Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32738
Título: Aspectos nutricionais em ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill.) relacionados a micro-organismos promotores de crescimento vegetal e características químicas e físicas do solo
Título(s) alternativo(s): Nutritional aspects of ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill.) related to plant growth promoting microorganisms and chemical and physical characteristics of soil
Autor : Vega, Cesar Florentino Puma
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4057651712393384
Primeiro orientador: Moreira, Fatima Maria de Souza
Primeiro coorientador: Rufini, Márcia
Primeiro membro da banca: Pereira, Marcos Gervasio
Segundo membro da banca: Carvalho, Teotonio Soares de
Palavras-chave: Plantas alimentícias não convencionais
Fixação biológica de nitrogênio
Ora-pro-nobis - Características físico-químicas
Fungos micorrízicos arbusculares
Unconventional food plants
Biological nitrogen fixation
Ora-pro-nobis - Physical-chemical characteristics
Data da publicação: 5-Fev-2019
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: VEJA, C. F. P. Aspectos nutricionais em ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill.) relacionados a micro-organismos promotores de crescimento vegetal e características químicas e físicas do solo. 2019. 93 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: Ora-pro-nobis (OPN) is a sparsely cultivated horticultural cactus that presents high food potential due mainly to the high protein content in its leaves. However, little is known about the chemical, physical and biological characteristics of the soils where it occurs, as well as their relationships with their nutritional characteristics. Soil microorganisms play a key role in the life cycle of plants both in cycling and in the availability of nutrients. Bacteria are responsible for the biological fixation of nitrogen and other processes as promoters of plant growth of great agricultural and environmental relevance. Arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) form symbiotic associations with most vascular plants. This mycorrhizal association provides an increase in soil nutrient uptake by plants, mainly phosphorus, as a consequence of better soil exploration. The objective of this study was to evaluate the relationship of nutritional aspects of OPN with the communities of diazotrophic bacteria and arbuscular mycorrhizal fungi and chemical and physical characteristics of the soils in different places in the southern state of Minas Gerais. Soil, root and leaf samples were collected in four nearby municipalities located in rural and urban areas. Diazotrophic bacteria from soil, rhizosphere, and maceration of washed roots of OPN in water were isolated using the modified NFb semisolid medium. FMA spores were extracted from the soil by the wet sieving method followed by sucrose gradient centrifugation. The collected roots were discolored and analyzed according to the traditional methods for evaluation of mycorrhizal colonization. There was no relationship between the total nitrogen in the soil and the protein content in the OPN leaf. There was also no relationship between the content of the other macro and the micronutrients in the leaf and their corresponding contents in the soil except for the potassium. It was obtained 86 isolates distributed in 24 cultural groups. The partial sequencing of the 16S rRNA gene from the isolates identified the genus Azospirillum, of diazotrophic bacteria and to a lesser extent the genera: Azohydromonas, Azospira, Acinetobacter, Bacillus, Brevundimonas, Caulobacter, Cryseobacterium, Pseudomonas, Pseudoacidobacter and Variovorax. There was variation in spore density and mycorrhizal colonization. Despite the low root colonization of FMAs, there was considerable density of spores in the soil. The families Ambisporaceae, Archaeosporaceae, Claroideogloeraceae, Glomeraceae, Acaulosporaceae, Diversisporaceae and Gigasporaceae were identified. It is concluded that there are associative diazotrophic bacteria as well as AMFs in close relation with OPN which may be related to the high nitrogen content in the leaves of this plant species. The species of microorganisms found can be used in future selection studies aiming at the best OPN development.
Abstract: Ora-pro-nobis (OPN) é uma cactácea hortícola pouco cultivada que apresenta alto potencial alimentício devido principalmente ao alto teor de proteína nas suas folhas. No entanto, pouco é conhecido sobre as características químicas, físicas e biológicas dos solos onde ocorre, assim como as relações destas com suas características nutricionais. Os microrganismos do solo desempenham um papel fundamental no ciclo de vida das plantas tanto na ciclagem como na disponibilidade de nutrientes. Bactérias são responsáveis pela fixação biológica de nitrogênio e outros processos como promotores de crescimento vegetal de grande relevância agrícola e ambiental. Fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) formam associações simbióticas com a maioria das plantas vasculares. Esta associação micorrizica proporciona um aumento da absorção de nutrientes do solo pelas plantas, principalmente do fosforo, como consequência de uma melhor exploração do solo. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação de aspectos nutricionais de OPN com as comunidades de bactérias diazotróficas e de fungos micorrízicos arbusculares e características químicas e físicas dos solos em diferentes locais no sul do estado de Minas Gerais. Amostras de solo, raízes e folhas foram coletados em quatro municípios próximos entre si, localizados em áreas rurais e urbanas. Foram isoladas bactérias diazotróficas do solo, rizosfera, e de macerado de raízes lavadas de OPN em água utilizando o meio semissólido NFb modificado. Esporos de FMA foram extraídos do solo pelo método do peneiramento úmido seguido por centrifugação em gradiente de sacarose. As raízes coletadas foram descoloridas e analisadas de acordo com os métodos tradicionais para avaliação da colonização micorrízica. Não houve relação entre o nitrogênio total no solo e o teor de proteína na folha de OPN. Também não houve relação entre o teor dos demais macro e dos micronutrientes na folha com os seus correspondentes teores no solo exceto para o caso do potássio. Foram obtidos 86 isolados distribuídos em 24 grupos culturais. O sequenciamento parcial do gene 16S rRNA dos isolados identificou em maior proporção o gênero Azospirillum de bactérias diazotróficas e em menor proporção os gêneros: Azohydromonas, Azospira, Acinetobacter, Bacillus, Brevundimonas, Caulobacter, Cryseobacterium, Pseudomonas, Pseudoacidobacter e Variovorax. Houve variação na densidade de esporos e colonização micorrizica. Apesar da baixa colonização radicular de FMAs, houve densidade considerável de esporos no solo. Foram identificadas as famílias Ambisporaceae, Archaeosporaceae, Claroideogloeraceae, Glomeraceae, Acaulosporaceae, Diversisporaceae e Gigasporaceae. Conclui-se que existem bactérias diazotróficas associativas assim como FMAs em intima relação com OPN, o que pode ter relação com o alto teor de nitrogênio nas folhas dessa espécie vegetal. As espécies de microrganismos encontradas podem ser usadas em futuros estudos de seleção visando o melhor desenvolvimento de OPN.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32738
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.