Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3800
Título: Crescimento radial e resposta ecofisiológica de Vochysia thyrsoidea (Pohl.) às condições ambientais do cerrado rupestre
Autor : Monteiro, Vanessa da Fontoura Custódio
Primeiro orientador: Barbosa, João Paulo Rodrigues Alves Delfino
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Barbosa, Ana Carolina Maioli Campos
Primeiro membro da banca: van den Berg, Eduardo
Costa, Fernando Antônio Frieiro
Área de concentração: Botânica Aplicada
Palavras-chave: Taxa de incremento radial
Disponibilidade hídrica
Fitofisionomia savânica
Estratégias de adaptação
Radial increment rate
Water availability
Savanna phytophysiognomy
Adaptation strategies
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
Referência: MONTEIRO, V. da F. C. Crescimento radial e resposta ecofisiológica de Vochysia thyrsoidea (Pohl.) às condições ambientais do cerrado rupestre. 2014. 83 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Na região da bacia hidrográfica do Alto do Rio Grande, situada no sul de Minas Gerais, a vegetação do Cerrado e de parte da Mata Atlântica encontra-se fragmentada devido à grande concentração de propriedades agrossilvipastoris. Dentre a vegetação remanescente existente nessa região, as formações rupestres apresentam uma rica diversidade florística em um ambiente com condições limitantes. Nestas áreas, a baixa disponibilidade hídrica associada a altas radiações solares juntamente com o fogo são fatores severos que podem limitar o estabelecimento de muitas espécies. Apesar dessas condições adversas ao crescimento das plantas, observa-se nessas áreas uma vegetação com estrutura muito complexa e espécies com estratégias de adaptação para crescerem e se estabelecerem frente a essas circunstâncias. Dentre estas espécies, Vochysia thyrsoidea destaca-se pela alta capacidade de ajuste a esse ambiente. Diante disso, objetivou-se verificar como V. thyrsoidea responde às variações ambientais em diferentes áreas de cerrado rupestre situadas em duas Unidades de Conservação: Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito e Reserva Biológica Unilavras-Boqueirão. Durante o período observacional, avaliou-se o crescimento radial através de bandas dendrométricas, crescimento em altura e de ramos, comportamento fenológico e características fisiológicas de 60 plantas de cada área, divididas em 30 indivíduos de porte baixo (< 1,70 m e DAS < 3 cm) e 30 de porte médio e alto (> 2,50 m e DAP ≥ 5 cm). A caracterização ambiental das áreas foi avaliada e o conteúdo relativo de água no solo foi determinado a fim de entender as relações entre crescimento e disponibilidade hídrica. Observou-se que o crescimento radial diminui em situações de intenso déficit hídrico, com a redução das taxas de condutância estomática e consequentemente, de fotossíntese líquida. Entretanto, essa diminuição é recuperada logo em seguida quando o solo possui água disponível. Essas estratégias morfofisiológicas reforçam a ideia de que Vochysia thyrsoidea é um ótimo modelo para estudos ecofisiológicos que visem verificar características de plasticidade a condições adversas de ambiente em espécies lenhosas do Cerrado, ao longo do tempo, através dos padrões de crescimento.
Abstract: The Alto do Rio Grande is a region of the Rio Grande Basin, located in southern Minas Gerais, Southeast Brazil. In this area the vegetation is composed by remnants of the Cerrado and Atlantic Forest formations. The landscape is highly fragmented due to the large concentration of agrosilvopastoral properties. Among the Cerrado vegetation remaining in this region, the rocky formations have important floristic diversity besides the environmental limiting conditions that includes the low availability of water associated with high solar radiation, the high aluminum concentration in the soil and wildfires. Among the species living in those areas the Vochysia thyrsoidea is highlighted for its high capacity for adjustment in this adverse habitat. Our objective was to observe the growth patterns of the V. thyrsoidea in two different areas of rocky Cerrado situated in two conservation units: Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito and Reserva Biológica Unilavras-Boqueirão. In 2013 we evaluated the radial growth by dendrometric bands, the growth in height and of the lateral branches, the phenology and the physiological characteristics of 60 plants from each area, divided into 30 small individuals (< 1.70 m and DSH < 3 cm) and 30 tall individuals (> 2.50 m and DBH ≥ 5 cm). The environmental characterization of the areas was evaluated and the relative content of water in the soil was determined in order to understand the relations between growth and water availability. It was observed that the radial growth decreases in situations of intense water deficit, with the reduction of stomatal conductance rates and, consequently, of net photosynthesis. However, this decrease is recovered shortly after, when the soil water availability increases. These morphophysiological strategies reinforce the idea that the Vochysia thyrsoidea is an excellent model for eco-physiological studies aiming at verifying plant plasticity in adverse environmental conditions for woody species of the Cerrado, over time, by means of growth patterns.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, área de concentração em Botânica Aplicada, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3800
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.