Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/41549
metadata.teses.dc.title: Desenvolvimento de programas de secagem para madeiras de Eucalyptus de meia rotação
metadata.teses.dc.creator: Maria, Daiane de Moura Borges
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/6155395465271432
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Calegario, Natalino
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Lima, José Tarcisio
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Lima, José Tarcisio
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Klitzke, Ricardo Jorge
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Hein, Paulo Ricardo Gherard
metadata.teses.dc.subject: Madeira - Secagem
Madeira - Qualidade
Relação água-madeira
Eucalipto - Secagem
Eucalipto - Clones
Wood - Dry
Wood - Quality
Water-wood ratio
Eucalyptus - Drying
metadata.teses.dc.date.issued: 24-Jun-2020
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
metadata.teses.dc.identifier.citation: MARIA, D. de M. B. Desenvolvimento de programas de secagem para madeiras de Eucalyptus de meia rotação. 2020. 44 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2020.
metadata.teses.dc.description.resumo: Por apresentar características desejáveis ao setor madeireiro, existe atualmente uma ampla disponibilidade de espécies do gênero Eucalyptus no mercado, principalmente em idades de meia rotação, tornando indispensável o engajamento em pesquisas relacionadas à secagem e qualidade de madeiras jovens para seu melhor aproveitamento. Assim, o objetivo principal que norteou a realização deste estudo foi elaborar programas de secagem para madeiras de Eucalyptus de meia rotação. Foram selecionados 4 indivíduos do clone 58 (E. urophylla x E. camaldulensis) e 4 indivíduos do clone GG100 (E.urophylla x E. grandis) de um plantio na cidade de Luminárias-MG, com 11 e 10 anos de idade, respectivamente. Os corpos de prova foram selecionados de três alturas do fuste, denominados como base, meio e altura total comercial da árvore. Posteriormente, parte dos corpos de prova foram destinados para ensaios de secagem nas temperaturas de 100°C, 80°C e 60°C e os demais foram utilizados para determinar a densidade básica e teor de umidade inicial, realizado pelo método da imersão e método gravimétrico, respectivamente. Para definição dos programas de secagem foram realizados cálculos utilizando-se amostras nas dimensões de 100 x 50 x 10 mm, considerando-se sua área superficial como 130 cm² (valor encontrado a partir da fórmula específica para área superficial). Foi realizada a interpolação dos dados de teor de umidade das amostras para obter-se os tempos exatos em que cada amostra atingiu 30% e 5% de teor de umidade. Para obtenção das massas das amostras com 30% e 5% de teor de umidade, isolou-se a massa úmida, a partir da fórmula do teor de umidade. Os parâmetros dos programas de secagem encontrados a partir de todos esses cálculos, foram denominados como “Equação Atualizada”. Foram reproduzidos os cálculos citados anteriormente para definição de programas de secagem de acordo com o recomendado pela literatura para nível de comparação, os quais foram denominados como “Equação Padrão”. Observou-se que o clone 58 apresentou menor teor de umidade inicial em relação ao clone GG100, bem como maior tempo de secagem em cada ensaio e maior média de densidade. Verificou-se que houve diferença significativa entre as equações “Padrão” e “Atualizada” em todos os ensaios, para todos os parâmetros de programa de secagem, exceto para o potencial de secagem no ensaio a 100°C. Foi possível definir três programas de secagem para cada clone. A comparação entre os três ensaios de secagem revelou que o ensaio à temperatura de 80°C gerou parâmetros para programa de secagem mais adequados para ambos os clones.
metadata.teses.dc.description.abstract: Due to its desirable characteristics to the timber sector, there is currently a wide availability of species of the genus Eucalyptus on the market, mainly in middle rotation ages, making it essential to engage in research related to drying and quality of young wood for its better use. Thus, the main objective that guided the realization of this study was to elaborate drying programs for Eucalyptus woods of half rotation. Were selected4 individuals from clone 58 (E. urophylla x E. camaldulensis) and 4 individuals from clone GG100 (E.urophylla x E. grandis) from a plantation in the city of Luminárias-MG, with age11 and 10 years old, respectively, were selected . The proof bodies were selected from three heights of the tree stem, named as base, middle and total commercial height of the tree. Subsequently, part of the specimens was used for drying tests at temperatures of 100°C, 80°C and 60°C and the rest were used to determine the basic density and initial moisture content, carried out by the immersion method and gravimetric, respectively. To define the drying programs, calculations were performed using samples in the dimensions of 100 x 50 x 10 mm, considering its surface area as 130 cm² (value found from the specific formula for surface area). The moisture content data of the samples were interpolated to obtain the exact times when each sample reached 30% and 5% moisture content. To obtain the sample masses with 30% and 5% moisture content, the wet mass was isolated from the moisture content formula. The parameters of the drying programs found from all these calculations, were called “Updated Equation”. The calculations mentioned above were reproduced for the definition of drying programs according to what is recommended by the literature, for the level of comparison, which were called “Standard Equation”. It was observed that clone 58 had a lower initial moisture content compared to clone GG100, as well as a longer drying time in each test and a higher average density. It was found that there was a significant difference between the "Standard" and "Updated" equations in all tests, for all drying program parameters, except for the drying potential in the test at 100°C. It was possible to define three drying programs for each clone. The comparison between the three drying tests revealed that the test at 80 ° C generated appropriate drying program parameters for both clones.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/41549
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.