Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4126
Título: Adubação orgânica de alface com co-produtos de biodiesel
Título(s) alternativo(s): Organic fertilization of lettuce with biodiesel co-products
Autor : Souza, Izamara Pereira de
Primeiro orientador: Botrel, Élberis Pereira
Primeiro membro da banca: Gomes, Luiz Antonio Augusto
Yuri, Jony Eishi
Área de concentração: Fitotecnia
Palavras-chave: Lactuca sativa
Agricultura orgânica
Tortas vegetais
Organic agriculture
Seed meals
Data da publicação: 29-Set-2014
Referência: SOUZA, I. P. de. Adubação orgânica de alface com co-produtos do biodiesel. 2008. 42 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: A alface é a hortaliça folhosa mais consumida no Brasil. A produção orgânica de hortaliças vem se consolidando por oferecer alimentos com elevado valor biológico e isentos de contaminação. A efetivação desse sistema de produção exige a utilização de insumos naturais e adubação orgânica. Assim, estudos que comprovem a qualidade de resíduos orgânicos que atuem como fertilizantes assumem grande importância. A indústria de biodiesel gera co-produtos na forma de tortas com altos teores de macronutrientes e potencial para fertilização. O objetivo desse trabalho foi avaliar a eficiência de fontes e doses de nitrogênio na cultura da alface. O experimento foi conduzido no Setor de Olericultura do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras - MG, no período de junho a agosto de 2008. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 5x4 com 3 repetições. Os tratamentos consistiram de quatro doses de nitrogênio, 0 (sem nitrogênio), metade da dose recomendada (0,5 D), dose recomendada (DR) e dobro da dose recomendada (2DR), a partir de cinco fontes: adubos minerais (NPK), torta de mamona, torta de pinhão manso, torta de nabo forrageiro e bokashi. Para adubação mineral e tortas vegetais, a dose de 150 kg.ha-1 de N foi definida como dose recomendada (DR). Para o composto orgânico bokashi, a dose 125 kg.ha-1 foi definida como dose recomendada (DR). Aos 35 dias foram avaliadas a altura das plantas, o número de folhas por planta e massa seca e fresca da parte aérea. Observou-se interação entre fontes e doses. Adubação mineral e bokashi propiciaram o melhor desempenho de todas as características nas doses 300 kg.ha-1 e 250 kg.ha-1 de N, respectivamente (duas vezes a dose recomendada - 2DR). Na dose recomendada (DR) de 150 kg.ha-1 de N, as características estudadas apresentaram valores equivalentes, independentemente da fonte. Para as tortas vegetais, doses acima de 150 kg.ha-1 de N provocaram efeito regressivo.
Lettuce is the most consumed salad vegetable in Brazil. Organic production of vegetables is expanding for offering foods with high biological value and exempt of contamination. The acomplishment of this system of production demands the use of natural fertilizers and the like. Thus, studies that prove the quality of organic residues that may act as fertilizers assume great importance. The biodiesel industry generates co-products in the form of seed meals with high amounts of macronutrients and potential for soil and plant fertilization. The objective of this work was to evaluate the efficiency of sources and doses of nitrogen for the lettuce crop. The experiment was carried out in the Horticulture Sector of the Department of Agriculture of the Federal University of Lavras, MG, from june/2008 to august/2008. The experimental design was a 5x4 randomized block factorial with 3 repetions. The treatments consisted of four doses of nitrogen 0 (without nitrogen), half of the recommended dose (0,5 DR), recommended dose (DR) and double dose (2DR) of 5 nutrient sources: mineral (sulphate of ammonium, simple superphosphate and potassium chloride), castor meal, physic nut meal , radish meal and bokashi. For mineral fertilization and seed meals, the 150 kg.ha-1 of N dose was defined as recommended dose (DR). For bokashi, the 125 kg.ha-1 dose was defined as recommended dose (DR). After 35 days the plants were harvested and the following characteristics evaluated: height of plants, leaf number per plant, fresh weight and dry weight of the aerial part. Interaction between fertilizers and doses was observed. Mineral fertilization and bokashi resulted the best values for the characteristics at 300kg.ha-1 and 250 kg.ha-1 de N, respectively (two times the recommended dose-2DR). All characteristics presented equivalent performance at 150 kg.ha-1 N (recommended dose-DR). As for the seed meals, doses above 150 kg.ha-1 N resulted in worse results.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4126
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Adubação orgânica de alface com co-produtos de biodiesel.pdf181,22 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.