Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3139
Título: Extração do óleo da polpa de pequi (Caryocar brasiliense): influência das variáveis operacionais
Título(s) alternativo(s): Extraction of pequi pulp oil (Caryocar brasiliense): influence of the operational variables
Autor : Aquino, Ludmila Pereira
Primeiro orientador: Ferrua, Fabiana Queiroz
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Borges, Soraia Vilela
Primeiro membro da banca: Antoniassi, Rosemar
Alves, José Guilherme Lembi Ferreira
Palavras-chave: Pequi - Óleos e gorduras
Pequi - Secagem
C. brasiliense Camb.
Extração por solvente
Extrato oleaginoso
Pequi oil
Solvent extraction
Oleaginous extract
Data da publicação: 21-Ago-2014
Referência: AQUINO, L. P. Extração do óleo da polpa de pequi (Caryocar brasiliense): influência das variáveis operacionais. 2007. 95 p. Dissertação (Mestrado em Ciência em Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: O emprego do óleo de pequi em produtos industriais tem levado ao estudo por processos alternativos à extração artesanal. O objetivo é chegar a uma metodologia adequada para a sua extração e que garanta a qualidade do óleo. Nesse sentido, é necessário estudar as influências das variáveis no rendimento e na qualidade da extração do óleo da polpa de pequi. No capítulo II, o objetivo foi avaliar a influência do tratamento da polpa de pequi no processo de extração do óleo em batelada utilizando acetona como solvente. Avaliou-se o efeito do cozimento (vapor d´água a 98ºC por 15 minutos), laminação (espessura de 1mm) e secagem (40ºC por 4 horas). Conluiu-se que o maior rendimento foi obtido com o processo de secagem, na ausência de cozimento. No capítulo III, avaliou-se a influência de diferentes métodos (ao sol, estufa a 40ºC e a 60ºC) e tempos de secagem (4 horas e até peso constante) no rendimento e na qualidade do óleo extraído por solvente. A extração do óleo foi realizada no extrator soxhlet, empregando-se hexano como solvente. Foram realizadas análises fisico-químicas para avaliar a qualidade do óleo. Os resultados mostraram que a secagem na estufa a 40ºC até peso constante apresentou altos rendimentos sem afetar a qualidade do óleo. Já no capítulo IV, o estudo da extração do óleo por diferentes solventes (hexano, acetona e álcool etílico) e suas misturas foi realizado empregando-se um planejamento simplex centróide. O processo de extração foi ralizado na temperatura de 50ºC, sob agitação de 22Hz por 16 horas, empregando-se a razão sólido-líquido de 1:10 p/p. Os maiores rendimentos de óleo foram obtidos na extração com acetona e hexano, principalmente suas misturas com álcool etílico. Os diferentes tipos de solvente não influenciaram no índice de iodo, de saponificação e de refração. O extrato obtido com álcool etílico revelou ser inferior aos outros extratos no que se referiu à acidez, mas o valor do teor de carotenóides foi mais alto, da mesma forma que a acetona. O perfil de ácidos graxos da fração oleosa do extrato não variou com os diferentes tipos de tratamentos.
The use of pequi oil in industrial products has led to the study by processes alternative to handmade extraction. The objective is to arrive adequate to its extraction and which warrants the quality of the oil. In this essence, it is necessary to study the influences of the variables on the yield and quality of the extraction of pequi pulp oil. In chapter II, the objective was evaluating the influence of the treatment of pequi pulp in the process of oil extraction in batches by utilizing acetone as a solvent. The effect of cooking (water steam at 98ºC for 15 minutes), laminação (thickness of 1mm) and drying (40ºC for 4 hours) was evaluated. It follows that the highest yield was obtained from the drying processing the absence of cooking. In chapter III, the influence of different methods was evaluated (in the sun, oven at 40ºC and at 60ºC) and drying times (4 hours and to constant weight) on the yield and quality of the oil extracted by solvent. The extraction of the oil was performed in the soxhlet extractor, by employing hexane as a solvent. Physicochemical analyses to evaluate the quality of the oil were conducted. The results showed that drying in the oven at 40ºC to constant weight presented high yields without affecting oil quality. But in chapter IV, the study of oil extraction by different solvents (hexane, acetone and ethylic alcohol) and their mixtures was undertaken by employing a simplex centroid design. Extraction process was performed at the temperature of 50ºC, under stirring of 22Hz for 16 hours, by employing the solid-liquid ratio of 1:10 p/p. the highest oil yields were obtained in the extraction of acetone and hexane, mainly their mixtures with ethylic alcohol. The different sorts of solvent did not influence the index of iodine, saponification and refraction. The extract obtained with ethylic alcohol revealed to be inferior to the other extracts as far as acidity was concerned, but the value of carotenoid content was higher, in the same way as acetone. The fatty acid profile of the oil fraction of the extract did not range with the different sorts of treatments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3139
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.