Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39593
metadata.teses.dc.title: Análise da usabilidade de plataformas de e-participação do poder legislativo por cidadãos idosos
metadata.teses.dc.creator: Junqueira, Luiza Arantes
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/5612769841494105
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Freire, André Pimenta
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Grützmann, André
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Andrade, Emilene Zitkus de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Andrade, Daniela Meirelles
metadata.teses.dc.subject: Participação eletrônica
Teorias de aceitação e uso
E-participação
Idosos - Inclusão digital
Electronic participation
Acceptance and use theories
Elderly - Digital inclusion
E-participation
metadata.teses.dc.date.issued: 31-Mar-2020
metadata.teses.dc.identifier.citation: JUNQUEIRA, L. A. Análise da usabilidade de plataformas de e-participação do poder legislativo por cidadãos idosos. 2020. 148 p. Dissertação (Mestrado em Administração Público)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2020.
metadata.teses.dc.description.resumo: A utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) na Administração Pública permite maior eficiência e qualidade dos serviços governamentais prestados aos cidadãos e auxilia a promover a aproximação da sociedade e seus governantes. Por meio dos canais de e-participação, o cidadão pode acompanhar a tramitação de projetos e opinar nos processos de tomada de decisão. Contudo, a ampliação no uso de TICs pode levar à exclusão de uma parcela da sociedade que tem menor familiaridade com ferramentas online. Os idosos são um grupo que demanda serviços e ações do governo, mas geralmente são usuários menos frequentes de tecnologias e necessitam de ajustes específicos de design para uma melhor interação com a interface de sistemas digitais. O fenômeno do envelhecimento acelerado no mundo pode aumentar a população que demanda essas adequações. Diante desses fatos, o presente estudo buscou analisar a usabilidade e aceitação de sistemas de e-participação do Poder Legislativo Federal brasileiro por cidadãos idosos. Para a análise, foram realizados testes de usabilidade com 20 participantes, com mais de 60 anos, nas plataformas e-Cidadania do Senado e e-Democracia da Câmara dos Deputados. Além disso, foi aplicado um questionário baseado em teorias de aceitação e uso de tecnologias e uma entrevista pós-teste. O estudo foi conduzido utilizando o design Between-subject, ou seja, dois grupos diferentes de dez participantes realizaram o teste em cada plataforma. As sessões foram gravadas em vídeo, áudio e captura de tela para posterior análise dos dados, que foi dividida em três etapas: classificação dos problemas encontrados nos testes de usabilidade; tabulação das respostas dos questionários por estatística descritiva e análise temática das entrevistas com codificação dos principais pontos relatados. Os resultados mostraram que problemas relacionados à Arquitetura da Informação foram os mais frequentes na e-Cidadania, nessa plataforma informações importantes estão abaixo do campo de visão, em relação ao topo das páginas, exigindo o usuário utilize a barra de rolagens. Na e-Democracia o menu disposto horizontalmente também confundiu os participantes, mas a categoria Interatividade foi a mais frequente na plataforma. A falta de funcionalidades como caixa de busca e links para a página inicial em páginas secundárias foram problemas frequentes. Além das dificuldade encontradas, de forma geral, os participantes demonstraram interesse em contribuir nas plataformas de e-participação do Legislativo e consideraram que esses sistemas proporcionam representatividade e empoderamento ao cidadão. Porém, ressaltaram que uma linguagem mais acessível e uma organização mais simples das páginas poderia facilitar o uso e impulsionar a adoção dessas plataformas pelo público idoso. Como contribuição técnica, foi elaborado um relatório técnico apontando as principais recomendações de adaptação nos portais, visando uma melhor navegação de cidadãos idosos. Esse relatório foi encaminhado para o Senado e para a Câmara dos Deputados. Caso as sugestões apresentadas neste relatório sejam implementadas, espera-se que a navegação do cidadão idoso na plataforma seja mais prazerosa, e como consequência, que a participação desse grupo seja cada mais frequente.
metadata.teses.dc.description.abstract: The use of Information and Communication Technologies (ICTs) in Public Administration allows greater efficiency and quality of government services provided to citizens and helps to promote the approximation of society and its governments. Through e-participation channels, citizens can follow the progress of projects and give their opinion on decision-making processes. However, the increase in the use of ICTs may lead to the exclusion of a portion of society that is less familiar with online tools. The elderly are a group that demands government services and actions, but they are generally less frequent users of technologies and need specific design adjustments to better interact with the digital systems interface. The phenomenon of accelerated ageing in the world can increase the population that demands these adjustments. In view of these facts, the present study sought to analyze the usability and acceptance of e-participation systems of the Brazilian Federal Legislative Power by elderly citizens. For the analysis, usability tests were carried out with 20 participants aged over 60 years, on the Senate e-Cidadania and Chamber of Deputies e-Democracia platforms. In addition, a questionnaire based on theories of acceptance and use of technologies and a post-test interview were applied. The study was conducted using design Between-subject, that is, ten participants took the test on each platform. The sessions were recorded in video, audio and screen capture for further data analysis, which was divided into three stages: classification of problems found in usability tests; tabulation of questionnaire responses by descriptive statistics and thematic analysis of the interviews with codification of the main reported points. The results showed that problems related to Information Architecture were the most frequent in e-Cidadania, in this platform important information is below the field of view, in relation to the top of the pages, requiring the user to use the scroll bar. In e-Democracia, the horizontally arranged menu also confused participants, but the Interactivity category was the most frequent on the platform. The lack of features like the search box and links for the homepage on secondary pages were frequent problems. In addition to the difficulties encountered, in general, the participants showed interest in contributing to the Legislative’s e-participation platforms and considered that these systems provide representativeness and empowerment to the citizen. However, they stressed that a more accessible language and a simpler organization of the pages could facilitate the use and boost the adoption of these platforms by the elderly. As a technical contribution, a technical report was prepared pointing out the main recommendations for adaptation in the portals, aiming at a better navigation of elderly citizens. This report was sent to the Senate and the Chamber of Deputies. If the suggestions presented in this report are implemented, it is expected that the navigation of the elderly citizen on the platform will be more pleasant, and as a consequence, that the participation of this group will be more frequent.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até março 2021.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39593
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração Pública - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.