Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3451
Título: Aplicações da adubação potássica na cultura da soja
Autor : Zambiazzi, Everton Vinicius
Primeiro orientador: Bruzi, Adriano Teodoro
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Rezende, Pedro Milanez de
Carvalho, Maria Laene Moreira de
Primeiro membro da banca: Pulcinelli, Carlos Eduardo
Reis, Moizes de Sousa
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Glycine max.
Potássio
Produtividade
Teor de óleo
Qualidade fisiológica
Potassium
Oil content
Productivity
Physiological quality
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ZAMBIAZZI, E. V. Aplicações da adubação potássica na cultura da soja. 2014. 117 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia – Produção Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: A utilização da soja como matéria prima para a produção de biodiesel apresenta potencial promissor no mundo inteiro. A disponibilidade de nutrientes, principalmente ao que se refere ao potássio pode influenciar a qualidade, composição química das sementes e a produtividade de grãos em soja. Devido à baixa disponibilidade do potássio em solos brasileiros a necessidade de reposição deste nutriente torna-se necessário. Foram conduzidos 3 experimentos com diferentes aplicações da adubação potássica. No primeiro trabalho objetivou-se estabelecer a melhor época de aplicação do potássio em cobertura após a semeadura. O experimento foi conduzido no Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Agropecuária da Universidade Federal de Lavras, no município de Lavras. Utilizaram-se 32 tratamentos com três repetições, sendo os mesmos compostos por oito cultivares e quatro épocas de aplicação do potássio em cobertura, em DBC dispostos em esquema fatorial 8 x 4. Não houve efeito da época de aplicação do potássio em cobertura na cultura da soja para a produtividade de grãos, para os caracteres agronômicos e teor de potássio nos grãos. No segundo trabalho objetivou-se mensurar o efeito das doses de potássio na expressão do caráter teor de óleo nos grãos de soja, bem como avaliar o efeito da adubação potássica na produtividade de grãos e caracteres agronômicos na cultura da soja. O experimento foi conduzido em dois ambientes, sendo um no Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Agropecuária da Universidade Federal de Lavras, no município de Lavras e o outro na Fazenda Experimental da Cooperativa Agropecuária do Alto Paranaíba Ltda, no município de São Gotardo. Utilizaram-se 24 tratamentos com três repetições, sendo os mesmos compostos por quatro cultivares e seis doses de potássio, em DBC dispostos em esquema fatorial 4 x 6. Os dados foram submetidos às análises de variância individuais e conjuntas. Não houve efeito do aumento das doses de potássio na cultura da soja para as cultivares no que se tange a produtividade de grãos e caracteres agronômicos. O aumento nas doses de potássio propicia incremento no teor de óleo nos grãos. Por fim no terceiro trabalho, objetivou-se avaliar a influencia da adubação potássica na qualidade fisiológica de sementes de soja. O experimento foi conduzido no Laboratório Central de Análises de Sementes da UFLA, com amostras de soja provenientes de dois locais. O experimento foi conduzido adotando delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 6, isto é quatro cultivares e seis doses de potássio, adotando-se três repetições. Os dados foram submetidos às análises de variância individual e conjunta. A qualidade fisiológica das sementes de soja não foi influenciada pelo incremento das doses de potássio.
The use of soybeans as raw material for biodiesel production has promising worldwide potential. The nutrient availability, primarily when it comes to potassium, can influence the quality of the seed chemical composition and grain yield in soybean. Due to the low availability of potassium in Brazilian soils the need for replacement of this nutrient becomes necessary. 3 experiments with different potassium fertilization applications were conducted. In the first work, the objetive was to establish the best covering potassium application time, after sowing. The experiment was conducted at the Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Agropecuária of the Universidade Federal de Lavras, in the city of Lavras. We used 32 treatments with three replications, treatments made up of eight cultivars and four covering potassium application times, in an RBD in a factorial 4 x 8. There was no effect of covering potassium application time on soybeans for grain yield, agronomic traits and for the potassium content in the grains. In the second study we aimed to measure the effect of potassium levels on the seed oil content in soybeans, as well as evaluating the effect of potassium fertilization on yield and agronomic traits in soybean. The experiment was conducted in two locations, one at the Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Agropecuária da Universidade Federal de Lavras, in the city of Lavras and the other at the Fazenda Experimental da Cooperativa Agropecuária do Alto Paranaíba Ltda, in the municipality of São Gotardo. We used 24 treatments with three replications, the treatments composed of four cultivars and six potassium doses in an RBD in a factorial 4 x 6. The data were submitted to individual and joint variance analysis. There was no effect of increased potassium levels in soybean cultivars regarding grain yield and agronomic traits. The increase in potassium intake provides an increase in the oil content in the grains. Finally in the third study aimed to evaluate the influence of potassium fertilization on the soybean seed physiological quality. The experiment was conducted at the Laboratório Central de Análises de Sementes of UFLA, with soybean samples from two locations. The experiment was conducted by adopting a completely randomized design in a factorial 4 x 6, i.e. four cultivars and six doses of potassium, adopting three replications. Data were submitted to individual and joint variance analysis. The physiological quality of soybean seeds was not influenced by increasing levels of potassium.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3451
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Aplicações da adubação potássica na cultura da soja.pdf731,02 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.