Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35157
Título: Desafios da escola para a gestão democrática participativa: responsabilidades e contribuições do coletivo na produção do ambiente
Título(s) alternativo(s): Challenges of school management: responsibilities and contributions in environmental production in school and in its environment
Autor : Carvalho, Gilmara Jackeline Rezende
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7705573462228123
Primeiro orientador: Alves, Jacqueline Magalhães
Primeiro membro da banca: Cária, Neide Pena
Segundo membro da banca: Vallin, Celso
Palavras-chave: Ambiente escolar
Gestão Participativa
Educação
School environment
Participative management
Education
Data da publicação: 4-Jul-2019
Referência: CARVALHO, G. J. R. Desafios da escola para a gestão democrática participativa: responsabilidades e contribuições do coletivo na produção do ambiente. 2019. 105 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
Resumo: A escola é uma unidade social fundamentada por práticas político-pedagógicas, espaço rico de interações, sendo um de seus principais objetivos promover a aprendizagem dos/das estudantes e sua formação como sujeitos sociais e históricos. A definição desses objetivos e execução de muitas funções ligadas aos setores Pedagógico, Administrativo, Financeiro e de Recursos Humanos, é de responsabilidade da Gestão Escolar, em conjunto com todos os envolvidos no âmbito educacional, de forma participativa. O afeto e a formação de valores para o crescimento da coletividade e dos sujeitos são fundamentos importantes das especificidades profissionais. Compreendemos que, pela Gestão Escolar, há possibilidades de se construir as relações humanas no ambiente e com a comunidade, exercendo, no cotidiano educacional, a vivência da democracia, da participação, da cidadania, da solidariedade, dando perceptibilidade aos sonhos, às vozes historicamente silenciadas, construindo uma escola com todos e para todos. Partindo do pressuposto de que as relações sociais se refletem no espaço escolar, acreditamos que o trabalho da Gestão Escolar destina-se a ser incentivador/fortalecedor e mobilizador da participação e da decisão coletiva. Nesta perspectiva, buscamos investigar como a gestão escolar de uma Escola da Educação Básica desenvolve seu trabalho frente ao ideal normativo da gestão democrática e do direito a educação. Na tentativa de responder ao problema de pesquisa, buscamos compreender como o processo de mudança para uma gestão democrática e participativa possibilita transformações nas relações sociais no ambiente escolar, analisando as potencialidades a serem fortalecidas e as dificuldades a serem superadas nesse processo. A presente pesquisa se justifica pelo fato de vivermos em uma sociedade que se encontra imersa em grandes desafios, diversidades e conflitos. Neste sentido, ouvir todas as partes se torna importante pelo fato de se poder construir uma nova postura dos envolvidos na Comunidade Escolar, tendo como objetivo fazer com que o trabalho seja significativo e possa causar transformação no todo. A pesquisa é de cunho qualitativo - Estudo de Caso, e foram utilizados diferentes instrumentos. Esta se iniciou com a vivência e observação da pesquisadora diretamente no campo de pesquisa, sendo aprofundada por meio de análise documental, diário de campo e entrevista semiestruturada. Para análise dos dados foi utilizada a análise de conteúdo e triangulação destes dados (Bardin, 2011; Minayo, 2007). Os dados da pesquisa mostraram que ainda há uma grande distância entre os ideais previstos nas normas institucionais quanto à realidade escolar nesta instituição e proporcionaram uma melhor compreensão tanto do ambiente quanto do ideal democrático para a escola. Este ideal aparece como um meio de participação coletiva a ser implementado na escola tendo o objetivo do amplo desenvolvimento de todos os envolvidos, assegurando o direito a educação.
Abstract: The school is a social unit based on political-pedagogical practices, a space rich in interactions, one of its main objectives being to promote students' learning and their formation as social and historical subjects. The definition of these objectives and execution of many functions related to the Pedagogical, Administrative, Financial and Human Resources sectors is the responsibility of the School Management, together with all those involved in the educational field, in a participatory manner. The affection and the formation of values for the growth of the collective and of the subjects are important foundations of the professional specificities. We understand that, through School Management, there is scope for building human relations in the environment and with the community, exercising, in the daily education, the experience of democracy, participation, citizenship, solidarity, giving visibility to dreams, voices historically silenced, building a school with everyone and everyone. Based on the assumption that social relations are reflected in the school space, we believe that the work of School Management is intended to be an incentive / reinforcer and mobilizer of participation and collective decision. In this perspective, we seek to investigate how the school management of a School of Basic Education develops its work against the normative ideal of democratic management and the right to education. In an attempt to respond to the research problem, we seek to understand how the process of change for a democratic and participatory management allows transformations in social relations in the school environment, analyzing the potentialities to be strengthened and the difficulties to be overcome in this process. The present research is justified by the fact that we live in a society that is immersed in great challenges, diversities and conflicts. In this sense, listening to all parties becomes important because it is possible to construct a new posture of those involved in the School Community, with the aim of making the work meaningful and capable of causing transformation in the whole. The research is qualitative - Case Study, and different instruments were used. This began with the experience and observation of the researcher directly in the field of research, being deepened through documentary analysis, field diary and semi-structured interview. To analyze the data, we used the content analysis and triangulation of these data (Bardin, 2011; Minayo, 2007). The research data showed that there is still a great distance between the ideals predicted in institutional norms regarding the school reality in this institution and provided a better understanding of both the environment and the democratic ideal for the school. This ideal appears as a means of collective participation to be implemented in the school aiming at the broad development of all involved, ensuring the right to education.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35157
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Desafios da escola para a gestão democrática participativa responsabilidades e contribuições.pdf786,77 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.