning relationships. Before that, this article assumes as objective to describe different theoretical perspectives regarding the concept of digital narratives, to outlining the main theoretical reflections of the terminology and the insertion in the context of letramentos practices. To this end, it proposes a theoretical reflection from the different conceptions of digital narratives, based on the discussions of Pierre Lévy (1996, 1999), Walter Benjamin (1983), Almeida and brave (2012) and a Papert (1994) in dialogue with other authors that discuss the subject. The discussion allows certain consonance between the conceptualization and the dynamics of globalisation, a trend that sets significantly the process of building knowledge of the individual and your possibility of social and cultural expression, once that represents the characteristics of a historical, social and cultural moment.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31353
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DED - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Narrativas digitais - conceitos e contextos de letramento.pdf502,78 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons