Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3882
Título: Crescimento morfométrico e alométrico de linhagens tilápia ( Oreochromisniloticus)
Título(s) alternativo(s): Morphometric and allometric growth of tilapia (Oreochromis niloticus) strains
Autor : Santos, Vander Bruno dos
Primeiro orientador: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Primeiro membro da banca: Logato, Priscila Vieira Rosa
Gonçalves, Tarcísio de Moraes
Muniz, Joel Augusto
Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Área de concentração: Produção animal
Palavras-chave: Aquicultura
Chitralada
Tailandesa
Supreme
GIFT
Carcaça
Curva de crescimento
Peixe
Rendimento de Filé
Chitralada
Thai
GIFT
Fillet yield
Fish
Growth curve
Carcass
Data da publicação: 23-Set-2014
Referência: SANTOS, V. B. dos. Crescimento morfométrico e alométrico de linhagens de tilápia (Oreochromis niloticus). 2004. 86 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: Com o objetivo de estudar o desenvolvimento morfométrico e alométrico e avaliar os rendimentos do processamento de tilápias em função dos pesos de abate, um experimento foi realizado com peixes das linhagens Chitralada e Supreme no setor de piscicultura da Universidade Federal de Lavras, M.G. - Brasil. Foram tomadas diferentes medidas morfométricas, calculadas as suas relações e criadas variáveis como o volume do corpo (VCORPO) e a área da pele (AP). As curvas de crescimento foram feitas em função do peso dos peixes e, para isso, foi utilizada a função de Brody. A linhagem Supreme apresentou maiores valores assintóticos para o comprimento padrão (CP), largura do corpo tomada no primeiro raio da nadadeira anal (LC2) e teve maiores taxas de crescimento para os perímetros do corpo, tomados no primeiro raio da nadadeira dorsal (P1) e na menor circunferência do pedúnculo (P3). Já a linhagem Chitralada, apresentou maiores valores assintóticos para as alturas do corpo, tomadas no primeiro raio da nadadeira dorsal (AC1) e anal (AC2) e teve maiores taxas de crescimento para CP e de redução na relação comprimento da cabeça (CC) / CP. Foram encontrados valores mais elevados das relações morfométricas largura/CP e perímetro/largura e menores valores perímetro/altura e altura/largura na linhagem Supreme, indicando que os peixes dessa linhagem possuem formato da musculatura mais cilíndrica, o que é característica de peixes de maior rendimento de filé, quando comparados com a Chitralada. A linhagem Supreme também apresentou menor valor assintótico para a % de vísceras bem como maior rendimento de carcaça e filé, sendo mais expressivos em pesos superiores a 500g. O crescimento alométrico do filé nas linhagens foi heterogônico e tardio. As medidas morfométricas e suas relações possuem baixa correlação com rendimento de carcaça (RCAR) e de filé (RFSP) independente da linhagem. Na Chitralada essas correlações não passaram de 30%. Os maiores valores foram encontrados para CC e LC2/CP em relação ao RCAR, sendo o primeiro correlacionado negativamente. Na linhagem Supreme medidas e relações morfométricas que indiquem uma musculatura cilíndrica foram mais correlacionadas com essas variáveis. O VCORPO teve o maior coeficiente de correlação com o rendimento de filé, nesta linhagem (0,586). Todas as medidas morfométricas mostraram altas correlações com os pesos de carcaça e filé, nas duas linhagens e, em geral, foram superiores a 90 %. A AP foi a medida mais correlacionada. Conclui-se que existe diferença no crescimento morfométrico das duas linhagens. O VCORPO e a AP são medidas que podem ser utilizadas em programas de seleção. Carcaças com menores relações altura/largura, perímetro/largura e com maiores largura/comprimento e perímetro/altura são mais indicadas para a comercialização, pois isto pode ser indicativo de maior rendimento de partes comestíveis. Com o intuito de melhorar medidas de rendimento de carne, selecionando os peixes por medidas e relações morfométricas, programas de seleção devem ser feitos diferentemente para cada linhagem.
Abstract: The objective of this research was to study the morphometric and allometric development and evaluate the yield of processing of tilapias meat in function of the body weights on two strains: Chitralada (or Thai) and Supreme. This experiment was carried out at the Fish Culture of the Animal Sciences Department, Federal University of Lavras, M.G. - Brazil. Different morphometric measurements and their relations, and variables as the volume of the body (VBODY) and the area of the skin (AS) were measured. Growth curves in function of fish weight were fitted according to function of Brody (1945). For the morphometric growth, the Supreme strain presented higher limiting values for standard length (SL) and body width (taken in the first ray of the anal fin - BW2), higher growth rate of body perimeter (taken in the first ray of the dorsal fin and in the tail) and higher width/SL and perimeter/width relations. These variables indicate that Supreme strain has a cylindrical format of their muscles and consequently, a larger fillet yield, compared to Chitralada strain. The correlation between these variables, carcass yield and fillet yield were higher for Supreme strain compared to Chitralada. The strain Chitralada presented higher limiting values for the body height (taken in the first ray of the dorsal and anal fin), higher growth rates for SL and a reduction rate on head's length (HL) in relation to SL. The Supreme strain also presented smaller limiting value for the percentage of visceras and also larger carcass yield and fillet yield, being more expressive in body weights superior to 500 g. The allometric growth of the fillet was heterogonic and later in age in both strains. The morphometric measurements and their relations showed low correlation with carcass yield (YCAR) and with fillet without skin (YFWS) yield, in both strains. In Chitralada these correlations did not exceed 30 %, and the largest values were found for HL (negative correlation) and BW2/SL (positive correlation) in relation to YCAR. The VBODY had the largest correlation coefficient with fillet yield in Supreme strain (0,586). All morphometric measurements had high correlations (in most of the cases above 90 %) with both carcass and fillet weights. The variable AS had the highest correlation (about 96 %) in the two strains. It was concluded that there in difference in the morphometric growth between the two strains. The VBODY and AS are measurements that can be used in selection programs. Carcasses with smaller height/width, perimeter/width relations and with larger width/length and perimeter/height relations are more suitable for commercialization, as this can indicate larger eatable parts yield. Selection programs improving meat yield selected by measurements and morphometrics relations should be made differently for each tilapia strain.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3882
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Crescimento morfométrico e alométrico de linhagens tilápia ( Oreochromisniloticus).pdf1,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.