Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3286
Título: Fenologia das plantas, qualidade pós-colheita e conservação de framboesas
Título(s) alternativo(s): Plant phenology, post-harvest quality and conservation of raspberries fruits
Autor : Maro, Luana Aparecida Castilho
Primeiro orientador: Pio, Rafael
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Abreu, Celeste Maria Patto de
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Primeiro membro da banca: Pasqual, Moacir
Ferreira, Ester Alice
Alvarenga, Ângelo Alberico
Ramos, José Darlan
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Rubus idaeus
Fenologia
Qualidade
Conservação
Pós-colheita
Phenology
Quality
Conservation
Post-harvest
Data da publicação: 27-Ago-2014
Referência: MARO, L. A. C. Fenologia das plantas, qualidade pós-colheita e conservação de framboesas. 2011. 137 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: O cultivo da framboeseira representa uma atividade promissora para a diversificação da fruticultura sul mineira. A região possui microclima favorável ao cultivo desta espécie e está sob localização estratégica para a comercialização dos frutos. Porém, a escassez de informações quanto ao comportamento fenológico das cultivares, qualidade e vida útil pós-colheita dos frutos constituem entraves a serem enfrentados. Diante disso, este trabalhou objetivou estudar a fenologia, atributos de qualidade e o uso da refrigeração na conservação de framboesas coloridas. Para atingir os objetivos propostos três trabalhos foram conduzidos no período de junho de 2010 a agosto de 2011. As cultivares Batum, Autumn Bliss, Heritage e Golden Bliss, foram avaliadas nas condições sul mineiras da poda à produção de frutos nas hastes primárias, gemas subapicais e hastes secundárias assim como o padrão de desenvolvimento dos frutos. Hastes emitidas após a poda de inverno foram marcadas e acompanhadas quanto ao início e término das fases reprodutivas. Para determinação da curva de desenvolvimento dos frutos, amostragens semanais foram realizadas desde o início de formação do fruto até a colheita. Constatou-se que ocorreram antecipação e prolongamento do período de colheita e ainda a emissão de dois surtos de crescimento de rebentos oriundos do sistema radicular. As cultivares diferem quanto ao comportamento reprodutivo nas hastes primárias e secundárias. As gemas subapicais possuem baixa capacidade de brotação e florescimento. Frutos das diferentes cultivares apresentam padrão de crescimento sigmoidal simples. No segundo experimento foram avaliados frutos provenientes de dois locais de cultivo representados pela região da Serra da Mantiqueira e Alto do Rio Grande. Os frutos foram avaliados quanto à massa, dimensões, número de drupeletes, coloração, acidez total, pH, sólidos solúveis totais, relação acidez total / sólidos solúveis, umidade, cinzas, composição mineral e determinação de antocianinas, vitamina C, β-caroteno, licopeno e fenóis totais. Os resultados revelaram grande influência do local de cultivo na qualidade dos frutos assim como a existência de variação entre as cultivares. Frutos produzidos na Serra da Mantiqueira se destacaram quanto às características físicas. Por outro lado, o cultivo de framboesas no Alto do Rio Grande propiciou maior intensidade de cor e aumento da acidez total. No geral, framboesas coloridas constituem rica fonte de compostos bioativos além dos consideráveis teores de nutrientes principalmente de nitrogênio, potássio, ferro e manganês. Na terceira parte do trabalho estudou-se o efeito de diferentes temperaturas na conservação pós-colheita de Framboesas Negras. Os frutos foram acondicionados em bandejas de polietileno de teraftalato e armazenadas por 12 dias em câmaras B.O.D. à -1; 1; 3; 5 e 7 oC, com variações de 0,2 a 0,5 oC, e, umidade relativa de 91,4 ± 7,3%. Os frutos apresentaram períodos de conservação diferentes em função da temperatura. A melhor temperatura para a conservação foi -1ºC, em que as framboesas alcançaram 12 dias de armazenamento sem grande variação na qualidade para o consumo. Por outro lado o uso das temperaturas de 1 e 3 oC propiciaram conservação de apenas três dias. Após este período, a qualidade organoléptica dos frutos foi reduzida devido a elevada perda de massa e desenvolvimento de sabor desagradável. Estas características foram antecipadas a 5 e 7 oC, além da presença de odor estranho e microrganismos verificadas na temperatura de 7 oC, resultando em um curto período de armazenamento. Os resultados demonstram o potencial da região sul mineira para produção de framboesas coloridas, haja visto o desempenho de diferentes cultivares quanto à fenologia, qualidade dos frutos e prolongamento da vida útil pós-colheita.
The raspberry crop represents a promising activity for the diversification of the southern Minas fruit production. The region has a favorable microclimate for growing this species and is strategically located for the commercialization of the production. However, the shortage of information about phenology of the cultivars, quality and shelf-life of fruits are obstacle to be faced. Therefore, this study investigated the phenology, quality attributes and the use of refrigeration in the preservation of raspberry in different colors. In order to achieve the objectives proposed three studies were conducted from June 2010 to August 2011. Batum cultivars, Autumn Bliss, Heritage and Golden Bliss, were evaluated under the conditions of the southern Minas Gerais pruning for fruit production in primary stems, secondary stems and apical gemstones well as the default fruit development. Stems issued after winter pruning were marked and monitored in the start and end of the reproductive phases. To determine the curve of fruit development, samples were taken weekly from early fruit development to harvest. It was found that the harvest period occurred earlier and last longer than in Southern Brazil and also the emission of two outbreaks of shoot growth from the root system. Cultivars differ in their reproductive behavior in primary and secondary stems. The subapical gems have low capacity for budding and flowering. Fruits of different cultivars have simple sigmoidal growth pattern. In the second experiment were evaluated fruits from two different sites of cultivation represented by the Serra da Mantiqueira and Alto Rio Grande. Fruits were evaluated for mass, size, number of drupelets, color, total acidity, pH, soluble solids, total acidity ratio / soluble solids, moisture, ash, mineral composition and determination of anthocyanins, vitamin C, β-carotene, lycopene and total phenols. The results revealed strong influence of growing site on fruit quality as well as the existence of variation among cultivars. Fruits produced in Serra da Mantiqueira stood out as the physical characteristics. On the other hand, growing raspberries in Alto Rio Grande provided greater color intensity and increased acidity. In general, colored raspberries are rich source of bioactive compounds in addition to considerable amounts of nutrients particularly nitrogen, potassium, iron and manganese. In the third part of the job we studied the effect of temperature on postharvest black raspberries. The fruits were packed in polyethylene terephthalate trays and stored for 12 days in BOD chambers to -1, 1, 3, 5:07 ° C, with variations from 0.2 to 0.5 ° C and relative humidity of 91.4 ± 7.3%. The fruits showed different retention periods depending on the temperature. The best temperature for the conservation of fruits was -1 ° C, where the berries reached 12 days of storage without much variation in quality for consumption. On the other hand the use of temperatures of 1 and 3 ° C led conservation only three days. After this period, the organoleptic quality of fruits was reduced due to high mass loss and development of taste. These features were antecipated to 5 and 7 oC, and the presence of strange smell and microorganisms found in the temperature of 7 oC, resulting in a short period of storage. The results demonstrate the potential of the southern Minas to produce colorful berries confirmed by the performance of different cultivars to phenology, fruit quality and shelf life extension after harvest.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3286
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Fenologia das plantas, qualidade pós-colheita e conservação de framboesas.pdf1,76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.