Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33049
metadata.artigo.dc.title: Influência da lastragem e pressão de insuflagem do pneu de um trator agrícola no seu consumo de combustível trabalhando em solo úmido
metadata.artigo.dc.creator: Alonso, Diego José Carvalho
Volpato, Carlos Eduardo Silva
Faria, Rafael de Oliveira
Martins, Vinícius Reis Bastos
Possato, Luiz Alfredo
metadata.artigo.dc.subject: Equipamentos agrícolas - Consumo de combustível
Umidade do solo
Tratores - Lastragem
Tratores - Insuflagem dos pneus
Agricultural equipment - Fuel consumption
Soil moisture
Tractors - Ballast
Tractors - inflating tire
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Estadual Paulista
metadata.artigo.dc.date.issued: 2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ALONSO, D. J. C. et al. Influência da lastragem e pressão de insuflagem do pneu de um trator agrícola no seu consumo de combustível trabalhando em solo úmido. Revista Energia na Agricultura, Botucatu, v. 33, n. 2, 2018. doi: 10.17224/EnergAgric.2018v33n2p118-122.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O trator agrícola é a principal máquina em todas as etapas da produção agrícola, diversas são as formas de controle da qualidade e eficiência do seu trabalho, podendo se destacar a pressão de insuflagem dos pneus e lastragem, contudo o fator climático não pode ser controlado, onde a única opção é a escolha de ajustes do trator concomitante com a umidade do solo para o menor consumo de combustível. Assim, o presente trabalho teve o objetivo de avaliar o consumo de combustível horário e específico de um trator agrícola, trabalhando em solo úmido com três lastragens e cinco pressões de insuflagem dos pneus. O trator de tração utilizado foi um A950 Valtra 4x2 TDA com 95 cv (69,8 kW) montado em pneus traseiros diagonais 18.4 – 34 R-1 e dianteiros 14.9 – 24 R–1, o trator de frenagem utilizado foi o Agrale BX 6110 4x2 TDA com 105 cv ( 77,2 kW) montado em pneus traseiros 23.1 – 30 R1 dianteiros 14.9 – 24 R1. Os resultados do consumo horário e específico de combustível mostram que a utilização da lastragem de fábrica e a pressão próxima a recomendada pelo fabricante se adequaram melhor, ficando o tratamento de 124/110 kPa de pressão de insuflagem dos pneus e 47,5 kN de lastragem do trator de tração o tratamento mais satisfatório para as condições apresentadas.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://revistas.fca.unesp.br/index.php/energia/article/view/3041
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33049
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.