Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34226
metadata.teses.dc.title: Avaliação do uso de placas de coalescência e filtros orgânicos em caixas de gordura para tratamento preliminar de efluente de laticínios
metadata.teses.dc.creator: Batista, Aryane Pereira
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Fia, Fátima Resende Luiz
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Fia, Ronaldo
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Matos, Antônio Teixeira de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Matos, Mateus Pimentel de
metadata.teses.dc.subject: Caixa de gordura
Flotação natural
Sorção
Filtro orgânico
Grease trap
Natural flotation
Organic filter
metadata.teses.dc.date.issued: 10-May-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: BATISTA, A. P. Avaliação do uso de placas de coalescência e filtros orgânicos em caixas de gordura para tratamento preliminar de efluente de laticínios. 2016. 95 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
metadata.teses.dc.description.resumo: Tendo em vista a grande quantidade de óleos e graxas presente nos efluentes de laticínios e considerando os problemas que podem ser causados por esses compostos no meio ambiente e no tratamento biológico de estações de tratamento de esgoto, este trabalho teve como objetivo propor uma solução eficiente e de baixo custo para remoção de O&G em água residuária de laticínios (ARL) através da avaliação de três diferentes configurações de caixa de gordura. Em uma das caixas utilizadas foram inseridas placas de coalescência e em outra, foram inseridas placas de coalescência e filtro orgânico constituído por resíduos agrícolas com propriedades sortivas. As eficiências de ambas foram comparadas à de um modelo de caixa de gordura tradicional. Para avaliação do desempenho de tais sistemas, foram monitoradas as variáveis: óleos e graxas (O&G), demanda química de oxigênio (DQO), fósforo total (P total) e nitrogênio total Kjeldahl (NTK). Tanto o experimento quanto as análises laboratoriais foram realizados no Laboratório de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Federal de Lavras – UFLA, sendo a água residuária utilizada nos testes proveniente do laticínios Verde Campo (Lavras/MG). No primeiro teste, as caixas foram testadas em batelada, operando em três ciclos de enchimento e tempos de detenção hidráulica (TDH) de 30, 60, 90 e 120 minutos. A fim de aumentar a confiabilidade dos testes, o segundo foi feito com quatro repetições, utilizando-se os mesmos TDH para a avaliação dos sistemas de tratamento. No terceiro teste, apenas a caixa de gordura modificada foi monitorada no maior TDH, contudo, variaram-se os resíduos agrícolas contidos em seu interior, sendo avaliados o bagaço de cana-deaçúcar, o sabugo de milho e a serragem de madeira de eucalipto. Por meio das análises das eficiências atingidas pelas caixas de gordura no primeiro e no segundo teste, pôde ser constatada maiores eficiências médias da caixa modificada na remoção de todas as variáveis monitoradas, inclusive O&G, em que a mesma chegou a atingir eficiência igual a 60%. A caixa apenas com placas de coalescência, no entanto, não se mostrou significativamente mais eficaz do que a caixa de gordura convencional ao nível de 5%. Na terceira avaliação foi possível observar que o sabugo de milho foi o resíduo que proporcionou os melhores resultados na remoção de O&G e P total. Já o bagaço de cana-de-açúcar foi superior na remoção da DQO, enquanto a serragem foi a mais eficiente na remoção de NTK. Apesar da diferença entre os materiais filtrantes, todos os resíduos se mostraram eficazes no tratamento da ARL. Dessa maneira, foi possível concluir que a caixa de gordura modificada possui potencial de uso na indústria de laticínios, e que, além de superar os sistemas de tratamento disponíveis no mercado, pode utilizar-se de resíduos amplamente disponíveis nas zonas rurais e urbanas.
metadata.teses.dc.description.abstract: In view of the large amount of oils and grease present in effluents from the dairy industry and considering the problems that can be caused by these compounds in the environment and in the biological treatment of effluent treatment plants, this study aimed to propose an efficient and low-cost solution to remove O&G from wastewater from dairy companies by evaluating three different settings of grease traps. Coalescence plates were inserted in one of the traps used and, in another trap, coalescence plates and an organic filter consisting of agricultural waste with sorption properties were inserted. The efficiency of both traps was compared to that of a traditional model of grease trap. In order to evaluate the performance of such systems, the following variables were monitored: oils and grease (O&G), chemical oxygen demand (COD), total phosphorus (TP) and total Kjeldahl nitrogen (TKN). Both the experiment and the laboratory analysis were performed at the Environmental and Sanitary Engineering Laboratory at the Federal University of Lavras – UFLA, and the wastewater used in the trials came from the Verde Campo Dairy Company (Lavras/MG). In the first trial, the traps were batch-tested operating in three filling cycles and hydraulic retention time (HDT) of 30, 60, 90 and 120 minutes. In order to increase the reliabilit y of the tests, the second one was performed in four replicates with the same HDT to evaluate the treatment systems. Only the modified grease trap was monitored at the highest HDT in the third test; however, the agricultural waste inserted in the trap varied: sugar cane bagasse, corn cob and eucalyptus sawdust were evaluated. Through the analyses of the efficiencies achieved by the grease traps in the first and second trials, it was possible to verify higher average efficiencies for the modified trap when it comes to removing all the monitored variables, including O&G, whose total efficiency reached was of 60%. Nonetheless, the trap containing only the coalescence plates was not significantly more effective than the conventional grease trap at the level of 5%. In the third evaluation, it was possible to observe that the corn cob was the waste which provided the best results in the removal of O&G and total P. On the other hand, the sugar cane bagasse was better in the removal of COD, while the sawdust was more efficient in the removal of TKN. Despite the difference between the filtering materials, all were efficient in the treatment of wastewater from the dairy industry. Therefore, it was possible to conclude that the modified grease trap has potential use in the dairy industry, and that, besides being better than the treatment systems available in the market, waste materials, which are widely available in rural and urban areas, can be used to build such trap.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34226
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.