Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3375
Título: Variações florísticas e estruturais em um fragmento de floresta paludosa no Alto Rio Pardo em Santa Rita de Caldas, MG
Título(s) alternativo(s): Floristics and structural variations in a fragment of swamp forest from the high Rio Pardo River in Santa Rita de Caldas, MG
Autor : Loures, Laércio
Primeiro orientador: Carvalho, Douglas Antonio de
Primeiro membro da banca: Van den Berg, Eduardo
Pereira, José Aldo Alves
Área de concentração: Manejo ambiental
Palavras-chave: Conservação da natureza
Floresta Paludosa-Semidecídua-Montana
Espécie dominante
Correlação espécie-ambiente
Diversidade de espécie
Swamp semidecidual Montana forest
Diversity of species
Species dominant
Correlation specie-environment
Data da publicação: 1-Set-2014
Referência: LOURES, L. Variações florísticas e estruturais em fragmento de floresta paludosa, no Alto-Rio Pardo, em Santa Rita de Caldas, MG. 2006. 41 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: Foi realizado o levantamento da comunidade arbórea de uma Floresta paludosa-semidecídua-montana, situada no Alto-Rio Pardo, em Santa Rita de Caldas, MG, Brasil (altitude 1.156 a 1.203m; 22°05´44"S°, 46´21"20"W), com o objetivo de avaliar as variações estruturais e variáveis ambientais relacionadas. Foram analisados aspectos da estrutura fisiomômica (densidade, área basal e distribuição de tamanho das árvores) e comunitária (composição, distribuição e diversidade de espécies). Foram alocadas 25 parcelas de 10 x 40m para amostragem dos indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) = ou > 5cm, onde também foram coletados dados topográficos e amostras do solo superficial para análises químicas e texturais. Foram registradas 50 famílias botânicas, 78 gêneros, 110 espécies e 1.982 indivíduos, assim como três subgrupos de solos: Organossolos, Gleissolos Melânicos e Gleissolos Háplicos, distribuídos na seqüência da cabeceira para o fundo do fragmento. A comunidade arbórea apresenta uma composição florística e estrutural diferente das florestas paludosas e aluviais do Sudeste e Sul do Brasil, em altitudes menores. Uma análise de correspondência canônica revelou um gradiente de distribuição das espécies arbóreas principalmente correlacionadas com as variações de cotas e de argila. Outras variáves importantes foram desnível, profundidade do lençol freático e cálcio.
A survey of the tree community of a swamp semidecidual Montana forest, situated in Santa Rita de Caldas, MG at the Upper Rio Pardo river (1156-1203 m of altitude, 22o 05´ 44" S; 46o 21´ 20" W) was accomplished with the purpose of assessing its environment and structural variation. The physiognomic (density, basal area and distribution of size of the trees) and community structure (composition, distribution and diversity of species) were analyzed through 25 plots of 10 X 40 m where tree individuals with diameter at breast height = or > 5 cm were sampled, topographic variables were measured and surface soil samples were collected to obtain their chemical and texture attributes. The survey resulted in 50 botanic families, 78 genera, 110 species and 1982 individuals, as well as three soil classes: Organosoil, Melanic Gleissoil and Haplic Gleissoil, distributed sequentially from the hilltop to the base of the fragment. The tree community presented different structure and floristic composition from other swamp and alluvial forests of Southeast and South of Brazil. The analyses of a canonic correspondence showed a gradient of tree species distribution mainly correlated with variations of quotas and clay contents. Other important variables were unevenness, water table depth and calcium.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3375
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.