Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33964
Título : Growth and volatiles in the micropropagation of Santa Maria herb
Título(s) alternativo(s): Crescimento e voláteis na micropropagação de Erva-de-Santa-Maria
Autor: Carvalho, Alexandre Alves de
Bertolucci, Suzan Kelly Vilela
Silva, Sâmia Torres
Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Palavras-chave: Chenopodium ambrosioides L.
Medicinal plant
Tissue culture
Planta medicinal
Cultura de tecidos
Publicador: Universidade Federal do Ceará
Data da publicação: 2018
Referência: CARVALHO, A. A. de et al. Growth and volatiles in the micropropagation of Santa Maria herb. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 49, n. 4, p. 624-635, Oct./Dec. 2018.
Resumo : Objetivou-se com o presente trabalho estabelecer a micropropagação para Chenopodium ambrosioides L. e análise de constituintes voláteis in vitro em função de diferentes concentrações de sais do meio MS e de sacarose. As gemas apicais foram estabelecidas em meio MS acrescido de 3% de sacarose. O crescimento vegetativo dos segmentos nodais foi testado em diferentes concentrações de sais do meio básico MS (0,25; 0,50; 1,00; 1,50 e 2,00) e de sacarose (5; 10; 20; 30 e 40 g L-1). Segmentos nodais e apicais foram testados nas orientações vertical e horizontal. Diferentes volumes de meio de cultura (20; 35; 50; 65 e 80 mL) foram examinados no crescimento de segmentos nodais. As plantas foram aclimatizadas em três diferentes substratos. Os segmentos apicais coletados de plantas matrizes obtiveram sucesso ao estabelecerem-se em meio MS. Uma taxa de multiplicação de 8,5 foi obtida com segmento nodal e apical sem a utilização de regulador de crescimento. O meio MS com sua concentração de sais reduzida pela metade (0,50 MS) e a sacarose na concentração de 30 g L-1 proporcionaram melhor crescimento in vitro de segmentos nodais. Quatro principais compostos voláteis (α-terpineno, p-cimeno, Z-ascaridol e E-ascaridol) variaram nas diferentes concentrações de sais e para as concentrações de sacarose, apenas o α-terpineno apresentou diferença. Segmentos apicais na orientação vertical e segmentos nodais na horizontal, com 50 mL de meio de cultura, apresentaram melhores respostas para o cultivo in vitro de C. ambrosioides L.
Abstract: The aims of this study were to establish micropropagation for Chenopodium ambrosioides L. and analysis of volatile constituents in vitro as a function of different salt concentrations of MS medium and sucrose. The apical buds were established on MS medium added with 3% sucrose. The vegetative growth of nodal segments was tested in different salt concentrations of MS basic medium (0.25, 0.50, 1.00, 1.50, and 2.00) and of sucrose (5, 10, 20, 30, and 40 g L-1). Nodal and apical segments were tested in vertical and horizontal orientations. Different volumes of culture medium (20; 35, 50, 65, and 80 mL) were examined in the growth of nodal segments. Plants were acclimatized in three different substrates. The apical segments collected from matrices plants were successful when established in MS medium. A multiplication rate of 8.5 was obtained with nodal and apical segments without using growth regulator. MS medium with its salt concentration reduced by half (0.50 MS) and sucrose at the concentration of 30 g L-1 provided better in vitro growth of nodal segments. Four major volatile compounds (α-terpinene, p-cymene, Z-ascaridole, and E-ascaridole) varied at different salt concentrations and only α-terpinene showed difference for sucrose concentrations. Apical segments in vertical orientation and nodal segments in horizontal with 50 mL of culture medium showed better responses for the in vitro cultivation of C. ambrosioides L.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33964
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Growth and volatiles in the micropropagation....pdf911,99 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons