Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37191
metadata.artigo.dc.title: Relação entre investimentos em intangíveis e produtividade total de fatores: um estudo do setor industrial brasileiro
metadata.artigo.dc.title.alternative: Relationship between investment in intangibles and total factor productivity: a study of the brazilian industrial sector
metadata.artigo.dc.creator: Vaz, Janderson Martins
Benedicto, Gideon Carvalho de
Carvalho, Francisval de Melo
Mendonça, Fabrício Molica de
metadata.artigo.dc.subject: Intangibilidade
Produção industrial
Causalidade de Granger
Intangibility
Industrial production
Granger causality
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Santa Catarina
metadata.artigo.dc.date.issued: 2014
metadata.artigo.dc.identifier.citation: VAZ, J. M. et al. Relação entre investimentos em intangíveis e produtividade total de fatores: um estudo do setor industrial brasileiro. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 11, n. 24, p. 43-64, set./dez. 2014.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O presente estudo teve como objetivo investigar a intangibilidade e a produtividade total de fatores (PTF) e verificar a relação de causalidade entre essas duas variáveis no setor industrial brasileiro. Para tanto, as variáveis foram analisadas por meio do teste de causalidade de Granger. Os resultados dos testes de causalidade de Granger apontaram que dos doze setores analisados, dois apresentavam relação de causalidade do GI no sentido de Granger para a PTF. Por outro lado, dois setores apresentaram relação de causalidade da PTF no sentido de Granger para o GI. Esses resultados permitiram concluir que a intangibilidade do setor industrial brasileiro, apesar de apresentar crescimento, ainda não alcançou os níveis de intangibilidade das empresas pertencentes aos países mais desenvolvidos.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The present study aimed to investigate the intangibility and total factor productivity (TFP) and verify causality relationship between these two variables in the Brazilian industrial sector. To that end, the variables were analyzed using the Granger causality test. The results of Granger causality tests showed that two of the twelve sectors analyzed showed causality of GI in the sense of Granger for TFP. On the other hand, two sectors showed causality of TFP in the sense of Granger for GI. These results concluded that the intangibility of the Brazilian industrial sector, despite having growth, has not yet reached the levels of intangibility of the companies belonging to the most developed countries.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: https://periodicos.ufsc.br/index.php/contabilidade/article/view/2175-8069.2014v11n24p43
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37191
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.