Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37636
metadata.artigo.dc.title: Performance and carcass characteristics of Santa Inês pure lambs and crosses with Dorper e Texel at different management systems
metadata.artigo.dc.title.alternative: Desempenho e características de carcaça de cordeiros Santa Inês puros e cruzas com Dorper e Texel em diferentes sistemas de manejo
metadata.artigo.dc.creator: Garcia, Iraides Ferreira Furusho
Costa, Tharcilla Isabella Rodrigues
Almeida, Amélia Katiane de
Pereira, Idalmo Garcia
Alvarenga, Flávio Augusto Pereira
Lima, Natália Ludmila Lins
metadata.artigo.dc.subject: Ovinos - Carcaça
Ovinos - Ganho de peso
Sheep - Carcass
Sheep - Weight gain
metadata.artigo.dc.publisher: Sociedade Brasileira de Zootecnia
metadata.artigo.dc.date.issued: 2010
metadata.artigo.dc.identifier.citation: GARCIA, I. F. F. et al. Performance and carcass characteristics of Santa Inês pure lambs and crosses with Dorper e Texel at different management systems. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 39, n. 6, p. 1313-1321, 2010.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Avaliaram-se o desempenho e as características de carcaça de 36 cordeiros machos não-castrados, Santa Inês puros e mestiços Dorper × Santa Inês e Texel × Santa Inês, manejados em três sistemas (intensivo semi-intensivo e extensivo) e abatidos com peso médio de 38,41 ± 1,24 kg. Os melhores ganhos de peso foram observados nos cordeiros criados em sistema intensivo, que apresentaram também os maiores pesos e rendimentos de carcaça. Poucas influências foram constatadas sobre as medidas de carcaça e dos cortes comerciais, sobretudo para maiores pesos nos cortes provenientes do manejo intensivo, proporcionado pelo maior peso da carcaça. O percentual relativo dos cortes em relação à carcaça fria praticamente não variou entre os sistemas. O sistema intensivo proporcionou melhor desempenho, independentemente do grupo genético. A utilização das raças Texel e Dorper em cruzamento com Santa Inês eleva o rendimento das carcaças.
metadata.artigo.dc.description.abstract: It was evaluated the performance and the carcass characteristics of 36 non-castrated male lambs, Santa Inês purebreed and crossbreeds from Dorper × Santa Inês and Texel × Santa Inês, managed in three different systems (intensive, semi-intensive and extensive), slaughtered at 38.41 ± 1.24 kg. It was observed the highest weight gain for lambs reared in intensive system, which also showed the greatest carcass yield. The management systems did not influence carcass measures of animals in intensive system much because of the greater weight of the carcass. The intensive system provided the best performance, regardless the genetic group. The use of Texel and Dorper breeds in crossings with Santa Inês increases carcass yield.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37636
metadata.artigo.dc.language: en_US
Appears in Collections:DZO - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons