Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35675
Título : Estoque de biomassa e carbono em plantios de recuperação de mata ciliar no entorno das usinas hidrelétricas de Camargos e Volta Grande, no Rio Grande - MG/SP
Autor: Ferreira, Wendy Carniello
Botelho, Soraya Alvarenga
Mello, José Márcio
Palavras-chave: Recuperação de áreas degradadas
Biomassa florestal
Sequestro de carbono
Land restoration
Forest biomass
Carbon sequestration
Recovery of degraded areas
Publicador: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde
Data da publicação: Dez-2018
Referência: FERREIRA, W. C.; BOTELHO, S. A.; MELLO, J. M. Estoque de biomassa e carbono em plantios de recuperação de mata ciliar no entorno das usinas hidrelétricas de Camargos e Volta Grande, no Rio Grande - MG/SP. Global Science and Technology, Rio Verde, v. 11, n. 3, p. 86-100, set./dez. 2018.
Resumo : Este trabalho foi realizado com o objetivo de estimar, por método indireto, a biomassa e o carbono acumulados em plantios de recuperação de mata ciliar. Foram selecionadas 21 áreas degradadas, perturbadas e de floresta nativa no entorno dos reservatórios das usinas hidrelétricas de Camargos e Volta grande, no rio Grande, para a estimativa do estoque de biomassa e carbono. Os resultados mostraram que os plantios realizados em áreas degradadas não foram capazes de reter o carbono atmosférico na biomassa das árvores do mesmo modo que a floresta natural, mas os que foram efetuados em melhores condições edáficas desempenharam essa função de forma mais eficiente do que um fragmento de mata nativa da região. Os povoamentos mais maduros não estocaram mais carbono no solo que os mais jovens, indicando que ainda não tiveram tempo para exercer esta função de acúmulo de carbono no solo pela deposição e decomposição de serrapilheira. Muitos dos plantios que foram efetuados em melhores condições edáficas, até os 17 anos, desempenharam a função de “sequestro” de carbono de forma semelhante ou mais eficiente do que o fragmento de mata nativa, mostrando o potencial dos reflorestamentos ciliares no sequestro e na imobilização de carbono.
Abstract: The objective of this study was to estimate, by the indirect method, the biomass and the carbon accumulated in riparian forest restoration plantings. Twenty-one sites were selected, including degraded areas, disturbed areas and native forest around the reservoirs of the Camargos and Volta Grande hydroelectric power plants, in the Grande river, for estimating the biomass and carbon stock. The results showed that the plantings done in degraded areas were not capable to sequester the atmospheric carbon in the biomass similarly to the native forest fragment, but the plantings in better sites performed this function more efficiently than the native forest. The biomass and the carbon accumulated in the arboreal stratum were higher in the older stands in the better sites. The increments of biomass and carbon were smaller in the stands that suffer frequente disturbances. The older stands did not stock more carbon in the soil than the younger ones, indicating that the riparian forest plantings did not have time yet to perform this function by the litter fall and decomposition of the organic matter. Many of the restoration plantings under better soil conditions, up to the age of 17, played the role of carbon sequestration in a similar or more efficient way than the native forest fragment, showing the potential of ciliary reforestation in sequestration and immobilization of carbon.
URI: https://rv.ifgoiano.edu.br/periodicos/index.php/gst/article/view/1024
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35675
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.