Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35031
metadata.artigo.dc.title: Construção e desenvolvimento de um projeto de história oral em estudos sobre gestão
metadata.artigo.dc.title.alternative: Construction and development of an oral history project in management studies
metadata.artigo.dc.creator: Joaquim, Nathalia de Fátima
Carrieri, Alexandre de Pádua
metadata.artigo.dc.subject: História oral
Devolução das entrevistas
Gestão - Estudos
Oral history
Return of intervieZs
Management - Studies
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal da Bahia
metadata.artigo.dc.date.issued: 2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: JOAQUIM, N. de F.; CARRIERI, A. de P. Construção e desenvolvimento de um projeto de história oral em estudos sobre gestão. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 25, n. 85, p. 303-319, abr./jun. 2018.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Este artigo objetiva lançar luz sobre a metodologia de história oral a partir do desenvolvimento de um projeto de história oral, afim de vislumbrar possibilidades de aproximação entre a história oral e outras formas de se pensar a gestão. O pano de fundo para tais reflexões são as memórias e histórias de colonos do Projeto de Irrigação Bebedouro, situado na zona rural de Petrolina, em Pernambuco. O desenvolvimento de um projeto de história oral envolve alguns passos importantes e que demandam reflexão para que possam fazer sentido para a pesquisa, mas essencialmente, para o narrador. Diante disso, propõem-se aqui alguns pontos para fomentar tais reflexões ao que tange o momento do encontro e os cuidados que o pesquisador precisa ter nesse momento de construção da pesquisa. Depois, apresenta-se uma proposta de transformação do oral em escrito, que é um momento importante em que pesquisador precisa colocar toda a emoção, ditos e não ditos, de forma escrita, o que também demanda um esforço e constitui a substância que será analisada e devolvida ao narrador. E é neste último momento que o narrador precisa validar se aquilo que foi transformado em escrito reflete o que foi dito por ele. Uma pesquisa de história oral é construída por várias mãos e contribui para a reflexão sobre como a gestão se [re]constrói.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The purpose of this article is to shed light on how to approach oral history and other Zays of thinNing about management. 7he bacNdrop for these reÀections are the memories and stories of settlers %ebedouro Irrigation ProMect, located in the countryside of Petrolina, in Pernambuco. 7he development of an oral history proMect involves some important steps that demand reÀection so that they can maNe sense for the research, but essentially for the narrator. 7herefore, Ze propose here some points to encourage such reÀections to the terms of the meeting the time and care that the researcher needs to have at this time of the research building. 7hen we present a proposal for transformation of oral in writing, which is an important moment researcher needs to put all the excitement, said and unsaid, in written form, Zhich also demands an eϑort and is the substance to be analy]ed and returned to the narrator. And this is the last moment that the narrator needs to validate that what has turned into Zriting reÀects Zhat Zas said by him. An oral history research is built by many hands and contributes to reÀection on hoZ the management is >re@build.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35031
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.