Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3577
Título: Respostas da soja a diferentes alternativas de adubação de restituição de zinco em solo de cerrado
Título(s) alternativo(s): Soybean responses to different alternatives for zinc refund fertilization in cerrado soil
Autor : Inocêncio, Maykom Ferreira
Primeiro orientador: Furtini Neto, Antonio Eduardo
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Resende, Álvaro Vilela de
Primeiro membro da banca: Moreira, Silvino Guimarães
Área de concentração: Fertilidade do Solo e Nutrição Mineral de Plantas
Palavras-chave: Soja
Grãos - Produção
Adubação foliar
Fertilidade do solo
Soil fertility
Data da publicação: 5-Set-2014
Referência: INOCÊNCIO, M. F. Respostas da soja a diferentes alternativas de adubação de restituição de zinco em solo de cerrado. 2010. 68 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Até o início da década de 1960, antes da grande expansão tecnológica ocorrida na agricultura brasileira, não havia grande preocupação com os micronutrientes no Brasil, uma vez que a maior parte da área cultivada era formada por solos originados de rochas básicas, ricas em nutrientes. Com a expansão da agricultura para outras áreas, notoriamente para solos sob cerrado, problemas relacionados a deficiência de micronutriente começaram a aparecer. Com isso foram desenvolvidos novos produtos pela indústria de fertilizantes, na busca de novas soluções, mas poucas informações foram geradas pela pesquisa. Como existem poucas informações sobre o tema, principalmente relacionadas ao sistema de semeadura direta, a primeira parte desse trabalho constitui-se numa revisão da literatura disponível sobre o assunto. A outra parte do trabalho foi um estudo desenvolvido a campo, sobre fontes e formas de aplicação de zinco em um solo do cerrado do município de Sete Lagoas, MG, com o objetivo de avaliar estratégias de adubação com zinco para a produção de biomassa, grãos e a nutrição mineral da soja (Glycine max L.). Os tratamentos constituíram de fontes de zinco (sulfato, óxido, quelatos, coqueteis de micronutrientes e junto ao grânulo NPK) e formas de aplicação (sulco de plantio, a lanço, incorporado, via semente e via foliar), totalizando 16 tratamentos, com quatro repetições. Nas parcelas com dimensões de 6 x 4 m e um estande final de 240 mil plantas ha-1, foram avaliadas a produção de biomassa e de grãos e os teores e conteúdos de nutrientes nas folhas e na parte aérea das plantas na época de florescimento pleno e grãos. As diferentes alternativas usadas para o fornecimento de zinco promoveram respostas distintas em produtividade da soja. Os ganhos de produtividade de grãos promovidos por alguns dos tratamentos podem estar relacionados a outros nutrientes presentes nas fontes de zinco. A aplicação de zinco não promove diferença nas concentrações de outros nutrientes nas folhas e biomassa aérea na época de florescimento pleno (exceto o potássio) e nos grãos da soja.
Until the early 1960s, before the technology boom that occurred in Brazilian agriculture, there was great concern about the micronutrients in Brazil, since most of the acreage consisted of soils originated from basic rocks, rich in nutrients. With the expansion agriculture into other areas, notably for soils under cerrado, problems related to micronutrient deficiency began to appear. With that, new products were developed by the fertilizer industry in the search for new solutions, but little information has been generated by research. As there is little information on the subject, primarily related to tillage, the first part of this paper presents a review of available literature on the object. The other part of the work was a study conducted in the field, on sources and application forms of zinc a soil of savanna in Sete Lagoas, MG, to evaluate strategies of zinc fertilization for biomass production, grain and mineral nutrition of soybean (Glycine max L.). The treatments zinc sources (sulfate, oxide, chelates, micronutrients and cocktails next to the bead NPK) and application methods (furrow, broadcast, corporate, via seed and foliar application), totaling 16 treatments with four repetitions. In plots with dimensions of 6x4 m and a final stand of 240,000 plants ha-1 were evaluated for biomass production, grain yield and the levels and nutrient content in leaves and shoots of plants at flowering and full grains. The various alternatives used to supply zinc promoted different responses in soybean yield. The gains in grain yield promoted by some of the treatments may be related to other nutrients in the sources of zinc. The zinc application promotes no difference in the concentrations of the other nutrients in leaves and biomass at the time of full flowering (except potassium) and soybeans.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3577
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.