Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37339
metadata.teses.dc.title: Leishmaniose visceral: caracterização de uma nova área de transmissão, de um antigo problema de saúde pública
metadata.teses.dc.title.alternative: Visceral leishmaniasis: characterization of a new transmission area of an old public health problem
metadata.teses.dc.creator: Alvarenga, Ingrid Marciano
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/2160900484180999
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Barçante, Joziana Muniz de Paiva
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Rocha, Christiane Maria Barcellos Magalhães da
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Barçante, Joziana Muniz de Paiva
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Galati, Eunice Aparecida Bianchi
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Rêgo, Felipe Dutra
metadata.teses.dc.subject: Leishmanioses
Flebotomíneos
Diptera: Psychodidae
Vigilância epidemiológica
Leishmaniasis
Sand flies
Epidemiologic surveillance
metadata.teses.dc.date.issued: 24-Oct-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
metadata.teses.dc.identifier.citation: ALVARENGA, I. M. Leishmaniose visceral: caracterização de uma nova área de transmissão, de um antigo problema de saúde pública. 2019. 60 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: As leishmanioses são doenças infecciosas de caráter zoonótico, que têm como agentes etiológicos parasitos do gênero Leishmania (Kinetoplastida: Trypanosomatidae) e como vetores, desses agentes insetos da família Psychodidae. A Leishmaniose Visceral (LV), conhecida também como Calazar, é a que apresenta maior letalidade, sobretudo entre crianças, idosos e indivíduos imunocomprometidos. Nas Américas, o agente etiológico da LV é Leishmania infantum (=L. chagasi) e o principal vetor deste parasito é a espécie Lutzomyia longipalpis. Considerando a importância da LV e seu processo de expansão geográfica, a compreensão das relações epidemiológicas que envolvem o estabelecimento do ciclo é de fundamental importância para a proposição de medidas de prevenção, vigilância e controle da doença. Diante do exposto, este trabalho teve como objetivo o levantamento da fauna de flebotomíneos munícipio de Ribeirão Vermelho, Sul de Minas Gerais assim como a investigação da ocorrência de casos de infecção natural em cães e a detecção de DNA de Leishmania nos vetores. Foram conduzidas duas ações de educação em saúde nas quais foram realizados testes sorológicos em cães, DPP-Biomanguinhos como teste de triagem, e ELISA confirmatório, sendo estes preconizados pelo Ministério da Saúde. Foram testados 348 animais, sendo 186 (53,45%) fêmeas e 162 (46,55%) machos. Destes, 14 animais (4,02%) apresentaram sorologia positiva nos em ambos os testes, e dois destes cães foram submetidos à eutanásia, após autorização dos proprietários, com confirmação parasitológica e molecular da infecção. Entre os outros cães, 4 foram eutanasiados, e o restante não foram entregues ao serviço de saúde do município. Com relação à investigação entomológica, durante o período de fevereiro de 2018 a maio de 2019 foram instaladas armadilhas do tipo HP em residências, nas quais havia presença de cães positivos nas sorologias e ao redor dessas residências. Um total de 443 espécimes de flebotomíneos foram capturados, sendo estes pertencentes a pelo menos 13 espécies. As espécies mais abundantes foram, respectivamente, Lutzomyia longipalpis (73,8%), Expapillata firmatoi (6,7%), Nyssomyia intermedia (5,19%) e Evandromyia cortelezze (3,84%). A análise molecular permitiu identificar a presença de DNA Leishmania em 21 das 157 amostradas testadas, sendo estas pertencentes aos seguintes gêneros e/ou espécies Lu. longipalpis, Brumptomyia spp., Miggonei. migonei, Ex. firmatoi, Ev. cortelezze e Pintomyia fischeri. Este foi o primeiro estudo que objetivou investigar a situação da LV no município de Ribeirão Vermelho. Os dados obtidos permitiram fazer a primeiro registro de leishmaniose visceral canina no município, assim como o primeiro relato de 13 espécies de flebotomíneos na área de estudo. Ademais, os resultados demonstram a presença de DNA de L. infantum em espécies com reconhecida importância no ciclo de transmissão do parasito, e em espécies cuja importância vetorial ainda não foi reconhecida. A partir destes resultados o município de Ribeirão Vermelho passa a ser classificado como área de transmissão de leishmaniose visceral, com a necessidade de medidas de vigilância e controle, a fim de evitar novos casos caninos e a ocorrência de casos humanos.
metadata.teses.dc.description.abstract: Leishmaniasis are infectious diseases of zoonotic character, whose etiological agents are parasites of the genus Leishmania (Kinetoplastida: Trypanosomatidae) and as vectors of these insect agents of the family Psychodidae. Visceral Leishmaniasis (VL), also known as Calazar, is the one with the highest lethality, especially among children, the elderly and immunocompromised individuals. In the Americas, the etiologic agent of VL is Leishmania infantum (= L. chagasi) and the main vector of this parasite is Lutzomyia longipalpis. Considering the importance of VL and its process of geographic expansion, the understanding of the epidemiological relationships that involve the establishment of the cycle is of fundamental importance for the proposition of prevention, surveillance and disease control measures. Given the above, this study aimed to survey the fauna of sand flies of the municipality of Ribeirão Vermelho, southern Minas Gerais as well as to investigate the occurrence of cases of natural infection in dogs and the detection of Leishmania DNA in vectors. Two health education actions were conducted in which serological tests were performed on dogs, DPP-Biomanguinhos as a screening test, and confirmatory ELISA, which were recommended by the Ministry of Health. 348 animals were tested, 186 (53.45%). females and 162 (46.55%) males. Of these, 14 animals (4.02%) were serologically positive in both tests, and two of these dogs were euthanized, after authorization from the owners, with parasitological and molecular confirmation of the infection. Among the other dogs, 2 were euthanized, and the rest were not delivered to the health service of the municipality. Regarding the entomological investigation, from February 2018 to May 2019, HP-type traps were installed in residences in which positive dogs were present in and around the serology. A total of 443 sand flies specimens were captured, belonging to at least 13 species. The most abundant species were, respectively, Lutzomyia longipalpis (73.8%), Expapillata firmatoi (6.7%), Nyssomyia intermedia (5.19%) and Evandromyia cortelezze (3.84%). Molecular analysis allowed us to identify the presence of Leishmania DNA in 21 of the 157 sampled tested, which belong to the following genera and / or Lu species. longipalpis, Brumptomyia spp., Miggonei. migonei, Ex. firmatoi, Ev. cortelezze and Pintomyia fischeri. This was the first study that aimed to investigate the situation of VL in the city of Ribeirão Vermelho. The data obtained allowed us to make the first record of canine visceral leishmaniasis in the municipality, as well as the first report of 13 sandfly species in the study area. Moreover, the results demonstrate the presence of L. infantum DNA in species of recognized importance in the parasite transmission cycle, and in species whose vectorial importance has not yet been recognized. From these results, the municipality of Ribeirão Vermelho is now classified as the area of transmission of visceral leishmaniasis, with the need for surveillance and control measures in order to prevent new canine cases and the occurrence of human cases.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37339
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.