DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/367

Título: Caracterização gravimétrica dos resíduos sólidos domiciliares e percepção dos hábitos de descarte no sul de Minas Gerais
Autor(es): Franco, Camila Silva
Orientador: Oliveira, Luiz Fernando Coutinho de
Coorientador(es): Silva, Antônio Marciano da Silva
Fia, Ronaldo
Membro da banca: Santos, Luciano Rodrigues dos
Área de concentração: Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas
Assunto: Análise gravimétrica
Resíduos sólidos domiciliares
Destinação final adequada
Costumes
Conscientização
Gravimetric analysis
Household solid waste
Final destination proper
Habit
Awareness
Data de Defesa: 2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Fundação Estadual do Meio Ambiente, FEAM; Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural, FUNDECC
Referência: FRANCO, C. S. Caracterização gravimétrica dos resíduos sólidos domiciliares e percepção dos hábitos de descarte no sul de Minas Gerais. 2012. 157 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Os resíduos sólidos urbanos causam diversos transtornos à saúde pública e sua quantificação e qualificação são instrumentos essenciais para seu correto tratamento e destinação final. A dificuldade de se criar um modelo adequado de gestão de resíduos sólidos pelas prefeituras advém do crescente volume gerado e da falta de informações sobre a realidade local. Assim, o objetivo foi o diagnóstico quantitativo e qualitativo de resíduos sólidos domiciliares (RSD) dos municípios pertencentes à Superintendência Regional de Meio Ambiente (SUPRAM) Sul de Minas Gerais, a fim de nortear programas, projetos e medidas de melhorias no sistema de coleta, transporte e destinação de resíduos sólidos. Para tanto foram coletadas 385 amostras domiciliares, definidas pela teoria de amostragem para margem de erro de 5%, em 20 municípios nos períodos de inverno e de verão de 2011. As amostragens abrangeram as classes sociais A, B e C e cinco diferentes portes de cidades. Foram também realizadas entrevistas com o intuito de averiguar os hábitos da população e tentar inferir as potencialidades de melhorias. A população do Sul de Minas gera em média 0,471 kg hab-1 dia-1 no inverno e 0,582 kg hab-1 dia-1 no verão. Essa diferença é atribuída principalmente ao descarte dos resíduos de jardim, papéis, tecidos e plásticos filme, com diferença de média significativa detectada pelos testes estatísticos. Ressalta-se a pequena geração de RSD em municípios de menor porte e a importância da criação de modelos de gestão e gerenciamento mais simplificados. Comparando-se as três classes econômicas, observa-se maior geração em domicílios de classe B. A maior parcela do RSD sul mineiro é atribuída à matéria orgânica (65%), sendo que os materiais recicláveis ou reutilizáveis constituem 20% . Os rejeitos representam 15% do RSD e apenas estes deveriam ser aterrados. Cerca de 1299,409 ton.dia-1 seriam desviados do aterramento se a compostagem, reciclagem e reutilização fossem praticadas de forma mais efetiva. Cerca de 80% dos recicláveis ou reutilizáveis possuem mercado de reciclagem desenvolvido. Domicílios de classe A e B geram mais recicláveis que domicílios de classe C, refletindo nos padrões de consumo aliados ao poder econômico e ao estilo de vida. Percebe-se ainda que o costume da população em separar os restos de alimentos, resíduos de jardim e resíduos perigosos dos demais componentes do RSD, porém não na totalidade dos domicílios. Considera-se, portanto, a triagem domiciliar possível e desejada a toda população. O investimento em programas de conscientização em cidades de todos os portes e domicílios de todas as classes e a criação de cooperativas de reciclagem, programas de coleta seletiva e compostagem nos municípios são essenciais e com boas probabilidades de eficiência.
The municipal solid waste cause various health disorders and the quantification and qualification are essential tools for their proper treatment and final disposal. The difficulty of creating a suitable model for solid waste management by municipalities comes from the increased volume generated and the lack of information about the local reality. Thus, the objective was the quantitative and qualitative diagnosis of household solid waste (HSW) of the municipalities belonging to the Regional Superintendent of Environment (SUPRAM) South of Minas Gerais, in order to guide programs, projects and measures for improvements in the collect system, transportation and disposal solid waste. For this, 385 samples were collected from household, defined by the sampling theory for error margin of 5% in 20 municipalities during winter and summer of 2011. The samples covered the social classes A, B and C and five different sizes of cities. Interviews were also conducted with the aim of investigating the population habits and try to infer about the solid waste production and the potential for improved management. The Southern Minas population generates on average 0.471 kg inhab-1 day-1 in winter and 0.582 kg inhab-1 day-1 in the summer. This difference is primarily attributable to the garden waste disposal, paper and plastics film, with average difference significant detected by statistical tests. It should be noted the small HSW generation in small municipalities and the importance of creating business models and management more simplified. Comparing the three economic classes, there is greater generation in home of Class B. The largest portion of the Southern Minas HSW is attributed to organic matter (65%), and recyclable or reusable materials constitute 20% of HSW. The tailings represent 15% of HSW and only these should be grounded. About 1299.409 ton.dia-1 would be diverted from ground, if composting, recycling and reuse were practiced more effectively. About 80% of recyclable or reusable materials have recycling market developed. Households from Class A and B generate more recyclable than household Class C, reflecting consumption patterns coupled with the economic power and lifestyle. It can be seen that even the population habit in separate food scraps, garden waste and hazardous waste from other components of HSW, but not all of the households. It is therefore, possible household screening and desired the whole population. Investment in awareness programs cities of all sizes and in households of all classes, and the creation of recycling cooperative, collect selective programs and composting are essential in the municipalities, and however with a good chance of efficiency.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, área de concentração em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/367
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEG - Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Caracterização gravimétrica dos resíduos sólidos domiciliares e percepção dos hábitos de descarte no sul de Minas Gerais.pdf1,01 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback