Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39328
Título : Energy and budget balances for sweet potato-based ethanol production
Título(s) alternativo(s): Balanços energético e econômico para produção de etanol a partir de batata-doce
Autor: Silva, Luis Felipe Lima e
Gonçalves, Wilson Magela
Maluf, Wilson Roberto
Resende, Luciane Vilela
Lasmar, André
Carvalho, Régis de Castro
Licursi, Vicente
Moretto, Paulo
Palavras-chave: Ipomoea batatas
Alternative energy sources
Biofuel
Corn
Energetic sustainability
Sugarcane
Fontes alternativas de energia
Biocombustível
Milho
Sustentabilidade energética
Cana-de-açúcar
Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento (SPD)
Data da publicação: 19-Ago-2019
Referência: SILVA, L. F. L. et al. Energy and budget balances for sweet potato-based ethanol production. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 54, p. 1-9, 2019. DOI: 10.1590/s1678-3921.pab2019.v54.26521.
Resumo : O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade da batata-doce (Ipomoea batatas) para produção de etanol, bem como estimar os balanços energético e econômico para a cultura. Foram avaliados dados das fases agrícola e industrial de produção. Os da fase agrícola foram estimados a partir de experimento conduzido em campo e usados para comparação de genótipos de batata-doce. Os da fase industrial foram estimados com base na literatura sobre as energias fóssil e elétrica consumidas no processo de produção de etanol. Com a produção média de 35 Mg ha-1 de raízes e 12 Mg ha-1 de ramas secas, as razões entre rendimentos/investimentos foram de 6,64 e 1,93 para os balanços energético e econômico, respectivamente. Para as produtividades de 50 e 80 Mg ha-1 de raízes (17 e 27 Mg ha-1 de matéria seca de ramas, respectivamente), os índices de balanço energético foram 7,16 e 7,68, respectivamente, e os de balanço econômico, 2,76 e de 4,42. Os resultados obtidos confirmam a grande aptidão da cultura de batata-doce para produção de biocombustível.
Abstract: The objective of this work was to assess the viability of sweet potato (Ipomoea batatas) for ethanol production, as well as to estimate the energy and budget balances for the crop. Data from the agricultural and industrial production phases were evaluated. Those from the agricultural phase were estimated from a field experiment and used for comparison of sweet potato genotypes. Those from the industrial phase were estimated based on the literature on the fossil fuel energy and electricity consumed in the ethanol production process. With average yields of 35 Mg ha-1 roots and 12 Mg ha-1 dry stems, the output/input ratios were 6.64 and 1.93 for the energy and budget balances, respectively. For yields of 50 and 80 Mg ha-1 roots (17 and 27 Mg ha-1 dry stems, respectively), the indexes for energy balance were 7.16 and 7.68, respectively, and those for energy budget were 2.76 and 4.42. The obtained results confirm the great aptitude of the sweet potato crop for biofuel production.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39328
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Energy and budget balances for sweet potato-based ethanol production.pdf309,32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons