Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3954
Título: Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor
Título(s) alternativo(s): Evaluation of potato clones to heat stress
Autor : Teixeira, Alexsandro Lara
Primeiro orientador: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Gonçalves, Flávia Maria Avelar
Menezes, Cícero Beserra de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Solanum tuberosum L.
Tolerância ao calor
Estabilidade
Estresse
Heat tolerance
Stability
Stress
Data da publicação: 24-Set-2014
Referência: TEIXEIRA, A. L. Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor. 2009. 102 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: Na safra de 2007, o Brasil atingiu uma produção recorde de 3,37 milhões de toneladas de batata, se posicionando como o segundo maior produtor de batata da América Latina, atrás do líder Peru, cuja produção é de 3,4 milhões de toneladas. Entretanto, o clima predominante, na maior parte de sua extensão, é tropical, com temperaturas elevadas quase o ano todo. Estresses abióticos causam extensivas perdas na produção de alimentos em todo o mundo. Individualmente, condições de estresse, como seca, salinidade, temperaturas elevadas ou muito baixas, tem sido o objetivo de intensas pesquisas. O programa de melhoramento de batata da UFLA busca desenvolver novas cultivares adaptadas às condições de estresse causado pela exposição a temperaturas elevadas, maximizando o desempenho da cultura. O objetivo foi avaliar uma população de genótipos previamente selecionados como tolerantes ao calor, a fim de selecionar genótipos adaptados e estáveis, que possam ser utilizados como futuros genitores em programas de melhoramento ou como novas cultivares para o mercado. Utilizaram-se 91 clones e 11 testemunhas, dentre estas, três cultivares amplamente utilizadas pelos produtores e três consideradas tolerantes ao calor. Foram conduzidos seis ensaios em diferentes épocas no sul de Minas Gerais, sendo alguns sob condições de temperaturas amenas e outros sob altas temperaturas. A interação genótipos por ambientes foi expressiva, mostrando que a seleção para condições de estresse deve ser realizada no maior número de locais possível. As temperaturas elevadas detectadas em alguns ambientes afetaram muito a produção, o peso específico dos tubérculos e a porcentagem de desordens fisiológicas. Foi possível identificar genótipos altamente estáveis quando submetidos a temperaturas elevadas e responsivos em condições de temperaturas amenas, com destaque para os clones SR2 21-02 e CBM 7-78. A seleção pelo índice da soma de postos foi a que obteve o maior ganho, quando considerados todos os caracteres em conjunto. Os clones SR2 25-05 e CBM 4-48 possuem características ideais para o mercado in natura. Já o clone SR2 53-02 possui formato alongado e alto peso específico, características estas ideais para a indústria de pré-fritas congeladas. Para a indústria de "chips", os clones CBM 7-12 e CBM 7-78 são os mais indicados, com formato arredondado e alto teor de matéria seca.
In the 2007 growing season Brazil had a record tuber yield of 3.37 metric tons, positioning itself as the second largest potato producer in Latin America, after Peru leader with 3.4 metric tons. However, Brazil is predominantly tropical and has heat stress almost all year round. Abiotic stresses cause extensive losses in food production all over the world. Individually, stress conditions such as drought, salinity, heat or cold have been the subject of many researches. Potato breeding program at Universidade Federal de Lavras (UFLA) has been search to develop new potato cultivars adapted to heat stress in order to maximize crop performance. The objective of this research was to evaluate potato clones previously selected for heat tolerance and detect adapted and stable ones to be used as parents in future breeding programs or as new cultivars to the market. Ninety-one clones and eleven checks were used, among them three cultivars widely planted in Minas Gerais State and three cultivars considered heat tolerant. Six trials were carried out in different growing seasons in southern Minas Gerais State, under cool or warm conditions. The genotypes x environments interaction was high pointing to the need to select genotypes to stress conditions in many places. The warm temperatures observed in many environments affected tuber yield, tuber specific gravity and percentage of tuber disorders. It was possible to identify genotypes highly stable under high temperatures and responsive to cool temperatures. Clones SR2 21-02 and CBM 7-78 out yielded the other ones under warm temperatures. Selection by the index of the sum of the rank allowed the greatest genetic gain for all traits together. Clones SR2 25-05 and CBM 4-48 have ideal traits for the fresh market. Clone SR2 53-02 has elongated tuber shape and high specific gravity, the ideal traits for french-fried industry. For the chip industry, clones CBM 7-12 and CBM 7-78 are most indicated, due to its rounded shape and high dry matter content.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3954
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor.pdf812,57 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.