Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42177
metadata.artigo.dc.title: Diagnóstico ambiental de áreas do entorno de 51 nascentes localizadas no município de Lavras, MG
metadata.artigo.dc.title.alternative: Environmental diagnosis of surrounding areas of 51 watershed located in the city of Lavras, MG
metadata.artigo.dc.creator: Faria, Regiane Aparecida Vilas Bôas
Botelho, Soraya Alvarenga
Souza, Luciana Maria de
metadata.artigo.dc.subject: Recuperação da vegetação
Nascentes - Conservação
Nascentes - Preservação
Vegetation recovery
Watershads - Conservation
Watershads - Preservation
metadata.artigo.dc.publisher: Centro Científico Conhecer
metadata.artigo.dc.date.issued: 2012
metadata.artigo.dc.identifier.citation: FARIA, R. A. V. B.; BOTELHO, S. A.; SOUZA, L. M. de. Diagnóstico ambiental de áreas do entorno de 51 nascentes localizadas no município de Lavras, MG. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 8, n. 15, p. 641-661, 2012.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A recuperação da vegetação no entorno de nascentes é importante para a manutenção da qualidade e quantidade da água. Nos casos em que as nascentes encontram-se degradadas e/ou perturbadas faz-se necessário a recomposição do ecossistema. Nesses casos, é fundamental um bom diagnóstico e, para tanto, foi elaborado um modelo de caracterização do nível de conservação dessas áreas. O trabalho teve como objetivo elaborar um modelo de caracterização do entorno de nascentes e testá-lo visando caracterizar essas áreas quanto ao estado de conservação. Foram avaliadas 51 nascentes quanto às formas de uso do solo, estado de conservação da vegetação ripária e estado de conservação do solo e aparência da água. Os resultados mostraram que 52,94% das nascentes foram classificadas como degradadas, 45,1% como muito perturbadas e 3,9% das áreas foram classificadas como pouco perturbadas. Nenhuma área foi classificada como conservada. O modelo poderá ser usado como uma ferramenta capaz de auxiliar a definição de tecnologias voltadas à recuperação e proteção de nascentes. Todavia, esse modelo propicia uma visão básica sobre o estado de conservação da área e não impede que outras técnicas de diagnóstico sejam empregadas.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The recovery of the vegetation around the springs is important for maintaining the quality and quantity of water. In cases where the springs are disturbed, it is necessary to the restoration of the ecosystem. In such cases, it is essential to develop diagnosis. For this reason, it was constructed a model as objective of realize the characterization of the conditions of the springs and their around. The main goal of the study were to develop a model for characterization of springs and test it in order to characterize these areas concerne to their condition. 51 springs were evaluated as to the land use, condition of riparian vegetation and state of conservation of soil and water appearance. The results showed that 52.94% of the springs were classified as degraded, 45.10% as very disturbed and 3.90% as slightly disturbed. No area was classified as preserved. The model developed and evaluated showed easy to use and can be used as a tool to guide the development of technologies focused on recovery and protection of springs. However, the model provides a basic overview on the state of conservation of the area and other diagnostic techniques can be employed.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: https://www.conhecer.org.br/enciclop/2012b/ciencias%20agrarias/diagnostico%20ambiental%20de%20areas.pdf
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42177
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.