Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32944
metadata.artigo.dc.title: Eficiência de sistemas de irrigação em mudas de espécies florestais nativas produzidas em tubetes
metadata.artigo.dc.title.alternative: Irrigation efficiency on native forest seedlings grown in recipient tubes
metadata.artigo.dc.creator: Thebaldi, Michael Silveira
Lima, Luiz Antonio
Silva, Antonio Carlos da
Colares, Matheus de Figueiredo Braga
Lima, Pedro Luiz Terra
metadata.artigo.dc.subject: Sistemas de irrigação
Microaspersão
Viveiros de mudas
Irrigation systems
Micro sprinkler
Seedlings nurseries
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Santa Maria
metadata.artigo.dc.date.issued: Apr-2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: THEBALDI, M. S. et al. Eficiência de sistemas de irrigação em mudas de espécies florestais nativas produzidas em tubetes. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 26, n. 2, p. 401-410, abr./jun. 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A baixa qualidade de mudas pode advir de problemas na irrigação e/ou nutrição das mudas em sua fase de formação em viveiros. Em relação à irrigação, problemas podem surgir referentes à má distribuição da água ou mesmo seu manejo, levando ao deficit ou ao excesso de irrigação, enquanto o excesso pode lixiviar nutrientes, o deficit pode prejudicar o desenvolvimento da planta. Assim, o presente trabalho teve como objetivos avaliar a eficiência de irrigação de um sistema de irrigação por microaspersão já instalado em um viveiro de mudas de espécies florestais e também avaliar a eficiência de um sistema de subirrigação de mudas florestais nativas cultivadas em tubetes. A avaliação da eficiência da microaspersão foi realizada em um viveiro de mudas de espécies nativas florestais na cidade de Itutinga - MG, o delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado (DIC) em esquema de parcelas subdivididas, estando o equipamento de irrigação na parcela (três níveis: MA-20, Rondo e Inverted Rotor Spray) e três espécies florestais na subparcela. Na avaliação de eficiência em tubetes de 300 cm³, as categorias da subparcela foram: araucária (Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze.), jerivá (Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman) e cutieira (Joannesia princeps Vell.). Em tubetes de 110 cm³ os três níveis da subparcela foram as espécies: mutamba (Guazuma ulmifolia Lam.), angico-vermelho (Anadenanthera macrocarpa Benth.) e peroba-rosa (Aspidosperma polyneuron Muell.). A avaliação da eficiência da subirrigação foi realizada em uma estufa localizada na Universidade Federal de Lavras, em dois tanques de subirrigação em três repetições. As maiores eficiências de aplicação foram obtidas para o emissor modelo MA-20. Não houve diferenças significativas entre a eficiência de aplicação dos microaspersores em relação às espécies estudadas, em ambos os tubetes. A eficiência de irrigação no tanque de tubetes de 300 cm³ foi 90,42%, enquanto para tubetes de 110 cm³ foi 92,17%. Os tanques de subirrigação mostraram-se como alternativa interessante para irrigação de mudas das espécies florestais testadas, apresentando alta eficiência para os dois tamanhos de tubetes avaliados.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Seedlings low quality can result due to problems in irrigation and/or nutrition of seedlings in their nursery phase. Regarding irrigation, problems can arise related to low uniformity of water application or its management, leading to lack or excess of water. While the excess can leach nutrients, the deficit can affect plant growth. Thus, this work had as objective to evaluate irrigation efficiency of a microsprinkler irrigation system at a forest native species nursery and also at sub-irrigation of forest native species being raised in recipient tubes The microsplinkler irrigation efficiency evaluation was performed in a native forest nursery at Itutinga - MG city, held in completely randomized design in split plots scheme, with the irrigation equipment on the plot (three levels: MA-20, Rondo and Inverted Rotor Spray) and three forest species on subplot. For efficiency evaluation in large tubes, the categories of subplot were: Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze., Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman and Joannesia princeps Vell. In small tubes, the three levels of subplots were the species: Guazuma ulmifolia Lam., Anadenanthera macrocarpa Benth. and Aspidosperma polyneuron Muell. The sub-irrigation efficiency evaluation was conducted in a greenhouse located at UFLA, in two sub-irrigation tanks with three replications, through calculation of uniformity coefficients for each sub-irrigated species, done in three replications. The largest application efficiency was obtained for the MA20 emitter. There were no significant differences between the application efficiency of the emitters relative to the cultivated species, in both tube sizes. The efficiency in 300 cm³ tubes irrigation tank was 90.42%, while for 110 cm³ tubes it was 92.17%. Sub-irrigation tanks proved to be an interesting alternative for irrigation of the tested forest species seedlings, with high efficiency for both tubes sizes.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32944
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons