Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34289
metadata.teses.dc.title: Análise da metilação no DNA e acúmulo de auxina durante a indução da embriogênese somática em Eucalyptus grandis
metadata.teses.dc.title.alternative: Analysis of metilation in DNA and auxine acumulus during the induction of somatic embryogenesis in Eucalyptus grandis
metadata.teses.dc.creator: Salgado, Fernanda Ferreira
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/9029670077451104
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Paiva, Luciano Vilela
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Magalhães, Thiago Alves
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Oliveira, Raphael Ricon de
metadata.teses.dc.subject: 5-Azacitidina
Metilação do DNA
Toxicidade
Methylation of DNA
Toxicity
metadata.teses.dc.date.issued: 14-May-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SALGADO, F. F. Análise da metilação no DNA e acúmulo de auxina durante a indução da embriogênese somática em Eucalyptus grandis. 2019. 59 p. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Vegetal)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: A embriogênese somática (ES) é um processo de grande importância para a micropropagação clonal in vitro, apresentando benefícios quando aplicada a espécies arbóreas, como alta taxa de multiplicação comparada a qualquer outro processo de propagação, obtenção de planta geneticamente igual à planta-mãe e possibilidade de transferência de genes. Especialmente para a espécie Eucalyptus, visto ser recalcitrante a regeneração por meio de embriões somáticos. Vem sendo proposto que, durante a ES, a desdiferenciação das células alvo e a aquisição da competência embriogênica podem ser moduladas pela metilação do DNA e por fitohormonios, como o picloram. O presente trabalho teve como objetivo (1) analisar o efeito do inibidor da metilação do DNA 5-Azacitidina (5-AzaC) na indução de calogênese em Eucalyptusgrandis, testando diferentes concentrações do agente desmetilante e (2) identificar marcadores precoces do processo de ES , através do acúmulo de auxina e de metilação do DNA nas células, testando diferentes concentrações da auxina picloram.Para a realização dos experimentos, foram utilizados hipocótilos, aos 20 dias de germinação. Os resultados mostraram que a concentração de 0,5 µM do agente desmetilante 5-AzaC foi mais eficiente em promover a hipometilação do DNA global dos calossem causar toxicidade celular aos explantes, promovendo uma redução de 76,5% dos níveis de metilação após 60 dias de exposição a5-AzaC. A concentração de 40 µM de picloram foi mais eficiente na indução de calos embriogênicos, com 19,80% de formação de calos friáveis aos 60 dias, sendo possível visualizar, aos 180 dias, os primeiros agrupamentos de divisões celulares, dando origem aos proembriões. Os resultados revelaram que o acúmulo de auxina e a hipermetilação do DNA foram induzidos durante o início da ES e diferencialmente encontrados em células embriogênicas dos calos, enquanto não estiveram presentes em células não embriogênicas após o início da indução a ES. Pressupõe que esses fatores representam processos que podem ser interligados e estar envolvidos na regulação da reprogramação celular.
metadata.teses.dc.description.abstract: Somatic embryogenesis (SE) is a process of great importance for clonal micropropagation in vitro, presenting benefits when applied to tree species,especially for the Eucalyptus species, since its regeneration by somatic embryos is recalcitrant. It has been proposed that during SE, de-differentiation of target cells and acquisition of embryogenic competence can be modulated by DNA methylation and by phytohormones, such as picloram.The objectives of this study was (1) to analyze the effect of the 5-Azacytidine (5-AzaC) DNA methylation inhibitor on the induction of calogenesis in Eucalyptus grandis by testing different concentrations of the demethylating agent, and (2) to identify early process markers of SE, through the accumulation of auxin and DNA methylation in the cells, testing different concentrations of auxin picloram. For the experiments, hypocotyls were used after 20 days of germination. The results showed that the concentration of 0.5 μM of the 5- AzaC demethylating agent was more efficient in promoting hypomethylation of the overall DNA of the calli without causing cellular toxicity to the explants, promoting a reduction of 76.5% in methylation levels after 60 days of exposure to 5-AzaC. The concentration of 40 μM picloram was more efficient in the induction of embryogenic callus, with 19.80% of friable callus formation at 60 days, and it was possible to visualize, at 180 days, the first groupings of cell divisions, giving rise to the proembryos.The results revealed that auxin accumulation and DNA hypermethylation were induced during the early stages of SE, differently found in embryogenic cells of the callus, whereas they were not present in non-embryogenic cells after the onset of SE induction.It assumes that these factors represent processes that can be interconnected and involved in the regulation of cellular reprogramming.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34289
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PPBV - Biotecnologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.