Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35636
metadata.teses.dc.title: Caracteres agronômicos e trocas gasosas na identificação de genótipos de batata tolerantes ao calor
metadata.teses.dc.title.alternative: Agronomic traits and gas exchanges in the identification of heat tolerant potato genotypes
metadata.teses.dc.creator: Bastos, Abel Jamir Ribeiro
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/7136120787063111
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Oliveira, Cleiton Lourenço de
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Mesquita, Hugo Adelande de
metadata.teses.dc.subject: Solanum tuberosum
Respostas fisiológicas
Tolerância ao calor
Physiological responses
Heat tolerance
metadata.teses.dc.date.issued: 24-Jul-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
metadata.teses.dc.identifier.citation: BASTOS, A. J. R. Caracteres agronômicos e trocas gasosas na identificação de genótipos de batata tolerantes ao calor. 2019. 55 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: O aumento das temperaturas afeta não apenas o conforto e bem-estar humano, mas principalmente os cultivos agrícolas, reduzindo a produtividade, o desempenho e a qualidade dos produtos das diversas culturas. A batata é uma delas, pois representa um dos principais cultivos, sendo um dos mais importantes para alimentação humana. Porém muito sofre com os efeitos do calor principalmente nos países de clima tropical, já que seu processo inicial de melhoramento foi realizado em países de clima temperado. Os objetivos deste trabalho foram observar o comportamento de clones de batata em condições com estresse e sem estresse de calor quanto à produtividade de tubérculos e o desempenho de trocas gasosas, de modo a identificar caracteres nas repostas fisiológicas das plantas que associem o rendimento dos genótipos à tolerância ao calor. Os experimentos foram realizados em campo na fazenda experimental da Universidade Federal de Lavras – UFLA, e consistiram em dois experimentos organizados no delineamento em blocos completos casualizados, com 25 tratamentos e três repetições. O primeiro foi realizado durante a safra com estresse de calor e o segundo na safra sem estresse de calor. Foram realizadas avaliações agronômicas quanto a produtividade de tubérculos após a colheita, bem como medições das trocas gasosas foliares em quatro épocas durante o ciclo da cultura aos 40, 55, 70 e 85 dias após ao plantio (DAP). Ao final, também foram observados índices para identificação de genótipos quanto à tolerância ao calor e sensibilidade ao estresse. Os genótipos de batata, sob condições de estresse (temperaturas médias de 25,1 °C e máximas de 37,5 °C), apresentaram elevadas reduções no desempenho agronômico quanto a produtividade total, produtividade de tubérculos graúdos e número de tubérculos. Também apresentaram elevadas taxas de desordens fisiológicas e redução no teor de matéria seca dos tubérculos. Os processos fisiológicos foram bastante afetados entre as duas safras. Na safra com estresse foram observados aumentos na taxa fotossintética no início do ciclo das plantas, seguidos de aumentos também na condutância dos estômatos e transpiração. A eficiência dos processos fisiológicos avaliados por meio da eficiência do uso da água, eficiência intrínseca do uso da água e eficiência de carboxilação, entretanto, foi significativamente maior na safra sem estresse. Por meio de clones tolerantes e sensíveis selecionados a partir dos índices de seleção e analises gráficas, foi possível observar o comportamento dos genótipos durante o ciclo. Diferenças marcantes nas respostas fisiológicas entre os clones foram observadas a partir do final do ciclo da cultura aos 70 e 85 dias, enquanto que a fotossíntese e a eficiência intrínseca do uso da água foram os parâmetros fisiológicos com maior associação aos caracteres agronômicos em condições com estresse e sem estresse de calor.
metadata.teses.dc.description.abstract: Rising temperatures affect not only human comfort and well-being, but most agricultural production, reducing yield, performance and product quality of the various cultivated crops. The potato crop is one of them, as it represents one of the major crops and one of the most important for human consumption. On the other hand, this crop is greatly affected by the effects of heat mainly in countries of the tropical climate, since its initial process of improvement was started in temperate countries. The objectives of this work were to observe the behavior of potato clones to heat stress and without heat stress conditions on tuber yield and on the performance of gas exchanges, in order to identify characters in the physiological responses of the plants that associate the yield of the genotypes with the heat tolerance. The experiments were carried out at the experimental farm of the Universidade Federal de Lavras - UFLA and consisted of two experiments arranged in a complete randomized block design, with 25 treatments and three replications. The first one was carried out during the harvest with heat stress and the second in the harvest without heat stress. Agronomic evaluations were performed on tuber yield, as well as measurements of foliar gas exchanges at four times during the crop cycle, at 40, 55, 70 and 85 days after planting (DAP). In the end, indices for identification of genotypes were also evaluated regarding heat tolerance and stress sensitivity. Potato genotypes, under stress conditions (average temperatures of 25,1 ° C and maximum of 37,5 ° C), had high reductions in agronomic performance regarding total yield, yield of large tubers and number of tubers. They also presented high rates of physiological disorders and reduction in tubers dry matter content. The physiological processes were quite affected among the two harvests. In the harvest with heat stress were observed increases in the photosynthetic rate of the plants, as well as increases in stomatal conductance and transpiration rates. The efficiency of the physiological processes evaluated through water use efficiency, intrinsic water use efficiency and carboxylation efficiency, however, was significantly higher in the stress-free condition. Through tolerant and sensitive clones selected from the selection indices and graphical analysis, it was possible to observe the behavior of the genotypes along the crop cycle. Significant differences in physiological responses in different clones were observed at the end of the crop cycle from 70 to 85 days, while photosynthesis and intrinsic water use efficiency were the physiological parameters with the highest association with agronomic traits under stress-free and heat stress conditions.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor(a), até julho de 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35636
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.