Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/36324
metadata.teses.dc.title: Ganho de seleção em estabilidade de produção de variedades de milho avaliadas em ensaios de valor de cultivo e uso
metadata.teses.dc.title.alternative: Gain selection in stability of production of corn varieties evaluated in culture and use value tests
metadata.teses.dc.creator: Massitela, João Júlio
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/7884951341132598
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Von Pinho, Renzo Garcia
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Balestre, Márcio
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Souza, João Cândido de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Souza, Vander Filipe de
metadata.teses.dc.subject: Distâncias euclidianas
Progresso genético
Estabilidade
Euclidean distances
Genetic progress
Stability
metadata.teses.dc.date.issued: 17-Aug-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Instituto de Investigação Agrária de Moçambique
metadata.teses.dc.identifier.citation: MASSITELA, J. J. Ganho de seleção em estabilidade de produção de variedades de milho avaliadas em ensaios de valor de cultivo e uso. 2019. 61 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: A estimativa do progresso genético é de extrema importância em programas de melhoramento para orientar o melhorista sobre a eficiência dos métodos de seleção empregados para as características de interesse nas populações sob seleção. O presente estudo objetivou estimar o progresso genético em estabilidade de produção de variedades de milho avaliados em ensaios de Valor de Cultivo e Uso (VCU) coordenados pela Embrapa Milho e Sorgo nos anos 2013/14 e 2014/15 em 46 ambientes. No total foram avaliados 47 genótipos, dos quais consistiram de 33 variedades de polinização aberta, 1 híbrido simples, 1 híbrido triplo, 1 híbrido duplo, 3 híbridos intervarietais e 8 híbridos topcrosses, sendo os híbridos simples, triplos e duplos utilizados como testemunhas. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com duas repetições, sendo avaliada a produtividade de grãos. As análises estatísticas foram realizadas pelo procedimento REML/BLUP, em que os componentes de variância foram estimados pela máxima verossimilhança restrita (REML) via algoritmo EM, sendo os valores genotípicos preditos pela melhor predição linear não viciada (BLUP). Os Blups foram posteriormente submetidos à decomposição de valores singulares para a obtenção dos gráficos AMMI e GGE-Biplot. O progresso genético foi estimado através de distâncias euclidianas de genótipos em relação à origem. A taxa de renovação das cultivares foi de 36,17%. O ganho genético de introdução e de avanço estimado pelo método AMMI foi de 0,047 e -0,158 respectivamente, correspondendo a um percentual de 6,78% e -24%. Quando estimado pelo método GGE observou se um progresso genético de introdução e de avanço de - 0,657 e 0,114 respectivamente, o que representa uma percentagem de 46% e 5,47% respectivamente, concluindo se que os genótipos mais produtivos foram menos estáveis. Os genótipos que tiveram melhor desempenho em termos de estabilidade foram G116 (Sint 10723), G62 (Sintético 256 L), G108 (Sint 10697), G131 (AL 2010), e G144 (AL2014).
metadata.teses.dc.description.abstract: Estimation of genetic progress is of utmost importance in breeding programs to guide the breeder on the efficiency of the selection methods employed for the characteristics of interest in the populations under selection. The present study aimed to estimate the genetic progress in production stability of maize varieties evaluated in Cultivation and Use Value (VCU) trials coordinated by Embrapa Maize and Sorghum in the years 2013/14 and 2014/15 in 46 environments. In total, 47 genotypes were evaluated, consisting of 33 open pollinated varieties, 1 single hybrid, 1 triple hybrid, 1 double hybrid, 3 intervarietal hybrids and 8 hybrid topcrosses, where single, triple and double hybrids were used as controls. The experimental design was a randomized complete block with two replicates, and was evaluated   grain yield. Statistical analyzes were performed using the REML / BLUP procedure, where the variance components were estimated by the maximum restricted likelihood (REML), and the genotypic values were predicted by the best non-vitiated linear prediction (BLUP). The Blups were later submitted to the decomposition of singular values to obtain the GGE-Biplot plots. Genetic progress was estimated through Euclidean distances from genotypes to origin. The renewal rate of the cultivars was 36.17%. The genetic introduction and advance gain estimated by the AMMI method was 0.047 and -0.158 respectively, corresponding to a percentage of 6.78% and -24%. When estimated by the GGE method it was observed an introduction and advance genetic progress of -0.657 and 0.114 respectively, representing a percentage of 46% and 5.47% respectively, concluding that the most productive genotypes were less stable. The best performing genotypes in terms of stability were G116 (Sint 10723), G62 (Synthetic 256 L), G108 (Sint 10697), G131 (AL 2010), and G144 (AL2014).
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor, até agosto de 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/36324
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.