Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3989
Título: Persistência e qualidade do consórcio de leguminosas com coastcross
Título(s) alternativo(s): Persistance and quality of the mixture of legumes with coastcross
Autor : Athayde, Antônio Augusto Rocha
Primeiro orientador: Evangelista, Antônio Ricardo
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Rocha, Gudesteu Porto
Primeiro membro da banca: Peron, Antônio José
Pinto, José Cardoso
Custodio, Telde Natel
Área de concentração: Forragicultura e pastagem
Palavras-chave: Arachis pintoi
Cynodon dactylon
Stylosanthes
Arachis pintoi
Cynodon dactylon
Stylosanthes
Data da publicação: 25-Set-2014
Referência: ATHAYDE, A. A. R. Persistência e qualidade do consórcio de leguminosas com coastcross. 2010. 116 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: A baixa persistência de leguminosas consorciadas com gramíneas é considerada um elemento restritivo a continuidade e adesão ao uso desta tecnologia. O objetivo do presente trabalho foi avaliar efeitos de adubação, na persistência de leguminosas em consórcio. Usou-se Stylosanthes cvs. Mineirão e Campo Grande e, Arachis cvs, Amarillo e Belmonte consorciados com Cynodon coastcross. Os cortes foram realizados com o coastcross na altura de 0,30m. Em relação à produtividade de matéria seca verificou-se interação nos consórcios, que apresentaram maior produtividade entre os cortes 3 e 6 com uma menor capacidade de estabelecimento das leguminosas Arachis, e com maior prevalência do Stylosanthes cv. Mineirão quando adubado. Em relação a PB nas leguminosas houve redução entre os cortes 2 e 3. Entre as leguminosas o Stylosanthes cv. Mineirão apresentou menor DIVMS, entretanto os percentuais de DIVMS não foram associados aos teores de FDA e FDN que variaram muito em função de condições climáticas. Os teores de cálcio para o coastcross diferiram em função de cortes, com redução dos teores ao longo dos cortes, provavelmente devido a aumentos de produtividade e efeito de diluição, e nas leguminosas, estas diferenças ocorreram entre cortes e consórcios (P<0,05), sendo o Arachis cv. Amarillo superior às demais leguminosas. Os teores de fósforo verificados para o coastcross diferiram em função de cortes e adubação sendo maiores em inicio e nas parcelas adubadas, o Arachis cv. Amarillo mostrou-se superior as demais nos teores de P ao longo dos cortes. Em relação ao Stylosanthes cv. Mineirão e Arachis cv. Belmonte verificou-se aumentos percentuais com a redução no capim coastcross. Para as leguminosas os percentuais do Arachis ´Amarillo´ apresentaram redução ao longo dos cortes, apresentando menor persistência do que as demais leguminosas testadas. Em relação às plantas não desejáveis os níveis foram maiores nos cultivos exclusivos do capim coastcross. Os cortes influenciaram a composição química, a DIVMS e os teores de FDA, reduzindo os teores de PB interferindo na qualidade, e para composição botânica as leguminosas aumentaram os percentuais e o coastcross reduziu em consórcio.
The poor persistence of legumes mixed with grasses is thought of a restrictive element to the continuity and adhesion to the use of this technology. The objective of the present work was evaluating the effects of fertilization on the persistence of mixing legume plants. Stylosanthes cvs. Mineirão and Campo Grande and Arachis cultivars Amarillo and Belmonte mixed with Cynodon coastcross were used. The cuts were performed with the coastcross at the height of 0.30m. In relation to dry matter yield, interaction in the mixings, which presented highest yield between cuts 3 and 6 with poor capacity of establishment of legumes Arachis, and with greatest prevalence of Stylosanthes cultivar Mineirão when fertilized, was found. Relative to CP in the legume forages, there was a reduction between cuts 2 and 3. Among the legume forages, Stylosanthes cultivar Mineirão showed the lowest IVDMD, however, the percents of IVDMD were not associated to the contents of ADF and NDF which ranged greatly owing to the climatic conditions. The calcium contents for coastcross differed owing to cuts, with reduction of the contents along the cuts, likely due to the increases of yield and effect of the dilution, and in the legumes, these differences took place between the cuts and mixings (P<0.05), Arachis cultivar Amarillo being superior to the other legumes. The phosphorus contents found for coastcross differed owing to cuts and fertilization, their being higher at first at the beginning and the fertilized plots, Arachis cultivar Amarillo proved superior to the others in the P contents along the cuts. As regards Stylosanthes cultivar Mineirão and Arachis cultivar Belmonte, percent increases were found with reduction in the coastcross grass. For the legumes, the percents of Arachis ´Amarillo´ presented reduction along the cuts, showing less persistence than the other tested legumes. In relation to the undesirable plants, the levels were higher in the single coastcross crops. The cuts influenced the chemical composition, IVDMD and the ADF contents, reducing CP contents interfering on the quality and for the botanical composition, legumes increased the percents and coastcross reduced them in mixing.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3989
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Persistência e qualidade do consórcio de leguminosas com coastcross.pdf750,17 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.