Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38617
Título : Distribution of tree species in an edaphic gradient in reforestation areas in restoration process with different levels of disturbance
Título(s) alternativo(s): Distribuição de espécies arbóreas em gradiente edáfico em reflorestamentos em processo de restauração com níveis diferenciados de perturbação
Autor: Faria, Regiane Aparecida Vilas Bôas
Botelho, Soraya Alvarenga
Mello, José Márcio de
Garcia, Paulo Oswaldo
Palavras-chave: Semideciduous seasonal forest
Multivariate analysis
Floristic and edaphic attributes
Floresta estacional semidecidual
Análise multivariada
Atributos florísticos e edáficos
Publicador: Centro Científico Conhecer
Data da publicação: 2013
Referência: FARIA, R. A. V. B.; BOTELHO, S. A.; MELLO, J. M. de; GARCIA, P. O. Distribution of tree species in an edaphic gradient in reforestation areas in restoration process with different levels of disturbance. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 9, n. 16, p. 802-812, 2013.
Resumo : O presente trabalho tem como objetivo caracterizar as correlações entre as comunidades arbóreas e os atributos edáficos em áreas em processo de restauração com níveis diferenciados de perturbação (DE= Degradada; PE = Perturbada e CON = Conservada). Foi realizado um levantamento com alocação de 36 parcelas de 20 x 20 m, onde os indivíduos arbóreos com DAP ≥ 5 cm foram amostrados. Para a análise dos solos, foram coletadas duas amostras dentro de cada parcela, para formar uma amostra composta. As correlações entre as matrizes biótica e edáfica tiveram a significância testada a partir do teste de permutação de Monte Carlo. As variáveis edáficas e bióticas foram comparadas por análises de variância uni-fatoriais (ANOVA), atreladas ao teste a posteriori de Tukey. Os solos das categorias DE e PE apresentaram teor de alumínio (Al) variando de baixo a médio. A categoria CON apresentou alto teor de alumínio e baixa fertilidade. A ordenação mostrou a separação das parcelas em três grupos (DE, PE e CON) de acordo com a proporção de nível de distúrbio. As áreas em processo de restauração apresentaram heterogeneidade edáfica e de composição da comunidade arbórea. Os solos de todas as categorias estudadas foram caracterizados por apresentarem baixa disponibilidade de nutrientes e acidez variando de média (DE) a elevada (PE e CON) e teores variáveis de matéria orgânica, que é mais armazenada na área sob mata. O grau de fertilidade e outras características edáficas explicaram parcialmente as relações florísticas e as alterações nas abundâncias das populações nas comunidades arbóreas.
Abstract: This study aims at characterizing the correlations between tree communities and soil attributes in areas in restoration process with different levels of disturbance (DE = Degraded; DI = Disturbed and PRE = Preserved). A survey was performed with the allocation of 36 plots of 20 x 20 m, in which trees with DBH ≥ 5 cm were sampled. For the soil analysis, two samples were collected within each plot in order to form a composite sample. Correlations between biotic and edaphic arrays had their significance tested using the Monte Carlo permutation test. Edaphic and biotic variables were compared by unifactorial variance analysis (ANOVA), connected to a posteriori Tukey tes (5%). The soils in categories DE and DI showed aluminum content (Al) ranging from low to medium. The PRE category showed high aluminum content and low fertility. The ordering showed the separation of the plots into three groups (DE, DI and PRE) according to the proportion of disturbance levels. The areas in restoration process presented edaphic and tree community composition heterogeneity. The soils of all studied categories were characterized by its low nutrient availability and acidity ranging from medium (DE) to high (DI and PRE) and varying content of organic matter, which is more highly stored in the forest area. The fertility degree and other soil characteristics partially explain the floristic compositions and changes in the abundance of populations in the tree communities.
URI: http://www.conhecer.org.br/enciclop/2013a/agrarias/distribution.pdf
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38617
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.