Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32025
metadata.teses.dc.title: Competitividade da produção de leite no Mercosul: o caso do sul e sudeste de Minas Gerais e a importação do leite argentino.
metadata.teses.dc.creator: Vilhena, Maria Helena
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Reis, Ricardo Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Reis, Antônio João dos
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Cardoso, Roberto Maciel
metadata.teses.dc.subject: Economia agrícola
Vantagem comparativa
Competição
Países do MERCOSUL
Leite
Produção
metadata.teses.dc.date.issued: 19-Nov-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
metadata.teses.dc.identifier.citation: REIS, M. H. V. Competitividade da produção de leite no Mercosul: o caso do Sul e Sudeste de Minas Gerais e a importação do leite argentino. 1996. 35 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 1996.
metadata.teses.dc.description.resumo: O presente trabalho buscou avaliar a integração econômica do Mercosul, comparando a competitividade da produção do leite no sul e sudeste de Minas Gerais, maior região produtora do Brasil, e a internalização do leite em pó da Argentina, tradicional exportadora do produto para o Brasil. A produção do leite no Brasil é sensível à integração Mercosul, visto que o custo da produção de leite no país é mais elevado que na Argentina. No estudo, foram utilizadas planilhas de custo de acordo com o nível tecnológico adotado por 60 produtores pesquisados no estado de Minas Gerais, classificados em alta, média e baixa produtividade. Utilizou-se também o custo interno intermediário, que é o custo do leite na usina e o custo de internalização do leite argentino, variáveis importantes na avaliação da competitividade do leite através do coeficiente de proteção nominal (CPN). Os resultados mostraram que a categoria de alta produtividade no sul e sudeste de Minas Gerais tem condições de competir com o leite importado da Argentina. Na categoria de média produtividade, a competitividade se equivale e para a categoria de baixa produtividade o leite argentino apresenta uma competitividade maior.
metadata.teses.dc.description.abstract: This study tried to evaluate the economic integration of the Mercosul, comparing the competitiveness of milk production in the south and southeast of Minas Gerais state, the greatest brazilian producer region, and the import of Argentinas powdered milk, the traditional exporter to the brazilian market. The brasilian milk production is vulnerable to Mercosul integration, since the cost of the brazilian milk production is greater than the argentinean cost. In this study the cost schemes were stablished according to the technological levels adopted by 60 producers which were classified in high, middle and low productivity categories. The domestic intermediary cost and the import cost of Argentinean milk, which are important variables for the milk competitiveness evaluation through the nominal protection coefficient (CPN), were also used. The results showed that high productivity producers from the south and southeast of Minas Gerais state have means to compete with the milk imported from Argentina. The brazilian middle productivity producers' milk and the milk imported from Argentina are equivalent. The Argentinean milk presents better competitiveness than the brazilian low productivity producer's milk.
metadata.teses.dc.description: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32025
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.