Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34168
metadata.teses.dc.title: Identificação de bactérias causadoras de podridões moles de ocorrência nos estados do Pará e Minas Gerais
metadata.teses.dc.title.alternative: Identification of bacteria causing soft rot occurring in Pará and Minas Gerais states
metadata.teses.dc.creator: Cardoso, Sandra Valéria Dias
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Souza, Ricardo Magela de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Ishida, Alessandra Keiko Nakasone
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Souza, Ricardo Magela de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Medeiros, Flávio Henrique Vasconcelos de
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Pinto, Cesar Augusto Brasil Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Ribeiro, Daniel Henrique
metadata.teses.dc.subject: Testes bioquímicos
Testes fisiológicos
Reação em cadeia da polimerase (PCR)
Gene 16S rDNA
Enzimas pectinolíticas
Biochemical tests
Physiological tests
Polymerase Chain Reaction (PCR)
metadata.teses.dc.date.issued: 9-May-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: CARDOSO, S. V. D. Identificação de bactérias causadoras de podridões moles de ocorrência nos estados do Pará e Minas Gerais. 2019. 59 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitopatologia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: As bactérias pectinolíticas causadoras de podridões moles são responsáveis por grandes perdas econômicas no cultivo de uma ampla gama de plantas hospedeiras, tanto no campo como na comercialização, principalmente em regiões de clima quente e úmido. Assim, o presente trabalho teve como objetivo identificar diferentes isolados de bactérias causadoras de podridões moles em hortaliças, fruteiras e algumas espécies ornamentais por meio de testes bioquímicos, fisiológicos, moleculares e pelo sequenciamento da região 16S rDNA. Os ensaios foram realizados no Laboratório de Fitopatologia da Embrapa Amazônia Oriental e no Laboratório de Bacteriologia de Plantas da Universidade Federal de Lavras (DFP/UFLA) entre os anos de 2017 e 2018. Foram obtidos 39 isolados de bactérias provenientes de municípios dos Estados do Pará e Minas Gerais. Os testes bioquímicos e fisiológicos realizados foram: Gram, catalase, oxidase, degradação de Pectato, isca biológica em tubérculo de batata e pimentão verde, anaerobiose, crescimento a 37°C em meio NA, crescimento em meio YDC e sensibilidade a eritromicina. Na técnica de reação em cadeia da polimerase foram utilizados os oligonucleotídeos 1491f/L1RA/L1RG para diferenciar Pectobacterium carotovorum de Dickeya chrysanthemi, Br1f/L1RA/L1RG específicos para Pectobacterium carotovorum subsp. brasiliensis, ERWFOR e CHRREV para identificação da espécie Dickeya chrysanthemi. E para o Nested-PCR, utilizou-se o par de primer EXPCCR/EXPCCF e INPCCR/INPCCF na primeira e segunda reação, respectivamente, para detectar P. carotovorum subsp. carotovorum. Para o sequenciamento da região 16S rDNA foram utilizados os primers 27F e 1492R. No geral, os métodos bioquímicos e moleculares não foram eficientes para a identificação dos isolados. Em contrapartida, pelo sequenciamento da região 16S rDNA foi possível realizar a identificação ao nível de gênero da maioria dos isolados causadores de podridões moles em estudo.
metadata.teses.dc.description.abstract: The pectinolytic bacteria causing soft rot are responsible for large economic losses in the cultivation of a wide range of host plants, both in the field and in commercialization, especially in hot and humid climate regions. Thus, the present work aimed to identify different isolates of bacteria that cause soft rot in vegetables, fruit trees and some ornamental species using biochemical, physiological, molecular tests and sequencing of the 16S rDNA region. The experiments were performed at the Phytopathology Laboratory of Embrapa Amazônia Oriental and at the Laboratory of Plant Bacteriology of the Federal University of Lavras (DFP / UFLA) from 2017 to 2018. A total of 39 bacterial isolates were obtained from the states of Pará and Minas Gerais. The biochemical and physiological tests were: Gram, catalase, oxidase, Pectate degradation, potato and green pepper rot, anaerobiosis, growth at 37 ° C in NA medium, growth in YDC medium and sensitivity to erythromycin. In the polymerase chain reaction technique, oligonucleotides 1491f / L1RA / L1RG were used to differentiate Pectobacterium carotovorum from Dickeya chrysanthemi, Br1f / L1RA / L1RG specific for Pectobacterium carotovorum subsp. brasiliensis, ERWFOR and CHRREV for identification of the species Dickeya chrysanthemi. For the Nested-PCR, the primer pair EXPCCR / EXPCCF and INPCCR / INPCCF were used in the first and second reaction, respectively, to detect P. carotovorum subsp. carotovorum. For the sequencing of the 16S rDNA region primers 27F and 1492R were used. In general, biochemical and molecular methods were not efficient for the identification of the isolates. However, by the sequencing of the 16S rDNA region it was possible to identify the majority of isolates causing soft rot obtained in the study at the genus level.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até maio de 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34168
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.