Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39112
metadata.teses.dc.title: As políticas públicas de acesso às Universidades Públicas Federais: um estudo bibliográfico.
metadata.teses.dc.creator: Vasconcelos, Thaís Barbosa
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Campos, Renato Silvério
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Campos, Renato Silvério
metadata.teses.dc.subject: Ações afirmativas. Universidades públicas. Cotas.
metadata.teses.dc.date.issued: 3-Mar-2020
metadata.teses.dc.description.resumo: As políticas de acesso nas universidades visam democratizar o acesso ao ensino superior brasileiro, principalmente o público. Pretendeu-se, neste trabalho, demonstrar como tem ocorrido no Brasil a adoção do sistema de cotas nas universidades como forma de ingresso de discentes de classes menos favorecidas. Nesse sentido, adotou-se uma pesquisa qualitativa, bibliográfica, com objetivos exploratórios. Buscando atingir o propósito, buscou-se apresentar através de levantamentos bibliográficos o histórico de ações afirmativas no Brasil e discutir o conceito de cotas. Para compreender a efetividade dessas políticas, foi analisada uma amostra de experiências de instituições públicas brasileiras na adoção do método afirmativo. Através delas percebeu-se que a presença de cotista não afeta a qualidade das instituições, pois quando se compara o rendimento não há significativa diferença entre cotista e não cotista. Por fim, chegou-se à conclusão que se justifica as cotas raciais e sociais por ser um mecanismo utilizado pelo Estado para tenta amenizar a desigualdade social existente no país.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39112
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PRG - Administração Pública (Trabalhos de Conclusão de Curso)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.