Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37844
Título : Desempenho fisiológico e bioquímico de sementes de pepino nos diferentes estádios de maturação
Título(s) alternativo(s): Physiological and biochemical performance of cucumber seeds at different maturation stages
Autor: Nakada, Pâmela Gomes
Oliveira, João Almir
Melo, Larissa Correia de
Gomes, Luiz Antônio Augusto
Von Pinho, Édila Vilela de Resende
Palavras-chave: Pepino - Sementes - Maturação
Cucumber - Seeds - Maturation
Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Data da publicação: 2011
Referência: NAKADA, P. G.; OLIVEIRA, J. A.; MELO, L. C. de; GOMES, L. A. A.; VON PINHO, E. V. de R. Desempenho fisiológico e bioquímico de sementes de pepino nos diferentes estádios de maturação. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 33, n. 1, p. 113-122, 2011.
Resumo : O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o desempenho fisiológico e bioquímico durante a maturação de sementes de pepino. Foi utilizado o híbrido de pepino "Ômega". Os frutos foram colhidos aos 30, 35, 40, 45, 50 e 55 dias após a antese e as sementes foram avaliadas após o processamento e secagem a sombra. Avaliou-se a massa de frutos, o teor de água e massa seca das sementes, massa de mil sementes e a análise de imagens por meio de raios-X. A qualidade fisiológica foi avaliada pelos testes de germinação, primeira contagem, condutividade elétrica e índice de velocidade de emergência. Foi realizada a eletroforese das enzimas superóxido dismutase, catalase, esterase, lipoxigenase, isocitrato liase e proteínas LEA. A análise enzimática e os testes de raios-x e fisiológicos indicam que a melhor qualidade fisiológica em sementes de pepino híbrido Ômega é obtida aos 45 e 50 dias após a antese quando os frutos apresentam coloração verde esbranquiçada.
Abstract: The objective in this study was to evaluate the physiological and biochemical performance of cucumber seeds during the maturation process. The cucumber seeds of the hybrid "Ômega" were used and the fruits were harvested at 30, 35, 40, 45, 50 and 55 days after anthesis. The seed quality was assessed after processing and drying, by measuring fruit mass, water content, seed dry mass and mass of thousand seeds. The seed physiological quality was evaluated from the tests of germination, first counting, electrical conductivity, speed emergence index, and final stand. X-ray and electrophoresis analyses of the iso-enzymes superoxide dismutase, catalase, esterase, lipoxigenase, isocitrate liase and LEA proteins were made. An improved physiological quality of hybrid Omega cucumber seeds is obtained at 45 and 50 days after anthesis, when the fruits are greenish-white. This is supported by analysis of superoxide dismutase, catalase, lipoxygenase, isocitrate lyase and LEA proteins, as well as the X-ray test, which confirmed the results of the physiological tests.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37844
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Desempenho fisiológico e bioquímico de sementes de pepino nos diferentes estádios de maturação.pdf1,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons