Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31836
Título: Adoção de inovações, relações de trabalho e cultura na unidade de produção camponesa: o caso de Curiaú no Amapá
Autor : Moraes, José Maria da Silva
Primeiro orientador: Silveira, Lucimar Leão
Primeiro membro da banca: Alencar, Edgard
Segundo membro da banca: Vitor, Vicente de Paula
Terceiro membro da banca: Oliveira, Luis Carlos Ferreira de Souza
Quarto membro da banca: Coimbra, Raquel Carvalho
Palavras-chave: Extensão rural
Amapá
Adoção de inovações
Relações trabalhistas
Agricultura de subsistência
Camponeses
Sociologia rural
Data da publicação: 13-Nov-2018
Referência: MORAES, J. M. da S. Adoção de inovações, relações de trabalho e cultura na unidade de produção camponesa: o caso de Curiaú no Amapá. 1991. 149 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Escola Superior de Agricultura de Lavras, Lavras, 1991.
Resumo: A presente pesquisa "Adoção de Inovações, Relações de Trabalho e Cultura na Unidade Camponesa" teve como objetivo apreender as razões que os produtores camponeses de Curiaú-AP apresentaram quanto à adoção das inovações tecnológicas propostas pelo Serviço de Extensão Rural no período de 1974 a 1990. Adotou-se a abordagem interpretativa e análise de conteúdo fundamentadas nas técnicas da pesquisa qualitativa. As informações foram coletadas, em 1990, em documentos referentes ao Estado, à Curiaú e à Extensão e através de entrevistas semi-estruturadas feitas com produtores (18) e extensionistas (04) que prestavam assistência à comunidade. O Estado do Amapá, isolado do resto do país sob diversos aspectos, tem a exploração extrativista mineral e vegetal como características principais de sua economia, apresentando comunidades com traços culturais bem demarcados por suas origens e mantidos pelo isolamento nos núcleos e povoados.A comunidade de Curiaú, situada a 8 Km de Macapá, oriunda de escravos, mantém uma cultura em que predominam valores comunitários e familiares, caracterizando-se pela posse e uso coletivo da terra , trabalho e produção no núcleo familiar, objetivando o consumo e a comercialização do excedente para satisfação de necessidades básicas. A produção é caracterizada como de subsistência; a mandioca (farinha) é o principal produto, sendo cultivada por mão-de-obra familiar, com técnicas herdadas dos antepassados e com emprego de baixo nível de capital. A reação dos produtores camponeses de Curiaú-AP, diante das propostas apresentadas pela Extensão caracterizou-se pela não adoção das inovações tecnológicas e de defesa dos princípios e valores culturais (uso coletivo da terra, trabalho e vida na comunidade). Os produtores consideraram a sua maneira de trabalhar mais prática e mais rápida e, ainda, que não há necessidade de mudar a sua produção nem seu modo de trabalhar. Atribuíram maior valor ao (seu) conhecimento adquirido na experiência, no trabalho e na vida do que aos ensinados ou transmitidos. Apresentaram absoluta segurança tanto na definição das culturas como nas "técnicas" utilizadas, negando-se a correr qualquer risco. Consideraram que as técnicas apresentadas estavam desvinculadas de sua realidade social e de vida, e, mudar o jeito de produzir, implicaria em mudar o jeito de viver. Consideraram as propostas de extensão alheias aos seus interesses e objetivos. Diante da invasão cultural (rádio, televisão...), relação com o comércio, proximidade e constantes contatos com Macapá, principalmente pelos jovens e enfraquecimento dos valores peculiares à cultura, sente-se que a desintegração da comunidade se processará a curto prazo.
Abstract: The present research entitled "adoption of Innovations, Relationships of Work and Culture in the Country unit" had as objetive to learn the reasons that the Country Producers of Curiaú - AP presented in relation to the adoption of technologic innovations proposed by the Service of Rural Extension in the period from 1974 to 1990. It was adopted the interpretative approach and analysis of contents embased in techincs of qualitative research. The informations were collected during 1990 in documents related to the State, to Curiaú and to Extension and though the semi structured interviews made with producers (18) and extensionists (04) who gave assistance to the community. The State of Amapá, isolated from the rest of the country, under several aspects, has the mineral and vegetable extrative exploration as the main characteristics of its economy, presenting communities with well defined cultural marks from their origins and maintained by isolation in the núcleo and settlements. The community of Curiaú, situated at 8 Km from Macapá, originated from slaves, maintains a culture in which predominate communitary and familiar values, characterizing itself by possession and colletive use of land, work and production in the familiar nucleus, objectivating the consumption and the commercialization of the exceeding for satisfaction of basic necessities. The production is characterized as of subsistence; the manihot (flour) is the main product being cultivated by familiar labor force with inhrited technics from the ancestors and with use of low level of funds. The reaction of country producers of Curiaú - AP in relation to the presented proposals by the Extension was characterized by non-adoption of technologic innovations and defense of the principies and cultural values (collective use of land, work and life in the community). The producers considered their way of working more practical and more rapid and, furthermore, that there is no necessity of changing neither their production nor their way of working. They gave more value to their knowledge aquired in the experience, in work and in life rather than to the taught or transmitted knowledge. They presented total security both in the definition of cultures and in the utilized technics, avoiding any risk. They considered that the presented technics were non-linked to their social reality and life, and to change the way of producing would implicate in changing the way of living. They considered the proposals of extension as dissociated to their interests and objective. Talking into account the cultural invasion (radio, television...), relationships with the commerce, proximity and permanent contacts with Macapá, mainly by the young persons and weekening of peculiar values to the culture, its is felt that the desintegration of the community is going to process in short time space.
metadata.teses.dc.description: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31836
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.