Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/36478
Título : Resistance of tomato plant genotypes with high foliar allelochemical contents to the leafminer Liriomyza trifolii
Título(s) alternativo(s): Resistência de genótipos de tomateiro com altos teores de aleloquímicos nas folhas à mosca-minadora Liriomyza trifolii
Autor: Silva, Alex Antônio da
Andrade, Marcela Carvalho
Maluf, Wilson Roberto
Moraes, Jair Campos
Rezende, Jéssica Figueiredo
Palavras-chave: Insecta
Solanum lycopersicum
Plant breeding
Allomones
Melhoramento genético
Alomônios
Publicador: Instituto Biológico do Estado de São Paulo
Data da publicação: 2017
Referência: SILVA, A. A. da et al. Resistance of tomato plant genotypes with high foliar allelochemical contents to the leafminer Liriomyza trifolii. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 84, p. 1-6, 2017. DOI: 10.1590/1808-1657000892015.
Resumo : Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a possível resistência de genótipos de tomateiro com altos teores de aleloquímicos nas folhas, à mosca-minadora Liriomyza trifolii. Para tanto, foi montado um ensaio em delineamento inteiramente casualizado com oito tratamentos: linhagens TOM-687 e TOM-688, ricas em acilaçúcares; ZGB-703 e ZGB-704, ricas em zingibereno; BPX-365G-899-07-04-02 e BPX-367E-238-02, ricas em 2-tridecanona; 2 híbridos comerciais, Débora Max e Bravo (testemunhas) e nove repetições. Aproximadamente 30 dias após o transplante, vasos com uma planta correspondente a cada tratamento foram transferidos para uma câmara climatizada do tipo Fitotron, na qual foram liberados 1.600 adultos da mosca minadora, não sexados, oriundos da criação de manutenção. Avaliaram-se o número de minas, a porcentagem de folhas e folíolos atacados (com a presença de puncturas), e seis dias depois, contou-se o número de pupas. Os genótipos com altos teores de acilaçúcares mostraram-se associados a maiores níveis de resistência à mosca-minadora L. trifolii, tanto pelo mecanismo de antixenose como antibiose. Pelo menos uma das linhagens ricas em 2-tridecanona mostrou algum nível de resistência pelo mecanismo de antibiose.
Abstract: The objective of this study was to assess the resistance of tomato genotypes with high foliar levels of allelochemicals to the leafminer Liriomyza trifolii. Eight tomato genotypes with contrasting levels of three different alellochemicals were tested for leafminer resistance: the TOM-687 and TOM-688 lines, which are both rich in acylsugar; ZGB-703 and ZGB-704, which are rich in zingiberene; BPX-365G-899-07-04-02 and BPX-367E-238-02, which are rich in 2-tridecanone; and 2 standard commercial hybrids (Deborah Max and Bravo F1) with low-allelochemical content. Thirty days after being transplanted, nine potted plants of each of the treatments were transferred to a phytotron chamber, into which 1600 unsexed leafminer adults from a mass rearing were released. The number of mines and the percentage of leaves and leaflets attacked (= with the presence of punctures) were evaluated. Six days later, the number of pupae was recorded. The genotypes with high levels of acylsugar were associated with higher levels of resistance to leaf miner L. trifolii, through antixenosis and antibiosis mechanisms. At least one of the 2-tridecanone-rich lines (BPX -365G-899-07-04-02) showed some level of resistance via an antibiosis mechanism.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/36478
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons