Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3483
Título: Caracterização do ambiente agrícola do complexo Serra Negra por meio de sensoriamento remoto e sistemas de informação geográfica
Título(s) alternativo(s): Characterization of the agriculture environment of the Serra Negra Complex in Patrocínio, state of Minas Gerais, through Remote Sensing and Geographic Information System
Autor : Bernardes, Tiago
Primeiro orientador: Andrade, Hélcio
Primeiro membro da banca: Alves, Helena Maria Ramos
Moreira, Maurício Alves
Área de concentração: Solos e Nutrição de Plantas
Palavras-chave: Agricultura
Sensoriamento remoto
Sistemas de informação geográfica
Caracterização ambiental
Mapeamento de solos
Environmental characterization
Geoinformation
Soil mapping
Data da publicação: 3-Set-2014
Referência: BERNARDES, T. Caracterização do ambiente agrícola do complexo Serra Negra por meio de sensoriamento remoto e sistemas de informação geográfica. 2006. 119 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: Geotecnologias, dentre elas o sensoriamento remoto e os sistemas de informações geográficas, auxiliados por modelagem, têm sido utilizadas para agilizar estudos ambientais. O mapeamento do meio físico, incluindo solo e relevo, bem como estudos sobre a dinâmica de ocupação das terras, podem ser mais facilmente realizados com o uso desta metodologia. O município de Patrocínio apresenta uma agricultura de vanguarda, com grande potencial para a produção de alimentos. No entanto, o uso adequado dos recursos naturais deve ser priorizado, evitando a degradação do ambiente e a redução de importantes recursos como solo e água. Este trabalho teve como objetivo a realização de um diagnóstico do meio físico do complexo Serra Negra, em a uma área de 231,8 km2, com o mapeamento dos solos, o estudo da evolução da ocupação das terras, o zoneamento ambiental da área em unidades de paisagem e a definição de áreas destinadas à preservação. Foram utilizadas imagens de quatro décadas, a partir de 1973, para uma avaliação temporal do uso da terra. Foi detectada uma redução nas áreas de vegetação nativa de mais de 64 km2 entre 1973 e 2002. Esta redução foi correlacionada a uma diminuição da superfície das águas da lagoa do Chapadão do Ferro de mais de 2 km2. Por meio de um modelo geopedológico, com suporte de levantamentos de campo e descrição de perfis representativos, foi obtido o mapa de solos. Constatou-se baixo grau de correlação entre os Latossolos da área e o material de origem subjacente, refletindo a acentuada pedoturbação no local. Os solos mais jovens apresentaram elevada correlação com o material de origem, observando-se a ocorrência de solos eutróficos a partir dos materiais máficos e distróficos a partir dos materiais félsicos. A interpretação das imagens, auxiliada pelo modelo de elevação digital, permitiu a sua compartimentação em quatro unidades de paisagem. Cada unidade apresentou características físicas e de ocupação peculiares, com predominância de classes específicas de geologia, solos, declividade, altitude e ocupação. Duas unidades apresentaram características adequadas à utilização agrícola. A terceira unidade poderia ser utilizada com culturas perenes, desde que adotadas práticas conservacionistas, enquanto a quarta unidade não possui aptidão agrícola, devendo ser reservada como área de preservação.
Geotechnologies such as Remote Sensing and Geographic Information Systems have been used, with modelling techniques, to improve the study of the environment. The identification and mapping of soils and their uses and studies of the changes of land occupation in space and time can be carried out more easily using these technologies. The region of Patrocínio, in the state of Minas Gerais in Brazil, presents a modern agriculture, with entrepreneurial farms with high potential for food production. However, the adequate use of natural resources must be prioritized to avoid the degradation of the environment and of important resources such as water and soil. The objective of this work was to evaluate the environment of the 231,8 km2 area of the Serra Negra complex in Patrocinio, using geothecnologies for the characterization and mapping of the soils, the agroecological zoning of the region´s landscape, with the definition of areas aiming preservation and the evaluation of the changes of land use in space and time. Images of the selected area from four decades, since 1973, were used to evaluate the evolution of land use. From 1937 to 2002, a reduction of 64 km2 of the area occupied by native vegetation was observed. This reduction was correlated to a decrease of 2 km2 of the water surface of the Chapadão do Ferro lagoon, which is inside the complex and has not been preserved. The soil map was obtained by geopedologic modelling, supported by sound field survey and representative soil profiles description and classification. As expected, there was low correlation between the Latosols (Oxisols) and parent materials, while for the Cambisols (Inseptsols) this correlation was observed, with eutrophic soil mapping units from mafic materials and dystrophic units from felsic parent materials. After interpretation of the images, aided by the DTM of the region, the study area was divided into four landscape units according to the themes of the physical environment considered. Each unit presented peculiar environmental and land cover characteristics, with a predominance of specific classes of geology, soils, relief, altitude and occupation. Two of these units present no restriction for agricultural use, one is suitable for perennial crops if conservation practices are adopted and the other cannot be used for agricultural production and must be preserved as a conservation area.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3483
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.