Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31889
metadata.artigo.dc.title: Modelagem preditiva de distribuição de espécies pioneiras no Estado de Minas Gerais
metadata.artigo.dc.title.alternative: Predictive modeling distribution of pioneer species in the state of Minas Gerais, Brazil
metadata.artigo.dc.creator: Coelho, Guilherme Leite Nunes
Carvalho, Luis Marcelo Tavares de
Gomide, Lucas Rezende
metadata.artigo.dc.subject: Maxent
Plano de conservação
Plantas nativas
Predição de habitat
Conservation plan
Native plants
Habitat prediction
metadata.artigo.dc.publisher: Embrapa Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento
metadata.artigo.dc.date.issued: Mar-2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: COELHO, G. L. N.; CARVALHO, L. M. T. de; GOMIDE, L. R. Modelagem preditiva de distribuição de espécies pioneiras no Estado de Minas Gerais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 51, n. 3, p. 207-214, mar. 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo deste trabalho foi determinar a distribuição potencial de 23 espécies pioneiras no Estado de Minas Gerias, além de identificar as variáveis ambientais que influenciam as suas distribuições. O algoritmo Maxent foi escolhido para relacionar a ocorrência de espécies às seguintes variáveis bioclimáticas: variação diurna de temperatura, isotermalidade, sazonalidade da temperatura, precipitação do mês mais seco, sazonalidade da precipitação (coeficiente de variação) e evapotranspiração real. Também foram avaliados índice de vegetação por diferença normalizada (NDVI), grau de conservação da flora e heterogeneidade espacial de fitofisionomias, bem como erodibilidade (suscetibilidade do solo à erosão), disponibilidade de água subterrânea, textura do solo, teor de matéria orgânica, ocorrência mineral (espécies minerais existentes por unidade litológica), mapa pedológico simplificado, declividade e altitude. A espécie Anadenanthera colubrina foi a mais indicada para o bioma Caatinga, seguida de Casearia sylvestris e Plathymenia reticulata, indicadas para o bioma Mata Atlântica e Cerrado, respectivamente. Recomenda-se utilizar o Maxent como ferramenta para orientar os planos de conservação que necessitam de indicação de espécies, para recuperar áreas de vegetação degradadas ou desmatadas.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The objective of this work was to determine the potential distribution of 23 pioneer species in the state of Minas Gerais, Brazil, as well as to identify the environmental variables that influence their distributions. The Maxent algorithm was chosen to associate the occurrence of species with the following bioclimatic variables: diurnal temperature variation, isothermality, temperature seasonality, driest month precipitation, precipitation seasonality (coefficient of variation), and actual evapotranspiration. The normalized difference vegetation index (NDVI), flora conservation status, and the spatial heterogeneity of vegetation types were also evaluated, besides erodibility (susceptibility of soil to erosion), groundwater availability, soil texture, organic matter content, mineral occurrence (existing mineral species by lithological unit), pedological simplified map, slope and altitude. The species Anadenanthera colubrina was the most suitable for the Caatinga biome, followed by Casearia sylvestris and Plathymenia reticulate, indicated for the Atlantic Forest and the Cerrado biomes, respectively. The use of Maxent is recommended as a tool to guide conservation plans that require the indication of species, aiming to recover degraded or deforested vegetation areas.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31889
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons