Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33067
metadata.artigo.dc.title: Gênero como uma dimensão de qualidade: uma análise do processo de construção dos indicadores de qualidade da educação infantil paulistana
metadata.artigo.dc.title.alternative: Gender as a dimension of quality: an analysis of the process of construction of Quality Indicators for Child Education of the city of São Paulo
metadata.artigo.dc.creator: Alvarenga, Carolina Faria
Vianna, Cláudia Pereira
metadata.artigo.dc.subject: Educação infantil - Indicadores de qualidade
Políticas públicas
Igualdade de gênero
Child education - Quality maintenance
Public policy
Gender equality
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Santa Catarina
metadata.artigo.dc.date.issued: Jan-2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ALVARENGA, C. F.; VIANNA, C. Gênero como uma dimensão de qualidade: uma análise do processo de construção dos indicadores de qualidade da educação infantil paulistana. Zero-a-Seis, Florianópolis, v. 20, n. 37, p. 11-26, jan./jun. 2018.
metadata.artigo.dc.description.resumo: As relações de gênero ganharam visibilidade no enfrentamento das desigualdades no âmbito das políticas educacionais mais recentes. Contudo, um retrocesso em relação à agenda de gênero veta sua menção em vários documentos de políticas educacionais, como os planos de educação, e controla as práticas escolares. Contra essa tendência e permeado por tensões e contradições, tivemos no contexto da Educação Infantil na capital paulista, um movimento oposto: a inserção do gênero na construção dos Indicadores de Qualidade da Educação Infantil Paulistana. Portanto, este artigo, parte de uma pesquisa de doutorado, baseia-se nas articulações teóricas entre Joan Scott e Norbert Elias para analisar o processo de construção dessa política pública educacional que leva para a Educação Infantil um tema polêmico, como o das relações de gênero, e supõe o exame do jogo de disputas, de poder, de tensões, concessões e desafios que configurou tal política.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Gender relations gained greater visibility in the fight against several forms of inequality within the most recent educational policies. However, a setback against the gender agenda neglects its mention in many educational policy documents, such as education plans, and controls school practices. Against this tendency and intertwined with tensions and contradictions, occurred in the context of Child Education in the city of São Paulo an opposite movement: the inclusion of gender in the construction of Quality Indicator for Child Education of the city of São Paulo. The public policy was defined in which gender was introduced as a dimension of quality. Therefore, this paper, part of a doctoral research, is based on the theoretical articulations between Joan Scott and Norbert Elias in order to analyze the process of construction of this public educational policy that leads to Child Education a controversial theme, such as gender relations, and supposes the examination of the game of disputes, tensions, concessions and challenges that shaped such policy.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: https://periodicos.ufsc.br/index.php/zeroseis/article/view/1980-4512.2018v20n37p11
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33067
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DED - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.