Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/41668
metadata.artigo.dc.title: Influência do lenho de tração nas propriedades físicas da madeira de Eucalyptus sp.
metadata.artigo.dc.creator: Monteiro, Thiago Campos
Vieira, Renato da Silva
Lima, José Tarcísio
Baraúna, Edy Eime Pereira
Carvalho, Duam Matosinhos de
Lima, Marcelle Teodoro
metadata.artigo.dc.subject: Madeira - Densidade básica
Retratibilidade
Lenho de reação
Variação medula casca
Wood - Basic density
Shrinkage
Reaction wood
Pith-bark direction
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.artigo.dc.date.issued: Nov-2010
metadata.artigo.dc.identifier.citation: MONTEIRO, T. C. et al. Influência do lenho de tração nas propriedades físicas da madeira de Eucalyptus sp. Journal of Biotechnology and Biodiversity, Gurupi, v. 1, n. 1, p. 6-11, nov. 2010.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A madeira de reação é formada na tentativa da árvore permanecer na posição vertical como reação à ação de forças como ventos, copa irregular ou inclinação do terreno que tendem a incliná-la. Em folhosas, como nos Eucalyptus, este tipo de madeira recebe o nome de madeira de tração e ocorre no lado da ação da força. Um indicativo da presença deste tipo de madeira é a elevada retratibilidade e densidade básica quando comparada a madeira normal. Sendo a densidade básica juntamente com a retratibilidade parâmetros para determinação da qualidade da madeira, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a variação da densidade básica e da retratibilidade dos lenhos de tração e oposto ao longo do raio em quatro espécies de Eucalyptus spp. Quatro árvores das espécies Eucalyptus camaldulensis, Eucalyptus maculata, Eucalyptus pilularis e Eucalyptus urophylla, com 32 anos de idade, foram retiradas de um plantio experimental da Universidade Federal de Lavras. Amostras foram confeccionadas amostrando a extensão diametral nos lenhos de tração e oposto de discos do DAP. Os resultados indicam que as propriedades contração radial, contração tangencial, contração volumétrica, coeficiente de anisotropia e densidade básica não diferiram estatisticamente entre o lenho de tração e o lenho oposto.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The reaction wood is formed in an attempt to remain upright tree in response to the action of forces such as winds, irregular crown or slope of the land that tend to incline it. In hardwoods, as in Eucalyptus, this type of wood is called tension wood and occurs in the region of the stem facing the face of force application. Indicative of the presence of this type of wood is the high shrinkage and basic density compared to normal wood. Once the basic density and shrinkage are parameters for determining the quality of the wood, this study aimed to evaluate the variation of basic density and shrinkage of opposite and tension wood along the radius in four species of Eucalyptus sp. Four tree species Eucalyptus camaldulensis, Eucalyptus maculata, Eucalyptus pilularis and Eucalyptus urophylla, with 32 years of age, were taken from an experimental planting of the Federal University of Lavras. Specimens were made to represent the diametrical variation of the opposite of tension wood in disks cut at the dbh. The results indicate that the properties of radial, tangential and volumetric shrinkage, coefficient of anisotropy and basic density did not differ statistically between the tensionand opposite wood.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/41668
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons