Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33855
metadata.teses.dc.title: Alterações anatômicas, fisiológicas e fitoquímicas em Mikania glomerata Sprengel. (Guaco) sob diferentes fotoperíodos e níveis de sombreamento
metadata.teses.dc.creator: Castro, Evaristo Mauro de
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Alvarenga, Amauri Alves de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Soares, Ângela Maria
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Nogueira, Francisco Dias
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Cardoso, Maria das Graças
metadata.teses.dc.subject: Plantas medicinais
Essências e óleos essenciais
Fotoperiodismo
Anatomia vegetal
Compositae
metadata.teses.dc.date.issued: Apr-2019
metadata.teses.dc.identifier.citation: CASTRO, E. M. de. Alterações anatômicas, fisiológicas e fitoquímicas em Mikania glomerata Sprengel. (Guaco) sob diferentes fotoperíodos e níveis de sombreamento. 2019. 221 p. Tese (Doutorado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.
metadata.teses.dc.description.resumo: O gênero Mikania, pertence à família Asteraceae e é composto por aproximadamente 450 espécies do gênero Mikania,, cerca de 200 destas encontradas no Brasil. Sob o aspecto medicinal, são atribuídas diversas propriedades terapêuticas, como antiinflamatória e broncodilatora, sendo a cumarina uma das substâncias associadas a esse efeito. Os estudos sobre os fatores ambientais como a radiação, que interferem nas condições de cultivo de espécies medicinais, são associados às alterações morfofisiológicas e, conseqüentemente, à síntese de substancias derivadas do metabolismo secundário. Nesse contexto, pela necessidade de uma exploração econômica desse potencial para a produção em larga escala de Mikania glomerata Sprengel (guaco), o presente trabalho teve como objetivos a verificação dos efeitos da duração e intensidade luminosa no crescimento inicial dessa espécie, para a produção de cumarina e óleos essenciais. Em geral, os resultados demonstraram ser o nível de 30% de sombreamento mais favoráveis ao desenvolvimento de plantas. Na produção de cumarina, revelou-se que em plantas jovens (100 dias de idade), cultivadas em pleno sol o teor de cumarina nas folhas foi duas vezes maior se comparado com o da planta adulta cultivada na mesma condição de radiação. A região superior da planta, tanto para folhas como para caule, apresentou maior teor em todos níveis de radiação. Em relação ao conteúdo de óleo essencial, esse teor, foi menor, 70% de sombreamento. Quanto aos diferentes fotoperíodos estudados, o de 16 horas demonstra o mais favorável ao desenvolvimento das plantas. Quanto ao teor de cumarinanas folhas foi superior ao dos demais tratamentos. Em relação ao conteúdo de óleo essencial os fotoperíodos (8, 12, 16, 20 horas) não apresentaram diferenças estatísticas. A caracterização por espectrometria de infravermelho revelou que não houve modificação da estrutura química dos metabólitos presentes. A variação na anatomia das folhas foi caracterizada por um aumento da espessura foliar e do número de estômatos, de acordo com os níveis de sombreamento e fotoperíodos.
metadata.teses.dc.description.abstract: The genus Mikania belongs to the family Asteraceae and is composed of about 450 species, around 200 out of those are found in Brazil. Under the medicinal aspect a number of therapeutic properties such as anti-inflammatory and bronchi-dilating are ascribed, coumarinbeingone of the substances associated to this effect. The studies about the environmental factors such as radiation, which interfere on the growing conditions of medicinal species, associated to the morphophysiological alterations and consequently in the synthesis of substances derived from secondary metabolism. Under this context, by the need for a economical exploration of that potential, for the large scale production of Mikania glomerata Sprengel (guaco), the present work was designed to verify the effects of duration and light intensity on the early growth of that species in the production of coumarin and essential oils. In general, the results showed that the level of 30% of shading is the most favorable for the development of plants. In coumarin production, they revealed that on young plants (100 days old) grown in the full sunshine, coumarin content in the leaves was two times as great as that compared with the adult plant cultivated under the same radiation condition. The upper radiation of the plant both for leaves and stempresented an increased content in all the levels of radiation. Relative to essential oil content, it was 70 less in the shading. As to the different photoperiods studied, they showed that of 16 hours to be the most favorable for the development of the plants, as regards coumarin content in the leaves, it was superior to the other treatments relative to the content of essential oils, the photoperiods of 8, 12, 16 and 20 hours, there were no statistic differences. The infrared spectrometry characterization revealed that they did not modify chemical structure of the present metabolites. The variation in the anatomy of leaves was characterized by an increase of leaf thickness and number of stomas according to the levels of shading and photoperiods.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33855
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.