Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38269
metadata.artigo.dc.title: Estrutura e diversidade da comunidade arbórea de uma floresta superomontana, no planalto de Poços de Caldas (MG)
metadata.artigo.dc.title.alternative: Structure and diversity of the tree comunity of a upper highlands forest on the plateau of Poços de Caldas, MG state
metadata.artigo.dc.creator: Costa, Malcon do Prado
Pereira, José Aldo Alves
Fontes, Marco Aurélio Leite
Melo, Pablo Hendrigo Alves de
Pífano, Daniel Salgado
Pellicciottii, André Schatz
Pompeu, Patrícia Vieira
Silva, Rossi Allan
metadata.artigo.dc.subject: Floresta de altitude
Variáveis ambientais
Fitossociologia
Florística
Mountain forest
Species diversity
Environmental variables
Phytosociology
Floristic
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Santa Maria
metadata.artigo.dc.date.issued: 2011
metadata.artigo.dc.identifier.citation: COSTA, M. do P. et al. Estrutura e diversidade da comunidade arbórea de uma floresta superomontana, no planalto de Poços de Caldas (MG). Ciência Florestal, v. 21, n. 4, p. 711-725, out./dez. 2011.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Foi realizado o levantamento da comunidade arbórea de uma floresta tropical superomontana, situada na Serra de São Domingos, no planalto de Poços de Caldas, Minas Gerais, Brasil (altitude de 1.200 m a 1.575 m; 21°46’25”S, 46’24”10”W), com o objetivo de avaliar as variações estruturais e variáveis ambientais relacionadas. Foram analisados aspectos da estrutura fisionômica (densidade, área basal e distribuição de tamanho das árvores) e comunitária (composição, distribuição e diversidade de espécies). Foram alocadas 22 parcelas de 5 x 100 m no fragmento para amostragem dos indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) ≥ 5 cm, e coleta de dados topográficos e amostras de solo superficial (0-20 cm) para análises químicas e texturais. Foram registradas 53 famílias botânicas, 104 gêneros, 178 espécies e 1963 indivíduos, assim como três subgrupos de solos: Neossolos Litólicos, Cambissolos e Argissolos (distróficos e eutróficos), distribuídos ao longo da variação altitudinal do fragmento. Uma análise de correspondência canônica revelou um gradiente de distribuição das espécies arbóreas principalmente correlacionada com as variações altitudinais, o teor de Magnésio (Mg++) e saturação por alumínio (m).
metadata.artigo.dc.description.abstract: A survey of the tree community of a ombrophilous upper montane forest, situated in Poços de Caldas, Brazil (1200-1575 m of altitude; 21°46’25”S, 46’24”10”W) was carried out in order to assess its environmental and structural variation. The physiognomic (density, basal area and distribution of size of the trees) and community structure (composition, distribution and diversity of species) were analyzed through 22 plots of 5 x 100 m, where the tree individuals with diameter at breast height ≥ 5 cm were sampled. The topographic variables were measured and the surface soil samples were collected to obtain their chemical and texture attributes. The survey resulted in 53 botanic families, 104 genera, 178 species and 1963 individuals, as well as four soil classes: distrofic and eutrofic Argisoil, Cambisoil and Litolic Neosoil, distributed sequentiallyfrom the hilltop to the base of the fragment. The canonic correspondence analyses showed a gradient of tree species distribution mainly correlated with variations of quotas, magnesium content (Mg++) and aluminum saturation (m).
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38269
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons